Entrevista 222 com a Banda Polonesa HexHorn


A Tempestade Conservadora chega a sua Entrevista 222 com a Banda Polonesa HexHorn e a banda nos apresenta seu segundo álbum intitulado como Before The End.A Banda tem essa formação:Edward como Vocalista,Miro e Maziak nas Guitarras,Bene como Baixista e Bila como Baterista.Maziak,Bene e Edward foram os que responderam nossas perguntas,vamos a elas.

Tempestade Conservadora 1:Apresentem a banda pra gente?
Bene:Ola, a HexHorn é uma banda de death metal da Polônia. Acabamos de gravar nosso segundo álbum.
Tempestade Conservadora 2:Falem sobre o trabalho de composição em Before The End?
Bene:Criamos músicas sempre da mesma maneira: quando há uma ideia para um ou dois riffs, gravamos no PC. Ritmos de bateria simples são adicionados e então adicionamos outros riffs, até que a estrutura da música esteja pronta. Normalmente dura alguns meses para que a música termine a estrutura. Nós trabalhamos em paralelo em poucas músicas no tempo. Quando a estrutura da música termina e Ed escreve letras e arranjos vocais são feitos. Depois disso, aprendemos e praticamos a música na sala de ensaios.
Tempestade Conservadora 3:A Banda escolheu algum single pra este álbum e o porque desta escolha?
Bene:Nós tivemos um grande dilema sobre qual música escolher para ser solteira. Nós pensamos sobre antes do fim, artesão de tripas e woodcarver. Nós queríamos fazer um videoclipe para solteiros, e a idéia de criador de coragem era o melhor. Então, dessa maneira, o artesão se tornou nosso single.
Tempestade Conservadora 4:Qual tema lírico deste álbum?
Edward:Temas líricos são típicos: morte, morte, homicídios, morte. A sério, as letras estão saindo da minha cabeça durante a audição da música. Quando os caras me dizem que esta é provavelmente a versão final da faixa, eu estou colocando um fone de ouvido e começo a ouvir. Eu estou cantando dentro da minha cabeça algumas palavras que se encaixam com a taxa e estrutura da música. E é assim que as letras estão chegando. É por isso que não há tema principal nas minhas músicas. Essas são sobre tudo, sobre morte e vida, sobre assassinos, há também algumas inspirações pós-apocalípticas. Há também uma música e eu grito e eu alto que é uma espécie de meu pequeno manifesto. Estou gritando sobre meus sentimentos, sobre isso que estou pensando sobre religiões. Eu gosto muito deste texto.

Tempestade Conservadora 5:A Banda tem shows ou turnês a fazer em 2019?
ED:É muito difícil tocar em grandes eventos de metal para bandas como o Hexhorn. Então, quaisquer grandes festivais ou turnês não estão planejados para 2019, mas nós regularmente tocamos em clubes de metal locais. Vibes em tais lugares são ótimos!
Tempestade Conservadora 6:O Que a HexHorn tem de diferente de suas outras bandas?
HexHorn:Nossas bandas anteriores que foram mortifer, hegeroth, mohortum, cult ov mora eram orientadas para o black metal. Mortifer, Mohortum e o primeiro LP de Hegeroth usaram linhas de teclado. Então, em 2015, queríamos fazer algo diferente e o Hexhorn nasceu.
Tempestade Conservadora 7:No começo da banda,quem influenciou vocês?
HexHorn:No começo, eu queria fazer uma música groovy, pesada e death metal diferente das nossas atividades anteriores. Então, a inspiração eram bandas como Six Feet Under,Arch Enemy,Carcass and Amon Amarth. No segundo álbum, queríamos experimentar ritmos mais rápidos para que nossos meios de expressão se tornassem mais amplos.
Tempestade Conservadora 8:Geralmente, as bandas começam com demos. Mas a banda fez um full length. É certo dizer que a banda tem um entendimento musical rápido?
HexHorn:Sabíamos da situação na cena underground, é muito difícil encontrar gravadora. Então, quando a HexHorn nasceu, decidimos lançar o LP no começo. Nós queríamos fazer isso sozinhos. Enquanto isso, a Via Nocturna nos perguntou sobre quaisquer planos para o segundo álbum de Hegeroth. Nós respondemos que estamos terminando o álbum de estréia da HexHorn e a Via queria lançá-lo.
Tempestade Conservadora 9:A Banda conhece e gosta do Metal Brasileira?
Bene:No começo dos anos 90, Ratos De Porao era uma das minhas bandas favoritas. Eu tenho duas fitas Brasil e Anarkophobia. Essas duas fitas foram tocadas centenas de vezes na minha fita gravada!Então, eu descobri Sepultura, Beneth os restos e Arise LP. Antes do Sepultura eu só ouvia música Trash, porque eu não estava familiarizado com os vocais rosnados, os vocais excelentes e semi-rosnados de Max eram para mim um portal para o Death metal. O show do Sepultura do Barcelona em 1991 foi tocado uma vez e uma vez no meu videocassete. Hoje em dia, gosto muito do Krisiun, muita coisa legal que eles tocam!
Tempestade Conservadora 10:Quando eu digo a palavra sucesso, a banda tem mais sonhos ou pesadelos e por quê?
Bene:Todos nós temos um emprego em tempo integral, todos nós estamos tocando em HexHorn e Hegeroth, então apenas a falta de tempo é nosso pesadelo!
Tempestade Conservadora 11:Qual álbum você daria ao seu pior inimigo?
Bene:Não tenho inimigos como conheço, sou pessoa otimista. Prefiro processo de criação sobre destruição. Em todo tipo de música eu posso recuperar alguns fatores que eu gosto. Por exemplo, eu não gosto de Rap em geral, mas eu aprecio muito groove muitas vezes em canções de Rap.

Tempestade Conservadora 12:A Banda acredita que este álbum é conceitual?Sim ou Não e Porque?
Ed: Bem, como eu disse antes letras não tem tema principal, é claro que todos eles são mantidos em clima escuro e brutal, mas você não vai encontrar nenhum conceito. Eu gostaria de escrever um álbum conceitual, tenho certeza que esse dia virá, mas tem que levar algum tempo. Há tantos temas interessantes em nossa vida que eu tenho certeza que encontrarei um.
Tempestade Conservadora 13:Como a banda chegou na Via Nocturna?
HexHorn:A Via Nocturna nos perguntou sobre Hegeroth e, finalmente, o álbum de estréia da HexHorn foi publicado pela Via Nocturna. A colaboração com a Via Nocturna foi boa, exatamente como concordamos anteriormente.
A única desvantagem foi que a Via Nocturna não organizou nenhum show ao vivo. Então, com o nosso segundo álbum, decidimos conversar com a Mara Productions, que é uma grande gravadora em ascensão na Polônia. A Mara Productions faz muitos shows locais. O dono da Mara mora nas proximidades e isso torna nossa colaboração melhor.
Tempestade Conservadora 14:Falem sobre a Cena Metal na Polônia?
Maziak:Por um lado, a cena do metal polaco é muito forte, há muitas boas bandas e músicos. Cada subgênero do metal tem aqui grandes representações. Muitos projetos são desenvolvidos através do interneto entre músicos espalhados pelo país. Mas, por outro lado, muitas vezes as bandas com boa música não conseguem mostrar sua música para um público mais amplo. Essas bandas muitas vezes param de criar músicas por falta de progresso. Então, a promoção do metal é muito fraca aqui. Há muito trabalho a fazer neste campo, para saber o que o metal polonês tem a oferecer.
Tempestade Conservadora 15:Qual a ideia da capa do álbum?
ED:A música em nosso segundo álbum é definitivamente mais brutal do que em nossa estréia, então sabíamos que a arte da capa para este álbum deveria ser também mais agressiva, mais brutal. Nós tínhamos muitas idéias estranhas, mas a maioria era parecida com outras covers de bandas de Death metal onde há muito sangue e cadáveres, não queríamos ser os mesmos. Algum dia eu vi na internet uma foto do homem que está passando pela rua, essa rua estava tão mal-humorada e escura. Eu falei sobre aquela foto para o nosso amigo que é ótimo artista gráfico. Ele preparou alguns primeiros desenhos, mostrou-nos e nós realmente amamos. Então aconteceu, nós tivemos primeiro gráficos profissionais completos para o nosso álbum.
Tempestade Conservadora 16:A Banda sentiu alguma diferença na parte lírica e no som entre Walking Of Death e agora em Before The End?
ED:Não, não há tantas diferenças entre as letras dos dois álbuns. Essas são as mesmas histórias assustadoras sobre homicídios e torturas. No segundo álbum apareceu também alguns contos pós-apocalípticos, alguns sentimentos pessoais foram colocados neles também. Então, liricamente, ambos os álbuns são semelhantes, mas musicalmente é um álbum totalmente diferente. É muito mais pesado, rápido e brutal do que na nossa estreia. Espero que nossos fãs aproveitem nosso novo estilo.
Tempestade Conservadora 17:A Banda tem algum sonho?
ED:Para tocar em algum grande festival de metal e viver em um país normal onde os políticos e a porra da igreja não tentam lhe dizer como viver. Foda-se todos eles.
Tempestade Conservadora 18:Mandem uma mensagem aos fãs,a entrevista terminou
HexHorn:Fique pesado! O Brasil tem um forte impacto na cena do metal. Apoie novas bandas, escute-as e compartilhe suas músicas! Obrigado pela entrevista!

Publicado por Lipetempestade

Uma pessoa de personalidade forte mas disciplinadora e exigente

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Guilherme Angra

Escritor e Psicanalista

UNDERGROUND N' PROUD

THE BEST OF THE ROCK AND METAL UNDERGROUND!

THE HEADBANGING MOOSE

PURE F****N' METAL!

Rock Out Stand Out

The go to place for all the latest in rock and metal music!

The Metal Wanderlust

Metal, Metal, and maybe even some more Metal!

The Metal Gamer

Where the world of metal and gaming becomes one

Seja Bem Vindo

Meu Canal de Vendas

Tempestade Conservadora

Atitude,Esporte e Espiritualidade

Coeficiente

Textos Acadêmicos, Resenha de Livros e Discos

Discover

A daily selection of the best content published on WordPress, collected for you by humans who love to read.

Faiock Estúdio

Edição de vídeos, jingles, dublagem, conteúdo, animação etc

ESTERILTIPO

Resenha de discos de Rock & Metal

HeavyMetalToTheWord

Propagando o Rock e o Metal na sua verdadeira essência..!!

Blog da Jor72

Blog de 'Jornalismo Online' da Faculdades Cearenses (FAC) 2020.2

Cinemarcoblog

Cinema, séries e memórias de um cinéfilo.

%d blogueiros gostam disto: