Entrevista 328 com Reece


A Tempestade Conservadora chega a sua Entrevista 328 com a Banda Australiana Indie Diploid e a banda nos lança seu terceiro álbum intitulado como Glorify.A Banda tem essa formação que é:Reece Prain como Baixista e Vocalista,Mariam Benjemaa – Guitarrista e Vocalista e Scott McLatchie como Baterista.Vamos a entrevista,lembrando que Reece é quem respondeu nossas perguntas.

Tempestade Conservadora 1:Apresentem a banda pra nós?
Reece Prain-Diploid:Somos uma banda de três peças de Melbourne, Austrália. Tocamos uma mistura de Grind / hardcore / doom/ ruído. Somos uma banda desde 2011 e começamos ainda no ensino médio.
Tempestade Conservadora 2:Falem sobre o trabalho de composição em Glorify?
Reece:Este álbum começou originalmente como um EP de colaboração com o artista de ruído australiano BILES. Mas nosso agendamento não deu certo e não conseguimos concretizá-lo. Então acabamos escrevendo mais músicas e criamos outro álbum. Também tivemos uma mudança de formação, deixando nosso baterista original saindo e participando de uma substituição.Eu que sou o Reece, baixista escrevi todas as músicas do álbum e Mariam que é a guitarrista e eu escrevi letras para o álbum.
Tempestade Conservadora 3:Porque a banda escolheu Homicidal Art?
Reece:Temos um videoclipe para esta música, e essa faixa é um pouco diferente no álbum. Foi a primeira música que escrevemos para o álbum, por isso foi a mais ensaiada de todas as músicas.
Tempestade Conservadora 4:Porque a banda continua como DIY?
Reece:Começamos a lançar nossos próprios lançamentos e a fazer nossos shows, então foi apenas um começo natural. Também olhamos para cima e somos fãs de bandas na cena DIY.DIY também significa para mim de qualquer maneira que você não tem nenhum motivo externo, você está lá para apoiar um gênero de nicho que você ama.Eu também acho que o DIY atrai menos tipos de rock star, que é a minha coisa mais odiada na música .

Tempestade Conservadora 5:O que a banda quer dizer com essa expressão abrasiva da moagem opressiva?
Reece:Eu não diria que somos uma banda política, a maioria das nossas letras são escritas sobre eventos, pessoas e emoções. É mais apenas explorar nossa sociedade e a luta contínua de existir em uma pequena mancha azul voando pelo espaço.
Tempestade Conservadora 6:O que você espera fazer pela primeira vez nos EUA e na Europa?
Reece:Ainda não temos nada reservado, mas espero que após o lançamento do álbum, possamos começar a ter datas bloqueadas. Adoramos fazer turnês e queremos visitar o maior número possível de países e suas cenas musicais.Se chegarmos à Europa, adoraríamos tocar na Alemanha, Reino Unido, França, Áustria.
Tempestade Conservadora 7:Como as influências que você teve nesse álbum aconteceram?
Reece:As principais influências para o álbum seriam Sofrer (Aus), Iron Lung, The Body, Merzbow. Quanto aos temas líricos e inspiração, tomei influência de Columbine, de Dave Cullen, Suicídio de Édouard Levé, Beasts Of No Nation de Uzodinma Iweala. A letra será incluída no lançamento do disco em vinil.
Tempestade Conservadora 8:Como foi a experiência em fazer álbuns em conjunto?
Reece:As divisões são bastante divertidas, é uma ótima maneira de fazer amigos de outros países. Mas às vezes podem ser um processo longo.
Tempestade Conservadora 9:Qual tema lírico do álbum?
Reece:Minhas letras se concentram muito em deterioração mental e problemas de saúde mental, principalmente suicídio ou homicídio. Eu usei muitas idéias das pessoas desses três livros, além de documentários e as fitas suicidas de Randy Steir. Eles são a base da letra e de como gradualmente a pessoa fica mal e não sabe o que está acontecendo com seus pensamentos e mentes, o que pode levar a comportamentos e resultados extremos.
Tempestade Conservadora 10:Falem sobre a Cena Metal na Austrália?
Reece:A cena do metal é muito legal. Algumas das minhas bandas e músicos favoritos são: Whitehorse, Idylls, Shackles, Blind Girls, Despossessed, Deader, Internal Rot, Internal Umbilical Tentacle, Uboa, Occult Blood.
Tempestade Conservadora 11:A Banda conhece e gosta de alguma coisa da Cena Metal Brasileira?
Reece:Eu não sei muito sobre a cena metal brasileira,mas eu gosto do Sepultura.

Tempestade Conservadora 12:A Banda acredita que este álbum é conceitual?Sim ou Não e Porque?
Reece:Não é realmente um álbum conceitual. Como nossos Lps anteriores, segue temas que estão intimamente alinhados.
Tempestade Conservadora 13:O que a Diploid tem de diferente de suas bandas anteriores?
Reece:Sempre foi nossa primeira banda,cara!
Tempestade Conservadora 14:Falem sobre a ideia do desenho da capa do álbum?
Reece:A obra de arte era uma colaboração entre Mariam e eu. Pintei a tela e fiz o buraco nela. E Mariam fez a maior parte da colagem e corte.É para representar danos pessoais e suicídio. O buraco é sua mente deixando seu corpo com a morte.
Tempestade Conservadora 15:A Banda viu diferenças no som e na parte lírica entre Everything Went Red e agora em Glorify?
Reece:Tivemos muito mais tempo para gravar este e o abordamos como um projeto inteiro muito antes no processo de escrita. Então, eu sinto que este sai melhor como uma peça de música.Quanto ao lírico, é semelhante, mas acho que abordado e visto um pouco diferente.
Tempestade Conservadora 16:É mais prático ou mais legal uma banda como Powertrio?
Reece:Eu não achei legal. É muito mais prático, mas gostamos de colaborar com outros músicos fora do Diploid.
Tempestade Conservadora 17:Mandem uma mensagem aos fãs,a entrevista acabou
Reece:Obrigado pela entrevista. Eu realmente espero que todos gostem do novo álbum!

Publicado por Lipetempestade

Uma pessoa de personalidade forte mas disciplinadora e exigente

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Guilherme Angra

Escritor e Psicoterapeuta

UNDERGROUND N' PROUD

THE BEST OF THE ROCK AND METAL UNDERGROUND!

THE HEADBANGING MOOSE

PURE F****N' METAL!

Rock Out Stand Out

The go to place for all the latest in rock and metal music!

The Metal Wanderlust

Metal, Metal, and maybe even some more Metal!

The Metal Gamer

Where the world of metal and gaming becomes one

MAGAZINEANV

DIVULGUE PRODUTOS DO

Tempestade Conservadora

Atitude,Esporte e Espiritualidade

BlueNote Blog

CARTAS PRA NINGUÉM

Discover

A daily selection of the best content published on WordPress, collected for you by humans who love to read.

Faiock Estúdio

Edição de vídeos, jingles, dublagem, conteúdo, animação etc

HeavyMetalToTheWord

Propagando o Rock e o Metal na sua verdadeira essência..!!

Blog da Jor72

Blog de 'Jornalismo Online' da Faculdades Cearenses (FAC) 2020.2

Cinemarcoblog

Cinema, séries e memórias de um cinéfilo.

Metal Viewer

Kleine Bands werden hier groß geschrieben.

%d blogueiros gostam disto: