Entrevista 17 Com a Banda da Hungria Symphony of Symbols


A Décima Sétima Entrevista da Serpentário Conservador foi feita com a banda húngara chamada Symphony Of Symbols.A banda começou em 1997 e agora eles apresentam para nós seu segundo Full Lenght intitulado //Historiocriticsm//.Para falar sobe este trabalho e a banda como um todo,fizemos essa entrevista exclusiva com eles mas precisamente com o baterista István Forró.
TC 1:Apresentem a banda para nós?
István Forró{Symphony Of Symbols}1:Symphony of Symbols foi reunido pelo o guitarrista Sándor Szalkai em 1997.Um ano depois veio o baixista Tamás Mezey. Nós três já colocávamos a banda juntos. Houve períodos de troca, agora Kovács Frigyes e está conosco na parte de canto,com quem encontramos o interesse comum e foi algo muito bom.Nós tocamos um death metal tecnicamente intenso e nossos textos giram em torno da adulteração da história e do ensino sistemático de cada um dos lados.
TC 2:Porque a banda demorou seis anos para fazer um Full Lenght?
István Forró{Symphony Of Symbols}:Nós escrevemos músicas longas,nós as construímos a partir de muitos riffs.Ao lado da família e do trabalho,é preciso muito tempo para ter o resultado final como desejamos. Nós não vivemos disso, então nem o dinheiro nem o prazo nos levarão a esse sucesso.
TC 3:Conte-nos sobre o trabalho de composição em Historiocriticsm?
István Forró{Symphony Of Symbols}:Nossas músicas são tradicionalmente compostas nos ensaios. Eu e Sándor escrevemos.Eu trago o assunto desenvolvido de casa e mostro a um e ao outro ou nós improvisamos juntos.Aquele que é um bom tópico com o qual trabalhamos,fazemos variações deles. Nós os registramos e quando há material suficiente para um bloco do que fizemos,começamos a ligá-los.Quando uma música completa está pronta, começamos tudo de novo para as novas músicas.Antes de escrever cada nova música, selecionamos algumas das anteriores que reencontramos,então a música é um conceito,não apenas textos.Esta é a nossa direção musical que iremos desenvolver no futuro.Quando estávamos prontos, debatemos o material e praticamos antes de irmos ao estúdio.

TC 4:A Banda escolheu algum single para este álbum e o porque desta escolha?
István Forró{Symphony Of Symbols}:Escolhemos a música // The first Nation, The last Survivor//.Ela é a última música antes de terminar com uma canção instrumental.A Especialidade desta música é que há apenas um riff e este riff foi incluído no resto do disco.Na verdade,nós temos produzido isso e está entre os melhores que fizemos.A história vai até o fim e podemos dizer que este é o conceito principal.Era evidente que íamos fazer um clipe desta música.
TC 5:Como tem sido a recepção do álbum?
István Forró{Symphony Of Symbols}:Vamos dizer que a cena é boa.Desta vez,existem menos pessoas que não entendem o que queremos com esses riffs do que anteriormente.Há aqueles que nos deram uma boa pontuação depois de verificarem o significado das letras também.Claro que sempre vai haver quem quer ouvir quarenta minutos com quatro ou cinco minutos de música,mas há muito delas para escolherem.Isso saí todos os dias.É por isso que não estamos nesta fila.
TC 6:Como é a cena do Metal na Hungria?
István Forró{Symphony Of Symbols}:O Mainstream tem duas ou três bandas que ainda podem ser vistas como bandas de metal.Todas as outras estão no fundo do subsolo.Há tantas pessoas tocando música pop com guitarras elétricas,mas vamos esquecer-las.Depois da agitada vida underground dos anos 90,talvez a cena musical brutal esteja ressurgindo.Vários mini-festivais funcionem,os fanzines impressos ganharam vida.O Cassete e outras formas de distribuição também ajudam.Eu acho que se for melhor, vai passar por negócios que ninguém quer. Há sempre alguém a dizer mal, mas estamos lidando com isso já tem vinte e dois anos de música por trás.

TC 7:Como a banda conseguiu assinar contrato com a Metal Scrap Records?
István Forró{Symphony Of Symbols}:Nosso material anterior saiu por este selo.A Gente fazia isso pra inúmeros editores,alguns deles fizeram uma barganha e aí escolhemos a Metal Scrap.Anatoliy faz um ótimo trabalho.{Anatoliy Romanovich é o dono da Metal Scrap Records}
TC 8:Porque a banda considera o álbum Historiocriticsm,um álbum conceitual?
István Forró{Symphony Of Symbols}:A História é continua,e a música tem dicas e repetições que passam por todo o álbum.As músicas retratam momentos falsos da história,artefatos confiscados embutidos em uma história.Mas não dizemos que é isso que pensamos,mas também estamos nos perguntando o por que e é este o pano de fundo.Não há governos,pesquisadores ou historiadores que façam ou digam o que querem.Tudo é criado por uma determinada imagem.Eu arrisco que as gangues tradicionais já sejam compradas para se encontrarem.Esse tópico é o que deve ser a nossa linha de frente.
TC 9:Qual seria a diferença no som e na parte lírica entre Stupefying Beliefs e agora em Historiocriticsm?
István Forró{Symphony Of Symbols}:Musicalmente falando,eu acho que é o próximo capítulo da anterior.Pelo menos,nunca falamos ou cantamos sobre nada no que diz respeito a mudar alguma realidade.Certamente,reunimos as músicas de maneira consciente e intencionalmente,tornamos elas bem brutais.Textualmente,apenas a diferença é que todas tinham a sua história diferente entre si.Mas havia também a humilhação intencional da humanidade também.

TC 10:No começo da banda,vocês tiveram alguma inspiração?
István Forró{Symphony Of Symbols}:O Mesmo que para todos os outros quando se trata de música.Queríamos ser como nossas bandas favoritas.Então é claro que quando chegamos lá,outros objetivos passaram a ser perseguidos.Percebemos que não invejamos a vida do viajante,isso é necessário para quem é famoso.Nossa música é perfeita e bem periférica e ela não pode ser alcançada com tanta facilidade para que obtenhamos o sucesso.
TC 11:A Banda tem algum sonho?
István Forró{Symphony Of Symbols}:Dar aos nossos fãs,o que eles pensam.Eu acho que esse nosso objetivo principal.Além disso,escrever textos ou musicas sobre as quais ninguém está abordando.

TC 12:A banda conhece alguma coisa sobre o metal brasileiro?
István Forró{Symphony Of Symbols}:Em nossas infâncias,obviamente,fez-se uma grande influência para nós o Sepultura.Eu amei o álbum Arise.Eu não gosto muito das músicas atuais,então se sair algo,vou ouvir.Mas não é a mesma coisa quanto ao que senti com os irmãos Cavalera.Se não estou enganado,em 2003,Ouvi alguma coisa de Krisun e do Morbid Angel.Desde então,sempre presto atenção neles,eu sempre colecionava muita coisa de Fornication e Evil,todos estavam fazendo um som muito vivo.
TC 13:A Banda fará shows ou turnês em 2019?
István Forró{Symphony Of Symbols]:É um pouco impossível para nós por causa de nossos outros trabalhos.Não podemos ficar fora por semanas a fio.Nós vamos fazer algumas coisas nos fins de semana ou se pudermos tirar alguns dias livres.Essa é a nossa realidade atual.Outra ideia é fazer shows em festivais de pequeno porte.
TC 14:Porque a banda não fez especificações digitais neste trabalho?
István Forró{Symphony Of Symbols}:Não foi preciso.Pois a Metal Scrap Records publicou nosso novo trabalho no Spotify.
TC 15:Foi muito pesado para a banda a ponte área Hungria/Ucrânia?
István Forró{Symphony Of Symbols}:Não é mais difícil do que pra qualquer de nossos vizinhos.A questão é interessante porque a Hungria é o único país que faz fronteira consigo mesmo.Todos os países que fazem fronteira conosco e fazem parte de um todo ou é parte de nosso território depois do fim da Primeira Guerra Mundial.É assim que nós húngaros vivemos além das fronteiras,mas somos bem vindos e felizes quando fazemos nossos concertos.Mas também é verdade que os não húngaros dos países vizinhos não gostam de nós ou de nossos irmãos ou irmãs.Isso torna as coisas mais complicadas,é uma situação muito especial e ela não é muito entendida em outras partes do mundo.

symp of simbolsTC 16:Falem sobre a experiência de fazer um show na Servia?
István Forró{Symphony Of Symbols}:Eu usei um módulo de bateria emprestado pois esqueci meu adaptador em casa.Minha baqueta grande caiu,felizmente até esquentou.Me livrei de um pequeno mixer de controle.No caminho pro show,acidentalmente,nosso motorista quebrou o detonador do pedal.Foi um pouco sonolento,mas valeu a pena porque estava um grande público e ninguém notou nossos contratempos.Somos ótimos em resolver esses contratempos.
TC 17:O Quão difícil é fazer uma música com longos dez minutos?
István Forró{Symphony Of Symbols}:Nós escrevemos tantos riffs em um disco, do qual outra banda talvez combinaria isso em quatro discos.Mas isso não é difícil, apenas consome tempo.Acho que seria difícil escrever notas curtas ou pequenas.É claro que o interesse do espectador deve ser de até 10 minutos,mas isso pode ser resolvido com novos riffs e reviravoltas interessantes e Isso é um grande desafio.
TC 18:Mandem uma mensagem para os fãs,rapazes.A Entrevista acabou.Obrigado de verdade.Nós gostamos de verdade do álbum;
István Forró{Symphony Of Symbols}:Muito obrigado por poder falar sobre a Symphony Of Symbols e estou muito feliz em ouvir o registro do Historiocriticsm no outro lado do mundo. Isso é um grande prazer para nós.Muito trabalho vale a pena

Publicado por Lipetempestade

Uma pessoa de personalidade forte mas disciplinadora e exigente

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Guilherme Angra

Escritor e Psicanalista

UNDERGROUND N' PROUD

THE BEST OF THE ROCK AND METAL UNDERGROUND!

THE HEADBANGING MOOSE

PURE F****N' METAL!

Rock Out Stand Out

The go to place for all the latest in rock and metal music!

The Metal Wanderlust

Metal, Metal, and maybe even some more Metal!

The Metal Gamer

Where the world of metal and gaming becomes one

Seja Bem Vindo

Meu Canal de Vendas

Tempestade Conservadora

Atitude,Esporte e Espiritualidade

Coeficiente

Textos Acadêmicos, Resenha de Livros e Discos

Discover

A daily selection of the best content published on WordPress, collected for you by humans who love to read.

Faiock Estúdio

Edição de vídeos, jingles, dublagem, conteúdo, animação etc

ESTERILTIPO

Resenha de discos de Rock & Metal

HeavyMetalToTheWord

Propagando o Rock e o Metal na sua verdadeira essência..!!

Blog da Jor72

Blog de 'Jornalismo Online' da Faculdades Cearenses (FAC) 2020.2

Cinemarcoblog

Cinema, séries e memórias de um cinéfilo.

%d blogueiros gostam disto: