Entrevista 173 com os Britânicos da Morass Of Molasses


A Tempestade Conservadora chega a sua entrevista 173 Com a Banda Britânica Morass Of Molasses e a banda nos apresenta seu segundo álbum intitulado como The Ties That Blind.A Banda tem essa formação:Bones Huse como Vocalista e Baixista,Phil Williams como Guitarrista e Raj Puni como Baterista.Vamos a Entrevista!

Tempestade Conservadora 1:Apresentem a banda pra gente?
Morass Of Molasses:Oi,Pessoal.Somos a Morass Of Molasses e nossa formação é Bones Huse no Vocal e Baixo,Phil Williams na Guitarra e Raj Puni na Bateria.
Tempestade Conservadora 2:Falem sobre o trabalho de composição em The Ties That Blind?
Morass Of Molasses:Este álbum é a mais diversificada coleção de músicas que nós escrevemos até agora como uma banda. Apresentando a maioria das técnicas de composição e mais instrumentos do que qualquer outro lançamento.
Tempestade Conservadora 3:A Banda escolheu algum single pra este álbum e o porque desta escolha?
Morass Of Molasses:”Woe Betide” e “Death Of All” são os dois singles que lançamos até agora para este álbum. Nós achamos que eles são uma boa introdução ao novo som evoluído deste álbum.
Tempestade Conservadora 4:Como a banda mistura o Sludge e o Stoner com o Rock Progressivo?
Morass Of Molasses:Para ser honesto, nós apenas começamos a escrever músicas,então vemos o que acontece e tentamos não nos preocupar com gênero.Nós deixamos que outras pessoas decidam como querem nos descrever.

Tempestade Conservadora 5:Quais são as vantagens para uma banda de Powertrio?
Morass Of Molasses:Para nós, significa que somos um time muito forte e temos que nos apoiar um ao outro às vezes. O que, por sua vez, leva a um vínculo muito mais forte entre nós.
Tempestade Conservadora 6:É correto dizer que a banda tem algumas músicas e sons que lembram o início do Jethro Tull? Se sim,como isso aconteceu ou foi algo natural?
Morass Of Molasses:Isso provavelmente seria até a flauta! Qual é o trabalho útil de Matt do stoner Punk Band Trevor’s Head. As melodias foram escritas na guitarra no começo, mas sempre tivemos a ideia de elas estarem na flauta.
Tempestade Conservadora 7:Qual foi a recepção para o álbum?
Morass Of Molasses:Em geral, todo mundo parece estar se conectando com o disco e o fato de termos arriscado isso com a direção musical.
Tempestade Conservadora 8:A Banda terá shows ou turnês a serem feitas em 2019?
Morass Of Molasses:No momento, estamos agendando uma turnê no Reino Unido em agosto.
Tempestade Conservadora 9:No começo da banda,quem influenciou vocês?
Morass Of Molasses:Todos nós temos gostos musicais variados, tudo de Funk e hip hop a Thrash Metal. Blues é a única coisa que todos nós compartilhamos e amamos.
Tempestade Conservadora 10:Como é a cena do Metal na Inglaterra?
Morass Of Molasses:A cena metal underground é muito saudável e estamos orgulhosos de fazer parte dela.
Tempestade Conservadora 11:Qual o tema lírico deste álbum?
Morass Of Molasses:Conectividade ou falta entre as pessoas e o mundo ao nosso redor. A Escuridão que pode estar no fundo de todos. Entendendo o poder de nossa mente subconsciente e as raízes de todas as coisas vivas. Relacionamentos antigos ligados a novos relacionamentos e Condutas de energia e memória.

Tempestade Conservadora 12:Qual a ideia da capa do álbum?
Morass Of Molasses:Um antigo motivo florestal escuro, combinado com arquétipos representativos da experiência humana. Esses seres estão profundamente interligados e quase inseparáveis. Assim, a princípio, a peça pareceria como um todo, mas, em uma inspeção mais detalhada, suas partes individuais são reveladas.
Tempestade Conservadora 13:A Banda acredita que este álbum é conceitual?Sim ou Não e Porque?
Morass Of Molasses:Eu acho que nunca escrevemos nada que não fosse conceitual.
Tempestade Conservadora 14:Vocês acham que existe alguma banda em seu país que cantam algo que não tem nada a ver com a proposta de vocês?
Morass Of Molasses:Todos eles fazem sons que não tem nada a ver conosco!
Tempestade Conservadora 15:A Banda sentiu alguma diferença na parte lírica e no som entre These Paths We
Tread e agora em The Ties That Bind?
Morass Of Molasses:Os temas dos quais as músicas são derivadas são mais intensamente pessoais no novo álbum.
Tempestade Conservadora 16:Porque eu consigo ver algum Blues no som da Banda?
Morass Of Molasses:Permita-me responder isso com uma pergunta. Como pode não haver?!
Tempestade Conservadora 17:Como a banda chegou na Wasted State Records?
Morass Of Molasses:Eles foram a gravadora mais entusiasta com quem falamos e sua paixão nos conquistou.
Tempestade Conservadora 18:Mandem uma mensagem aos fãs,a entrevista acabou.
Morass Of Molasses:Obrigado a todos pelo apoio que continuam a mostrar. Isso genialmente enche nosso coração de alegria e é a razão pela qual nos sentimos confiantes para fazer a música que fazemos.

Publicado por Lipetempestade

Uma pessoa de personalidade forte mas disciplinadora e exigente

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Guilherme Angra

Escritor e Psicoterapeuta

UNDERGROUND N' PROUD

THE BEST OF THE ROCK AND METAL UNDERGROUND!

THE HEADBANGING MOOSE

PURE F****N' METAL!

Rock Out Stand Out

The go to place for all the latest in rock and metal music!

The Metal Wanderlust

Metal, Metal, and maybe even some more Metal!

The Metal Gamer

Where the world of metal and gaming becomes one

MAGAZINEANV

DIVULGUE PRODUTOS DO

Tempestade Conservadora

Atitude,Esporte e Espiritualidade

BlueNote Blog

CARTAS PRA NINGUÉM

Discover WordPress

A daily selection of the best content published on WordPress, collected for you by humans who love to read.

Faiock Estúdio

Edição de vídeos, jingles, dublagem, conteúdo, animação etc

HeavyMetalToTheWord

Propagando o Rock e o Metal na sua verdadeira essência..!!

Blog da Jor72

Blog de 'Jornalismo Online' da Faculdades Cearenses (FAC) 2020.2

Cinemarcoblog

Cinema, séries e memórias de um cinéfilo.

Metal Viewer

Kleine Bands werden hier groß geschrieben.

%d blogueiros gostam disto: