Entrevista 210 com a Banda Alemã Tiffany For Breakfast


A Tempestade Conservadora Chega a sua Entrevista 210 com a Banda Alemã Tiffany For Breakfast e que lança seu Primeiro EP intitulado como In The Name Of e eles tem essa formação:Nicolas Carl como Vocalista,Patrik Nitzsche e Steve Uttenweiler como Guitarristas,Max Sauerbier como Baixista e Phillip Vogel como Baterista.Steve Uttenweiler foi o escolhido pra responder nossas perguntas.

Tempestade Conservadora 1:Apresentem a banda pra nós?
Steve Uttenweiler-Tiffany For Breakfast:Nós somos Tiffany For Breakfast da Alemanha. Nós somos cinco caras que são Patrik que chamamos de “Patte” e eu que sou o Steve nas guitarras, Nicolas que chamamos de “Nici” nos vocais,Max no baixo e Philip na bateria. Estamos tocando nesta formação há cerca de dois anos e meio e lançamos nosso primeiro álbum completo “Welcome The Scum” em julho de 2018. Recentemente, lançamos nosso primeiro single “God I” ou “God One de nosso próximo EP “In The Name Of” no Slam Worldwide.
Tempestade Conservadora 2:Falem sobre o trabalho de composição em In The Name Of?
Steve:Depois que terminamos de trabalhar no “Welcome The Scum”, começamos imediatamente a escrever material novo. Especialmente Patte teve muitas idéias que não encontraram seu caminho no álbum. Então decidimos trabalhar em um novo lançamento e queríamos fazer um EP onde pudéssemos sair com ideias e começar a experimentar um pouco. A música “God” foi criada muito rapidamente, enquanto as outras músicas ainda estão em processo de escrita. Portanto, espere que as outras músicas de “In The Name Of sejam um pouco diferentes do que você já ouviu de nós.
Tempestade Conservadora 3:A Banda escolheu algum single pra este álbum e o porque desta escolha?
Steve:Como acabei de mencionar, a música foi a primeira que terminamos e depois do ótimo tempo que nós tivemos no estúdio gravando o primeiro álbum, nós queríamos voltar o mais rápido possível. Nós já fizemos uma gravação de vídeo para a música “Rapist Punishment” do álbum, mas ela nunca terminou. Nós realmente queríamos fazer um videoclipe profissional, então decidimos gastar um pouco mais para colocar essa música antes mesmo de outra música para o EP terminar, acompanhada por um vídeo incrível.
Tempestade Conservadora 4:Qual o tema lírico do álbum?
Steve:Este EP segue um conceito solto que já está no título e cada música será sobre pessoas fazendo coisas horríveis e desumanas “em nome de” alguma coisa. Então a música “God I” ou “Em nome de Deus, Parte Um” se você quiser conta uma história do ponto de vista de um padre que usa sua influência e o poder de sua religião para satisfazer suas necessidades com criancinhas. Então o abuso da criança que ele fala acontece “Em nome de Deus”. Isso não é para criticar a religião ou a igreja em geral, mas os muitos casos de abuso sexual de crianças por padres que continuam sendo denunciados pela igreja católica. Outra música que acabamos de compor recentemente será chamada de “Ciência” e como o nome “Deus eu” sugere que haverá também uma música chamada “Deus II”.

Tempestade Conservadora 5:Como surgiu a ideia de fazer um Cover da Corey Hart?
Steve:Foi apenas uma idéia aleatória, porque todos nós gostamos da música e dos hits dos anos 80 em geral, e Patte começou a brincar com a melodia da música e escreveu uma versão de deathcore dela. Todo mundo gostou e nós ensaiamos a música para tocar como uma brincadeira em nosso próximo show. As pessoas adoraram e começaram a exigi-lo como um encore da próxima vez, então decidimos colocar a música no álbum e continuar tocando como um encore.
Tempestade Conservadora 6:No começo da banda,quem influenciou vocês?
Steve:Principalmente as maiores bandas de Deathcore como Whitechapel, Suicide Silence ou Carnifex, bem como Job For A Cowboy ou bandas de Death Metal como The Faceless. Mas cada membro da banda tem suas próprias influências pessoais que entram na nossa música e às vezes, um de nós descobre uma banda e imediatamente começa a se inspirar nela.
Tempestade Conservadora 7:O Filme Bonequinha De Luxo inspirou o nome da banda?
Steve:Sim. É um jogo de palavras simples,mas eficaz. As pessoas lembram do nosso nome e isso é bom!
Tempestade Conservadora 8:Falem sobre a Cena do Metal na Alemanha?
Steve:A cena metal alemã tem sido bastante diversificada com muitas subculturas, mas está ficando cada vez mais comercializada. É realmente difícil encontrar aclamação como uma banda se você não tocar as coisas que todo mundo toca e a maioria das bandas mais bem sucedidas tendem a soar iguais. Especialmente quando você olha para o gênero metalcore ou hardcore, onde você sempre encontra as mesmas bandas tocando em grandes festivais ou turnês e as pessoas começam a se preocupar menos com bandas menores que tentam fazer algo diferente. Mas é bom ver que há uma crescente comunidade de bandas de Death Metal por todo o país com muitas bandas incríveis. Isso é um sinal de que algumas pessoas realmente querem algo mais extraordinário e mais “brutal” do que o material convencional. Esperamos que pessoas como Gutrectomia ou Acranius não comecem a usar vocais ou sintetizadores limpos de repente.
Tempestade Conservadora 9:A Banda tem shows e turnês em 2019?
Steve:Nós tocamos em alguns shows na Alemanha nos últimos meses, mas ainda não temos uma grande turnê planejada. Se alguém quiser nos reservar, ele deve entrar em contato conosco o mais cedo possível!
Tempestade Conservadora 10:A Banda vê diferenças no som e na parte lírica entre Welcome Scum e agora em In The Name Of?
Steve:Algumas das músicas de “Welcome The Scum” já tinham quatro anos quando o álbum foi lançado, então o material de “In The Name Of parece mais moderno, musical e liricamente. Nós crescemos como uma banda, melhoramos individualmente e como uma unidade e nos tornamos confiantes em nosso estilo e no palco e etc.Eu acho que o EP realmente refletirá nossa experiência.

Tempestade Conservadora 11:O que a Tiffany For Breakfast tem de diferente de suas bandas anteriores?
Steve:Nós sempre tentamos misturar diferentes subgêneros ou estilos em nossa música. Não é puro Deathcore ou puro Slam ou Tech ou como você quiser chamá-lo. Há um pouco de tudo que é pesado ou brutal, mas sempre há espaço suficiente para cada membro expressar sua musicalidade. Cada música deve ter algo especial para ela, o que a destaca e todos contribuem com sua própria loucura para a banda.
Tempestade Conservadora 12:A Banda conhece e gosta do Metal Brasileiro?
Steve:Sabemos os nomes óbvios como Sepultura, Soulfly e Krisiun. Eu pessoalmente sou um grande fã do Sepultura e os vi cerca de dez vezes. Mas, além disso, você não ouve muito sobre a cena brasileira na Alemanha. Exceto quando há algum festival gigante como o Rock in Rio.
Tempestade Conservadora 13:Qual é o estilo mais latente na banda é o Death Metal ou Metalcore ou os dois juntos por isso vocês se intitulam como Deathcore?
Steve:Definitivamente Deathcore. Às vezes um pouco mais de Death e às vezes um pouco mais de core. Mas a parte “core” é principalmente devido aos breakdowns e você não encontrará muito material metalcore em nossa música. Como melodias cativantes, canto limpo, grande choro, ritmo e ritmo da música pop e tentamos ficar longe disso.
Tempestade Conservadora 14:A Banda acredita que este álbum é conceitual?Sim ou Não e Porque?
Steve:Este EP segue um conceito solto que já está no título e cada música será sobre pessoas fazendo coisas horríveis e desumanas em nome de alguma coisa.
Tempestade Conservadora 15:Qual a ideia da capa do álbum e vocês podem colocar a capa aqui?
Steve:Não há arte definitiva para o EP ainda, desculpe.
Tempestade Conservadora 16:A Banda tem algum sonho?
Steve:Tocar em muitos shows incríveis e em tantos lugares quanto possível!
Tempestade Conservadora 17:Mandem uma mensagem aos fãs,a entrevista terminou
Steve:Obrigado a todos por lerem tudo isso! Se você gosta de nossas coisas, apoie-nos no Facebook ou no Instagram, obtenha um pouco da nossas vendas no Bandcamp e transmitem nossa música sempre que possível ou simplesmente escreva-nos uma mensagem ou e-mail e reserve-nos para um dos seus shows!

Publicado por Lipetempestade

Uma pessoa de personalidade forte mas disciplinadora e exigente

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Guilherme Angra

Escritor e Psicoterapeuta

UNDERGROUND N' PROUD

THE BEST OF THE ROCK AND METAL UNDERGROUND!

THE HEADBANGING MOOSE

PURE F****N' METAL!

Rock Out Stand Out

The go to place for all the latest in rock and metal music!

The Metal Wanderlust

Metal, Metal, and maybe even some more Metal!

The Metal Gamer

Where the world of metal and gaming becomes one

MAGAZINEANV

DIVULGUE PRODUTOS DO

Tempestade Conservadora

Atitude,Esporte e Espiritualidade

BlueNote Blog

CARTAS PRA NINGUÉM

Discover

A daily selection of the best content published on WordPress, collected for you by humans who love to read.

Faiock Estúdio

Edição de vídeos, jingles, dublagem, conteúdo, animação etc

HeavyMetalToTheWord

Propagando o Rock e o Metal na sua verdadeira essência..!!

Blog da Jor72

Blog de 'Jornalismo Online' da Faculdades Cearenses (FAC) 2020.2

Cinemarcoblog

Cinema, séries e memórias de um cinéfilo.

Metal Viewer

Kleine Bands werden hier groß geschrieben.

%d blogueiros gostam disto: