Suecos Da Bleeding Utopia marcam a entrevista 104


A Centésima Quarta Entrevista Da Tempestade Conservadora Foi Feita com os Suecos da Bleeding Utopia.Eles lançam pra gente seu terceiro trabalho completo intitulado como Where The Light Comes To Die.A Banda é formada por:David Ahlen como vocalista,Andres Moren como Guitarrista e o que topou nos dar a entrevista e ao seu lado na outra guitarra Kristian Gustavsson.No Baixo temos Fredrik Ridderström e na bateria temos Adam Björk.Vamos a entrevista 
Tempestade Conservadora 1:Apresentem a banda pra gente?
Andres Moren:Nós somos a Bleeding Utopia,uma banda de Death metal da Suécia com foco em brutalidade e melodia.
Tempestade Conservadora 2:Porque a banda mudou de nome duas vezes?{Nota Da TC:Antes do nome atual,a banda se chamou Operation SidEffect entre 2003 e 2004 e de 2004 até 2009.A Banda se chamava Delicious Deformed}
Andres:O fato é que nunca mudamos nosso nome. Os nomes “Operaton SidEffect” e “Delicious Deformed” não são a mesma banda que o Bleeding Utopia. Quando eu comecei a Bleeding Utopia, em 2010,tirei duas músicas dos meus projetos antigos que se chamavam “Operaton SidEffect” e “Delicious Deformed.Mas nunca foi a mesma banda.
Tempestade Conservadora 3:Falem sobre o processo de composição em Where The Light comes to Die?
Andres:Bem… Foi escrito entre 2015 e 2016 e gravado em 2017.
Eu escrevi todas as músicas e então nós gravamos o álbum inteiro como uma pré-produção, então veja como tudo funcionou em conjunto e então fizemos algumas mudanças em algumas músicas antes de gravarmos o álbum de verdade. Adam gravou todas as baterias em seu espaço de ensaio e então as faixas de bateria foram enviadas para mim.Para que eu pudesse gravar todas as guitarras e melodias de ritmo em nosso próprio estúdio que se chama Bleeding Music Studio.Depois disso, o baixo foi gravado. Para as letras pedimos ao nosso bom amigo Fredrik Ullberg para nos ajudar a escrever algumas letras chocantes.Porque ele é muito bom nisso.Então, ele escreveu 6 de 9 letras para as músicas e aí,nós as organizamos juntas enquanto gravávamos as músicas. vocais para o álbum.Os solos de guitarra foram gravados depois porque nosso guitarrista acabou de sair da banda, então estava procurando por um vocalista ao mesmo tempo em que estávamos no estúdio. Nós encontramos o incrível Kristian Gustavsson e ele escreveu todos os solos,8 de 9 dentro de algumas semanas e então ele os gravou algumas semanas depois de entrar para a banda. O solo de “Enhance My Wrath” é interpretado por Ryan Knight (ex-Arsis, ex Black Dahlia Murder).Depois que tudo foi gravado, nós demos tudo para o Jocke Skog para mixar e masterizar a parte dele.

Tempestade Conservadora 4:A Banda escolheu algum single pra este álbum e o porque da escolha?
Andres:A música “Already Dead” é o nosso primeiro single e é uma ótima música do meio tempo com muitas melodias,groove e tem um grande apelo para um vídeo é por isso que escolhemos.
Tempestade Conservadora 5:Como a banda trabalha os temas de guerra,religiões e Serial Killers?
Andres:Bem, é um grande interesse. Quando eu escrevi todas as letras que escrevi sobre o que eu estava interessado, então isso se tornou guerra, religião e serial killers {Risos}.
Tempestade Conservadora 6:A Banda tem shows ou turnês a serem feitas em 2018?
Andres:Sim. Acabamos de tocar junto com o The Black Dahlia Murder para um show na Estônia e ter alguns shows planejados e uma turnê pela Europa em outubro e novembro.
Tempestade Conservadora 7:Como foi a recepção pra este álbum?
Andres:A recepção foi esmagadora. Grandes comentários e pessoas parece gostar muito e parece fantástico. Nós temos trabalhado neste álbum há algum tempo e é ótimo agora quando está fora e todo o amor que está recebendo. Não poderia estar mais feliz.
Tempestade Conservadora 8:No começo da banda,quem influenciou vocês?
Andres:Nós temos muitas influências. Do início dos anos 90 do Death metal sueco ao moderno Death metal Americano.Mas nossas ou minhas, Andreas são maiores influências são o início dos anos 90 no Death metal da Suécia com bandas como Necrophobic, Dismember, Naglfar, A Quintet Canorous, Dissection, Amon Amarth, At the gates e algumas bandas americanas modernas como The Black Dahlia Murder, Battlecross E, claro, alguma velha escola como Metallica, Testament e Slayer, mas Death Metal sueca casada com o black-metal dos anos 90 é mais próxima do coração.
Tempestade Conservadora 9:Como a banda chegou na Black Lion Records?
Andres:Conhecemos o cara por trás do Black Lion de antes e quando ele nos apresentou um bom negócio, nós o pegamos porque achamos que ele está fazendo um ótimo trabalho e ele é um homem muito trabalhador.
Tempestade Conservadora 10:A Banda acredita que este álbum é conceitual?
Andres:Não, não é um álbum conceitual, é um caso de letras ou bem.Toda música é sobre destruição de um jeito ou de outro, mas não de um modo conceitual.É um álbum de death metal pesado e difícil de bater. Então,desse jeito, é um álbum conceitual e a sensação de que é tudo Death metal {Risos}.

Tempestade Conservadora 11:Qual seria o tema para Where The Light Comes To Die?
Andres:Escuridão e destruição.O fim do mundo.
Tempestade Conservadora 12:A Banda tem algum sonho?
Andres:Claro.Eu acho que todas as bandas têm sonhos que você conhece. Para tocar com uma grande banda que te influenciou ou tocar em grandes festivais e turnês pelo mundo, talvez nem todas as bandas tenham esses sonhos, mas muitas bandas fazem e nós não somos tão diferentes de todas as outras bandas quando se trata de nossos sonhos.
Tempestade Conservadora 13:O Metal da Suécia é tão forte quanto sabemos que é?
Andres:É um monte de grandes bandas, mas muito poucos clubes e locais para tocar. Como é agora, é difícil ser da Suécia e tocar na Suécia, se você toca metal extremo e é parte de uma banda underground. É melhor tocar por Alemanha,Holanda e países do que a Suécia no momento.
Tempestade Conservadora 14:Qual a diferença no som e na parte lírica entre Darkest Potency e agora em Where The Light comes to die?
Andres:Where The Light Comes To Die “é um pouco mais melódico, mas também mais agressivo do que” Darkest Potency ” tanto na música quanto nas letras. Ambos têm os mesmos temas, mas escritos de maneiras diferentes principalmente porque recebemos ajuda do nosso amigo para escrever as letras então mais idéias se espalharam e nós conversamos mais sobre o arranjo para os vocais em Onde a luz vem para morrer” do que sobre A potência mais negra.
Tempestade Conservadora 15:A Banda conhece e gosta do Metal Brasileiro?
Andres:Eu não conheço tantas bandas e não sei muito sobre a cena no Brasil, o SEPULTURA é claro uma banda bem conhecida e a NERVOSA, mas outras que eu não conheço muito sobre metal do Brasil.
Tempestade Conservadora 16:A Banda curte as comparações já feitas com a banda também sueca Amon Amarth?
Andres:Bem, Amon Amarth é uma ótima banda, mas eu não vejo muito deles em nós, exceto pela música “Already Dead” que é uma música melódica de ritmo médio como muitas das músicas de Amon Amarth são. Nós não nos importamos de sermos comparados a Amon Amarth, mas há muitas outras bandas que se encaixam na comparação quando se trata de influências e estilo.
Tempestade Conservadora 17:A Banda poderia dizer sobre a Ideia desta capa de CD?
Andres:Nós queríamos uma capa de álbum com intensidades escuras, uma paisagem fria que foi ultrapassada pela escuridão e pela morte. Uma grande influência é o início ou meados dos 90 álbuns de metal pintados por Kristian Wahlin.Quase todos os álbuns lançados por NO FASHION RECORDS, em meados dos anos 90. Então o álbum é feito por Hans Trasid no DISART DESIGN e ele captura perfeitamente as nossas necessidades.
Tempestade Conservadora 18:Mandem uma mensagem aos fãs,rapazes.A Entrevista Acabou.
Andres:Compre nosso álbum e camisetas para que possamos nos dar ao luxo de vir para a América do Sul e fazer um tour{Risos}.Obrigado por seu apoio.

Publicado por Lipetempestade

Uma pessoa de personalidade forte mas disciplinadora e exigente

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Guilherme Angra

Escritor e Psicoterapeuta

UNDERGROUND N' PROUD

THE BEST OF THE ROCK AND METAL UNDERGROUND!

THE HEADBANGING MOOSE

PURE F****N' METAL!

Rock Out Stand Out

The go to place for all the latest in rock and metal music!

The Metal Wanderlust

Metal, Metal, and maybe even some more Metal!

The Metal Gamer

Where the world of metal and gaming becomes one

MAGAZINEANV

DIVULGUE PRODUTOS DO

Tempestade Conservadora

Atitude,Esporte e Espiritualidade

BlueNote Blog

CARTAS PRA NINGUÉM

Discover

A daily selection of the best content published on WordPress, collected for you by humans who love to read.

Faiock Estúdio

Edição de vídeos, jingles, dublagem, conteúdo, animação etc

HeavyMetalToTheWord

Propagando o Rock e o Metal na sua verdadeira essência..!!

Blog da Jor72

Blog de 'Jornalismo Online' da Faculdades Cearenses (FAC) 2020.2

Cinemarcoblog

Cinema, séries e memórias de um cinéfilo.

Metal Viewer

Kleine Bands werden hier groß geschrieben.

%d blogueiros gostam disto: