Suecos da Mammoth Storm-Entrevista 233!


https://www.youtube.com/watch?v=HmYPIs5Psf8
MAMMOTH STORM
-Suecos!

A Tempestade Conservadora Chega a Sua Entrevista 233 com a Banda Sueca Mammoth Storm e a banda nos apresenta seu segundo álbum intitulado como Alruna.A Banda tem essa formação:Daniel Arvidsson como Baixista e Vocalista,Christer Ström como Guitarrista,Emil Ahlman como Baterista.Emil foi a escolha da banda pra responder nossas perguntas,vamos a elas!

Tempestade Conservadora 1:Apresentem a banda pra nós?
Emil Ahlman:Olá! Este é Emil, baterista na escrita Mammoth Storm. Bom ouvir de você. Mammoth Storm começou a ganhar vida como uma banda no final de 2012, quando nos reunimos e começamos a tocar alguns riffs. Riffs que se transformaram nas músicas da demo que lançamos em 2013. Depois fizemos um EP digital e assinamos com a Napalm Records em 2014. Eles lançaram nosso primeiro disco Fornjot em 2015 e agora estamos de volta com um novo LP chamado Alruna que é lançado na gravadora Argonauta.
Tempestade Conservadora 2:Falem sobre o trabalho de composição em Alruna?
Emil:Todas as músicas são baseadas em riffs fortes, mas também há trabalhos melódicos nas músicas. Eu acho que isso é algo que nos faz sobressair um pouco nesse gênero musical.
Tempestade Conservadora 3:A Banda escolheu algum single pra este álbum e o porque desta escolha?
Emil:Sim, escolhemos lançar a faixa-título como single antes do lançamento do álbum. A principal razão para isso foi, claro, reconhecer o lançamento do álbum e escolhemos a faixa-título porque funciona bem como uma indicação de como o álbum é como um todo.
Tempestade Conservadora 4:Qual tema lírico do álbum?
Emil:Difere de música para música, mas nós nos inspiramos bastante na mitologia e no folclore. A canção Alruna por exemplo e é sobre uma floresta que cresce no subsolo, e Shores of the Undead que é sobre a costa em Nifelhel e que é feito de ossos dos mortos.

Tempestade Conservadora 5:É mais fácil ou mais prático uma banda como Powertrio?
Emil:É prático de certa forma, mas também uma desvantagem quando se trata de ter um som realmente gordo ao vivo. Completamos o line-up com um guitarrista ao vivo quando estivemos em turnê por esse motivo.
Tempestade Conservadora 6:Qual a recepção deste álbum?
Emil:Muito bem, obrigada! Melhor que o esperado, na verdade.
Tempestade Conservadora 7:No começo da banda,quem influenciou vocês?
Emil:A inspiração óbvia foi claro em outras bandas pesadas, mas ouvimos todos os tipos de música e também nos inspiramos em outros gêneros.
Tempestade Conservadora 8:A Banda tem algum sonho?
Emil:Agora seria um sonho ter uma oferta realmente boa, além disso eu diria que o sonho é continuar escrevendo boa música!
Tempestade Conservadora 9:A Banda tem shows ou turnês a fazer em 2019?
Emil:Tivemos algumas oportunidades que recusamos devido a diferentes motivos, mas esperamos fazer uma turnê neste outono ou no começo do ano que vem.
Tempestade Conservadora 10:Falem sobre a Cena Metal na Suécia?
Emil:Não é o mesmo que há vinte anos, mas ainda há muita música boa saindo desse país.
Tempestade Conservadora 11:Como a banda executa as transições entre os sons e as letras?
Emil:Usamos para escrever a estrutura da música em primeiro lugar e depois nos leva ao que a música que é.

Tempestade Conservadora 12:A Banda conhece e gosta do Metal Brasileiro?
Emil:Claro! Sepultura, Sarcofago, Krisiun e Rebellium são algumas das bandas de metal do Brasil que eu gosto muito.
Tempestade Conservadora 13:O Que a Mammoth Storm tem de diferente de suas outras bandas?
Emil:Eu acho que nós somos um pouco mais orientados para Metal do que alguns dos outros!
Tempestade Conservadora 14:A Banda sentiu alguma diferença no som e na parte lírica entre Fornjot e agora em Alruna?
Emil:Sim! Eu acho que a produção em Alruna é um avanço em termos de produção e que o som é uma progressão natural de “Fornjot” que também tem uma produção adequada.
Tempestade Conservadora 15:A Banda acredita que este álbum é conceitual?Sim ou Não e Porque?
Emil:Não, não é um álbum conceitual. É mais um conjunto de conceitos diferentes.
Tempestade Conservadora 16:Qual a ideia da capa do álbum?
Emil:Nós queríamos usar o nosso mascote O xamã com chifres mais uma vez e ter algumas referências às músicas de lá também. Eu acho que nós temos algo que simboliza cada música na verdade.
Tempestade Conservadora 17:Como a banda chegou na Argonauta Records?
Emil:Napalm não queria continuar conosco, então tivemos que seguir em frente. Felizmente, acabamos na Argonauta que é uma ótima gravadora onde não sentimos nada além de uma boa parceria.
Tempestade Conservadora 18:Mandem uma mensagem aos fãs,a entrevista acabou
Emil:Sim, se você mora no Brasil. Faça uma escolha melhor na próxima vez que você votar! Felicidades!

Publicado por Lipetempestade

Uma pessoa de personalidade forte mas disciplinadora e exigente

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Guilherme Angra

Escritor e Psicoterapeuta

UNDERGROUND N' PROUD

THE BEST OF THE ROCK AND METAL UNDERGROUND!

THE HEADBANGING MOOSE

PURE F****N' METAL!

Rock Out Stand Out

The go to place for all the latest in rock and metal music!

The Metal Wanderlust

Metal, Metal, and maybe even some more Metal!

The Metal Gamer

Where the world of metal and gaming becomes one

MAGAZINEANV

DIVULGUE PRODUTOS DO

Tempestade Conservadora

Atitude,Esporte e Espiritualidade

BlueNote Blog

CARTAS PRA NINGUÉM

Discover

A daily selection of the best content published on WordPress, collected for you by humans who love to read.

Faiock Estúdio

Edição de vídeos, jingles, dublagem, conteúdo, animação etc

HeavyMetalToTheWord

Propagando o Rock e o Metal na sua verdadeira essência..!!

Blog da Jor72

Blog de 'Jornalismo Online' da Faculdades Cearenses (FAC) 2020.2

Cinemarcoblog

Cinema, séries e memórias de um cinéfilo.

Metal Viewer

Kleine Bands werden hier groß geschrieben.

%d blogueiros gostam disto: