Entrevista 71 Com os Frances Da Ad Patres


A Septuagésima Primeira Entrevista Da Tempestade Conservadora será Feita com a Banda Francesa Intitulada como AD Patres.Eles lançam o segundo álbum intitulado como A Brief Introduction to Human Experiments.Lembrando que a formação da banda é esta:Axel Doussaud como Vocalista,Pierre Marani e Oliver Bousquet como Guitarristas,Arnaud Pecoste como Baixista e Alsvid na Bateria.Para essa exclusiva entrevista,falamos com o baixista Arnaud Pecoste.
Tempestade Conservadora 1:Apresentem a banda pra gente?
Arnaud Pecoste-Ad Patres:Nós somos a banda de Death metal francesa AD PATRES. Nós temos nosso segundo álbum lançado em fevereiro de 2019.O primeiro álbum Scorn Aesthetics foi lançado em 2012.Nós já tocamos no Hellfest, Mass Deathtruction, Deathfeast e abrimos para bandas como Cryptopsy,Morbid Angel, Krisiun. , Napalm Death, Septicflesh e muito mais.
Tempestade Conservadora 2:Porque a banda demorou sete anos pra fazer um álbum pra gente?
Arnaud-Ad Patres:Eu estou fazendo tudo sozinho e é muito trabalho,para gerenciar uma banda,produzir um disco,fazer shows, promover, comunicar e etc.Eu tenho um trabalho em tempo integral e família.Trabalhar para a banda é no meu tempo livre.Nós não somos profissionais e por isso,levou muito tempo.
Tempestade Conservadora 3:Falem sobre o processo de composição em A Brief Introduction to Human Experiments?
Arnaud-Ad Patres:Nosso guitarrista Olivier está fazendo toda a composição desde riffs a partes de bateria até estruturas de músicas.Pierre compõe seus solos de guitarra e eu estou escrevendo minhas linhas de baixo.O nosso cantor Axel decide frasear vocais e depois eu escrevo letras baseadas no fraseado.

Tempestade Conservadora 4:A Banda fala muito sobre medicina nos seus álbuns certo?Digo isso,pois vi algo relacionado a isso no álbum.
Arnaud-Ad Patres:Não muito.Na verdade,é mais sobre psicologia do que sobre medicina. Mas a canção Mechanical Enlightenment traça um paralelo entre dogmas do cristianismo e da psiquiatria e métodos da Inquisição e experiências psiquiátricas clínicas do começo do século XX. Essa foi a inspiração para o título e a obra de arte do álbum A Brief Introduction To Human Experiments.
Tempestade Conservadora 5:Porque a banda colocou duas músicas instrumentais no álbum?
Arnaud-Ad Patres:O primeiro instrumental é a introdução do álbum e é um diálogo retirado do filme “Fly over a cucoo’s nest” para dar a atmosfera da primeira música Mechanical Enlightenment que acabamos de discutir.As últimas palavras do diálogo são as primeiras letras da música Just bite down on it .A segunda música instrumental é uma introdução para a faixa “Verses Void”, tirada do filme “Laranja Mecânica” de Kubrick. Quando o padre está dando um assalto a Alex e outros prisioneiros. Queríamos acrescentar isso como uma introdução, uma pausa no meio do álbum e também porque queríamos ter simetria com o primeiro instrumental,já que este está abrindo o lado B do álbum.
Tempestade Conservadora 6:Como a banda chegou até Xenokorp Records?
Arnaud-AD Patres:O primeiro álbum Scorn Aesthetics foi lançado pela Kaotoxin Records.É a mesma gravadora que apenas mudou o nome. Ficamos felizes com o trabalho da gravadora para o primeiro álbum.Então,decidimos continuar com a Xenokorp para o lançamento de A Brief Introduction To Human Experiments.
Tempestade Conservadora 7:A Banda tem shows ou turnês a serem feitos em 2019?
Arnaud-Ad Patres:Nenhuma excursão planejada para 2019,mas temos muitos shows reservados e ainda estamos trabalhando na reserva um pouco mais.Tocar ao vivo é a nossa verdadeira motivação.Então,fazemos o máximo possível.Também temos algumas aparições na Europa reservadas.Vamos tocar na Suíça e em Londres para a Eradication Deathfest com a banda espanhola Wormed e a banda holandesa Severe Torture.
Tempestade Conservadora 8:Existe alguma diferença no som e na parte lírica entre Scorn Aesthetics e agora em A Brief Introduction to Human Experiments?
Arnaud-Ad Patres:Liricamente, eu acho que esse álbum é mais intimista e também tem alguns ângulos mais positivos.Mas tem os mais escuros também.No som,eu acho que é mais natural e mais maduro na composição. Um pouco mais complexo também.
Tempestade Conservadora 9:Como foi a experiência de fazer um álbum em conjunto com a banda americana Writhing?
Arnaud-Ad Patres:Nós fomos contatados pela gravadora Nihilistic Holocaust. Nós não sabíamos se ia dar certo, mas assim que ouvimos o seu EP indomável. Ficamos muito entusiasmados com a ideia da fita dividida.

Tempestade Conservadora 10:Como foi a recepção deste álbum?
Arnaud-Ad Patres:A recepção do nosso novo álbum A Brief Introduction to Human Experiments é extremamente positiva.Os fãs gostam muito e a imprensa está escrevendo ótimas críticas também.Mas o mais importante é que podemos marcar muitos shows.Porque as pessoas gostam e é ótimo poder tocar para os fãs na estrada.
Tempestade Conservadora 11:A Banda tem algum sonho?
Arnaud-Ad Patres:Não. nós simplesmente queremos continuar como uma banda.Tocar ao vivo e tocar em alguns países e festivais legais,conhecer muita gente.Nós não somos sonhadores do dia. Somos velhos demais para fingir que sonhamos vivemos da música. Nós tocamos com bandas que trouxeram o Death Metal como Cryptopsy, Morbid Angel, Sinister. Seria fantástico abrir para mais pioneiros como Suffocation, Hate Eternal e Gorguts. Queremos tocar no Japão,Austrália,EUA também.
Tempestade Conservadora 12:No começo da banda,quem influenciou vocês?
Arnaud-Ad Patres: Suffocation,o começo da banda Decapitated,o começo da banda Psycroptic,Hate Eternal, Death.
Tempestade Conservadora 13:Falem sobre o single Symbiosick?
Arnaud-Ad Patres:Nós tínhamos o álbum pronto,mas tivemos que esperar pela melhor janela de lançamento e o atraso na produção da fábrica.Mas não pudemos esperar. Então,a gravadora Xenokorp propôs lançar um single digital com uma música do álbum.
Tempestade Conservadora 14:A Banda escolheu algum single pra este álbum e o porque desta escolha?
Arnaud-Ad Patres:Nós escolhemos isso.Porque nós já tínhamos começado a trabalhar em algum material de vídeo com algumas outras músicas e nós realmente pensamos que o Symbiosick era uma boa escolher para introduzir o estilo do novo álbum.
Tempestade Conservadora 15:A Banda conhece alguma coisa do Metal Brasileiro?
Arnaud-Ad Patres:É claro que o Sepultura antigo.Krisiun já abrimos pra eles e também gostamos de Sarcofago.
Tempestade Conservadora 16:É Verdade que a banda fez este single para este álbum no ano passado?
Arnaud-Ad Patres:Sim,com certeza.É Verdade.
Tempestade Conservadora 17:Mandem mensagem aos fãs,a entrevista acabou.
Arnaud-Ad Patres:Stay Heavy,Pessoal!

Publicado por Lipetempestade

Uma pessoa de personalidade forte mas disciplinadora e exigente

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Guilherme Angra

Escritor e Psicoterapeuta

UNDERGROUND N' PROUD

THE BEST OF THE ROCK AND METAL UNDERGROUND!

THE HEADBANGING MOOSE

PURE F****N' METAL!

Rock Out Stand Out

The go to place for all the latest in rock and metal music!

The Metal Wanderlust

Metal, Metal, and maybe even some more Metal!

The Metal Gamer

Where the world of metal and gaming becomes one

MAGAZINEANV

DIVULGUE PRODUTOS DO

Tempestade Conservadora

Atitude,Esporte e Espiritualidade

BlueNote Blog

CARTAS PRA NINGUÉM

Discover WordPress

A daily selection of the best content published on WordPress, collected for you by humans who love to read.

Faiock Estúdio

Edição de vídeos, jingles, dublagem, conteúdo, animação etc

HeavyMetalToTheWord

Propagando o Rock e o Metal na sua verdadeira essência..!!

Blog da Jor72

Blog de 'Jornalismo Online' da Faculdades Cearenses (FAC) 2020.2

Cinemarcoblog

Cinema, séries e memórias de um cinéfilo.

Metal Viewer

Kleine Bands werden hier groß geschrieben.

%d blogueiros gostam disto: