A Super Entrevista 218 com os Britânicos da The Red Widows


A Tempestade Conservadora Chega a sua Entrevista 218 com a Banda Britânica The Red Widows e eles nos lançam seu Primeiro álbum intitulado como Fuzzifixion e ela tem essa formação:Star Red como Vocalista e Baixista,Mojofuzz como Guitarrista e John como Baterista.Vamos a entrevista!

Tempestade Conservadora 1:Apresentem a banda pra gente?
The Red Widows:Oi,nós somos a banda The Red Widows e somos um trio de metal doom feito em Londres. Seu som pode ser definido como espesso, sombrio e agressivo e com vocais poderosos e melodias assombrosas que ficam na sua cabeça.
Tempestade Conservadora 2:Falem sobre o trabalho de composição em Fuzzifixion?
The Red Widows:Bem,basicamente nós gostamos de ir ao estúdio com o trabalho já feito, mas o Rev está encarregado dos riffs e a Alex trabalha nas letras e melodias e depois disso, nós trabalhamos juntos para fazer as músicas.
Tempestade Conservadora 3:A Banda escolheu algum single pra este álbum e o porque da escolha?
The Red Widows:A música que escolhemos como single é His Name is Death porque é uma música que fala sobre uma humanidade condenada. Dada a nossa música também evoluiu para a desgraça, parecia apropriado. Originalmente essa música nem existia, mas nós fizemos no dia antes de começarmos a gravar e decidimos usar como single.
Tempestade Conservadora 4:Qual o tema lírico deste álbum?
The Red Widows:Morte, destruição, satanismo, tudo escuro e mal basicamente.

Tempestade Conservadora 5:É possível dizer que Red Widow é uma espécie de código da banda?
The Red Widows:Sim ,absolutamente. Estávamos cansados de bandas com bruxo, bruxa e etc em seus nomes. Decidimos nos afastar de tudo isso e escolher esse inseto que é um dos mais letais e temidos do mundo, como se tivesse saído do inferno.
Tempestade Conservadora 6:A Banda terá shows ou turnês a fazer em 2019?
The Red Widows:Estamos trabalhando nisso e temos alguns shows programados para este ano no Reino Unido, cujas datas serão confirmadas em breve. Nós estaremos participando do festival Doom Vs Stoner em Sheffield em setembro, sendo este o primeiro grande show da banda e estamos muito animados com isso.
Tempestade Conservadora 7:Como a banda faz as transições entre a parte lírica e o som?
The Red Widows:Está bem. Em nosso último álbum, as letras e vocais especiais eram realmente importantes e tinham um lugar de destaque nas músicas. Com este álbum, queríamos que o som pesado do doom fosse o mais importante e é por isso que transições e partes musicais são muito mais longas aqui. No entanto, ainda tentamos manter o refrão melódico, algo muito característico da nossa música. De certa forma, nossa base sempre será clássica e tão estranha quanto possa parecer!
Tempestade Conservadora 8:No começo da banda,quem influenciou vocês?
The Red Widows:Obviamente, os clássicos como Black Sabbath, Pentagram ou bandas mais recentes como Acid King e Electric Wizard são a nossa maior influência. No entanto, os anos 60 e 70 rock clássico e folk também são grandes influências.
Tempestade Conservadora 9:O Que a The Red Widows tem de diferente de suas bandas anteriores?
The Red Widows:Os vocais são indiscutivelmente o fator mais diferenciador em nosso som. Uma voz feminina profunda não é tão comum, especialmente nesse gênero.
Tempestade Conservadora 10:Geralmente, as bandas começam com Demos. Mas você fizeram um EP e um Full Length. É possível dizer que a banda teve um entendimento musical mais rápido do que o esperado?
The Red Widows:Absolutamente. Tivemos uma enorme resposta positiva ao nosso primeiro EP e isso nos levou a trabalhar com nossa gravadora, a DHU. Este álbum completo é muito diferente e há algumas pessoas que não ficaram felizes com a gente mudar nossa direção musical de forma tão radical. No entanto, sempre fizemos o que queríamos fazer. Acredito que ainda seja genuíno, a resposta está sendo ainda mais positiva desta vez do que com o nosso primeiro EP.
Tempestade Conservadora 11:Falem sobre a Cena Metal da Inglaterra?
The Red Widows:Toda cena musical tem seu lugar na Inglaterra. É um lugar maravilhoso para se viver se você toca ou ama música. Mais especificamente, Londres tem sempre shows de metal e as bandas locais são realmente incríveis.

Tempestade Conservadora 17:Qual a ideia da capa do álbum?
The Red Widows:m dos temas mais fortes do álbum é a negação da existência divina. Esta obra de arte destina-se a zombar da religião e do deus cristão, pois só adoramos a penugem. Nós não acreditamos em Cristo, mas em fuzz, daí o título “Fuzzifixion.
Tempestade Conservadora 18:A Banda tem algum sonho?
The Red Widows:Nós não sabemos o que vai acontecer amanhã, então estamos mais do que felizes em brincar e divulgar nossa música. Mas se pudéssemos pensar em um sonho, acho que todos nós poderíamos concordar que um suprimento ilimitado de tacos poderia ser perfeitamente aceitável.
Tempestade Conservadora 19:Como a banda decidiu fazer músicas longas como onze minutos ou algumas treze minutos?
The Red Widows:Não é que nós decidimos torná-los longos de propósito apenas para aborrecer as pessoas, é que a desgraça é lenta por definição, portanto uma música normal a 70 bits por minutos se torna uma música longa. Também usando um ajuste muito mais baixo que o padrão significa usar cordas muito mais grossas tanto para baixo quanto para guitarra, e isso limita substancialmente a velocidade na qual você pode tocar.
Tempestade Conservadora 20:Mandem uma mensagem aos fãs,rapazes.A Entrevista terminou
The Red Widows:Apenas muito obrigado por todo o apoio que recebemos e continuaremos a derreter tantos rostos quanto pudermos com a nossa música e sempre Adoramos o Pesado FUZZ !!

Tempestade Conservadora 12:A Banda acredita que este álbum é conceitual?Sim ou Não e Porque?
The Red Widows:Na verdade, não somos muito diretos e terrestres para fazer um trabalho conceitual, eu acho. No entanto, tem um tema comum em tudo que é escuro e obscuro.
Tempestade Conservadora 13:A Banda conhece e gosta do Metal Brasileiro?
The Red Widows:Claro! O Sepultura é inegavelmente uma das bandas de metal mais importantes da história. Angra e Krisiun também são bastante conhecidos na Europa. O Brasil tem uma história de bandas de metal incríveis.
Tempestade Conservadora 14:Como a banda chegou na DHU Records?
The Red Widows:Foi mais DHU chegando para nós! Nós lançamos o Rising sem um rótulo e honestamente nós nem esperávamos ter um. Mas Robert ouviu e queria trabalhar conosco. Nós não poderíamos ser mais gratos a ele e ao DHU pelo seu apoio.
Tempestade Conservadora 15:A Banda sente diferenças no som e na parte lírica entre Rising e Fuzzifixion?
The Red Widows:Rising e Fuzzifixion não poderiam ser mais opostos em termos de som. A ascensão pode cair sob protometal, enquanto Fuzzifixion é puro metal doom. Os vocais são muito diferentes entre os dois, tanto que nos perguntaram algumas vezes se era uma pessoa diferente cantando. Até a afinação é diferente. No entanto, acho que ainda há muitas coisas comuns aos dois álbuns, especialmente em termos de composição de músicas.
Tempestade Conservadora 16:Como foi a recepção para o álbum?
The Red Widows:No começo, eu acho que as pessoas não esperavam esse tipo de álbum e se foi um choque para alguns de nossos fãs que têm nos seguido desde o começo. Mas no final do dia, é um bom álbum e ainda somos nós, então mesmo quando há uma certa divisão entre aqueles que entendem o que tentamos alcançar neste álbum e aqueles que não o fazem, a resposta geral foi muito bom.

Publicado por Lipetempestade

Uma pessoa de personalidade forte mas disciplinadora e exigente

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Guilherme Angra

Escritor e Psicanalista

UNDERGROUND N' PROUD

THE BEST OF THE ROCK AND METAL UNDERGROUND!

THE HEADBANGING MOOSE

PURE F****N' METAL!

Rock Out Stand Out

The go to place for all the latest in rock and metal music!

The Metal Wanderlust

Metal, Metal, and maybe even some more Metal!

The Metal Gamer

Where the world of metal and gaming becomes one

Seja Bem Vindo

Meu Canal de Vendas

Tempestade Conservadora

Atitude,Esporte e Espiritualidade

Coeficiente

Textos Acadêmicos, Resenha de Livros e Discos

Discover

A daily selection of the best content published on WordPress, collected for you by humans who love to read.

Faiock Estúdio

Edição de vídeos, jingles, dublagem, conteúdo, animação etc

ESTERILTIPO

Resenha de discos de Rock & Metal

HeavyMetalToTheWord

Propagando o Rock e o Metal na sua verdadeira essência..!!

Blog da Jor72

Blog de 'Jornalismo Online' da Faculdades Cearenses (FAC) 2020.2

Cinemarcoblog

Cinema, séries e memórias de um cinéfilo.

%d blogueiros gostam disto: