Entrevista 334 com a Banda Sueca de Metalcore Aviana


A Tempestade Conservadora Chega a sua Entrevista 334 com a Banda Sueca Aviana e a banda nos lança seu Segundo álbum intitulado como Epicenter.A Banda tem essa formação:Joel Holmqvist como Vocalista,Marcus Heffler e Oscar Forsman nas Guitarras,Sebastian Colque como Baixista e Nicolas Bergström na Bateria.Antes de começarmos,vamos a uma música deles.

Tempestade Conservadora 1:Apresentem a banda pra nós?
Aviana:Tudo bem! Nós somos Aviana; uma banda de metal de Gotemburgo, Suécia. Acabamos de lançar nosso segundo álbum “Epicenter” através da gravadora Arising Empire.
Tempestade Conservadora 2:Falem sobre o trabalho de composição em Epicenter?
Aviana:Começamos a escrever o álbum antes de Joel se juntar como vocalista. Por isso, demorou um pouco mais do que o esperado devido a isso. Quanto a escrever Marc, Nic e Oscar escreveram os instrumentais e seb fez a maior parte das letras, mas desta vez quase todos os membros da banda escreveram letras para uma música.
Tempestade Conservadora 3:A Banda escolheu algum single pra este álbum e o porque desta escolha?
Aviana:Nós escolhemos quatro singles diferentes para mostrar os diferentes lados do álbum. O primeiro é Heavy Feather porque ele parecia mais como o álbum Polarize e mostra que ainda temos alguns elementos desse som. Então, My Worst Enemy para mostrar a energia rápida e difícil que também queríamos demonstrar. Red Sky mostrou o ritmo e Frail era simplesmente pesado.
Tempestade Conservadora 4:O que levou vocês a fazerem um álbum totalmente instrumental e você fará o mesmo em Epicenter?
Aviana:Nós mesmos apreciamos versões instrumentais de nossas músicas favoritas, então queríamos fazer o mesmo. Ainda não temos certeza se faremos isso no Epicenter, então não podemos dizer sim ou não a isso!

Tempestade Conservadora 5:Como a banda coloca seu lado progressivo em suas letras e músicas?
Aviana:Nós sempre escrevemos letras que parecem certas para nós e não focamos muito no estilo em que foram escritas. Dito isso, as letras no Epicenter são mais pessoais do que antes e talvez mais fáceis de se relacionar do que Polarize.
Tempestade Conservadora 6:A Banda terá shows ou turnês a fazer em 2019?
Aviana:Vamos tocar com o Adept na Alemanha na próxima semana! E talvez algo mais seja anunciado em breve.
Tempestade Conservadora 7:No começo da banda,quem influenciava vocês?
Aviana:Temos influência de diferentes gêneros, não apenas metal. Mas bandas e artistas como Linkin Park, Slipknot e até algum hip hop nos inspiram.
Tempestade Conservadora 8:O que a Aviana tem de diferente de suas bandas anteriores?
Aviana:Muitos de nós tocamos juntos, mas em outras bandas, durante anos. Mas, naturalmente, todos nós evoluímos como pessoas e músicos, então a banda muda conosco. Aviana é muito mais séria do que nossos projetos anteriores.
Tempestade Conservadora 9:Como a banda chegou neste nome?
Aviana:É apenas um nome que encontramos para nos encaixar, nenhuma história por trás disso realmente.
Tempestade Conservadora 10:Como foi a recepção pra este álbum?
Aviana:Foi muito positiva e estamos super agradecidos por isso!
Tempestade Conservadora 11:A Banda acredita que este álbum é conceitual?Sim ou Não e Porque?
Aviana:Este álbum não é conceitual, mas é muito mais pessoal e não tão metafórico quanto o último.

Tempestade Conservadora 12:Qual a ideia da capa do álbum?
Aviana:Queríamos algo abstrato, mas que representasse a vibe e a sensação de que o álbum deveria dar. Vermelho e preto combinam com a sensação de escuridão geral, mas com algumas nuances.
Tempestade Conservadora 13:A Banda tem algum sonho?
Aviana:Só queremos poder continuar tocando e viajando pelo mundo. Se pudermos afetar e ajudar as pessoas com nossa música de alguma forma que faça a luta valer a pena.
Tempestade Conservadora 14:A Banda conhece e gosta do Metal Brasileiro?
Aviana:Sepultura, é claro! Eles são doentes!
Tempestade Conservadora 15:A Banda sentiu diferenças no som e na parte lírica entre Polarize e agora em Epicenter?
Aviana:Desta vez, queríamos ser mais reais. Escrever sobre nossas próprias experiências e como nos sentimos.
Tempestade Conservadora 16:Como a banda chegou na Arising Empire?
Aviana:Tocamos em um festival onde a AE nos viu há alguns anos atrás. Desde então, eles entraram em contato conosco e decidimos que eles eram a gravadora perfeita para nós.
Tempestade Conservadora 17:Mandem uma mensagem aos fãs,a entrevista acabou
Aviana: Obrigado a todos por ouvirem a nossa música e divulgarem. Não somos nada sem vocês.

Publicado por Lipetempestade

Uma pessoa de personalidade forte mas disciplinadora e exigente

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Guilherme Angra

Escritor e Psicanalista

UNDERGROUND N' PROUD

THE BEST OF THE ROCK AND METAL UNDERGROUND!

THE HEADBANGING MOOSE

PURE F****N' METAL!

Rock Out Stand Out

The go to place for all the latest in rock and metal music!

The Metal Wanderlust

Metal, Metal, and maybe even some more Metal!

The Metal Gamer

Where the world of metal and gaming becomes one

Seja Bem Vindo

Meu Canal de Vendas

Tempestade Conservadora

Atitude,Esporte e Espiritualidade

Coeficiente

Textos Acadêmicos, Resenha de Livros e Discos

Discover

A daily selection of the best content published on WordPress, collected for you by humans who love to read.

Faiock Estúdio

Edição de vídeos, jingles, dublagem, conteúdo, animação etc

HeavyMetalToTheWord

Propagando o Rock e o Metal na sua verdadeira essência..!!

Blog da Jor72

Blog de 'Jornalismo Online' da Faculdades Cearenses (FAC) 2020.2

Cinemarcoblog

Cinema, séries e memórias de um cinéfilo.

Metal Viewer

Kleine Bands werden hier groß geschrieben.

%d blogueiros gostam disto: