Entrevista 359 com a Banda Espanhola Narwhale


A Tempestade Conservadora Chega a sua Entrevista 359 com a Banda Espanhola Narwhale e a banda nos lança seu Primeiro Álbum intitulado como Heart of the Corpse-Whale.A Banda tem essa formação:Javier Fernández como Baixista e Vocalista,Diego Aparicio e Ales Sánchez como Guitarristas e Victor Puente como Baterista.Antes da entrevista,a música deles.

Tempestade Conservadora 1:Apresentem a banda pra nós?
Narwhale:Narwhale é uma banda das Astúrias, uma região no norte da Espanha que iniciou suas atividades no verão de 2016. A banda toca um metal progressivo influenciado por muitos estilos.Atualmente, os membros da banda são: Diego Aparicio na guitarra, Ales Sánchez na segunda guitarra, Victor Puente na bateria e Javier Fernández no baixo e no vocal.
Tempestade Conservadora 2:Falem sobre o trabalho de composição em Heart Of The Corpse-Whale?
Narwhale:A idéia do álbum é devido a Javi, que já havia composto o álbum na íntegra antes da formação da banda. A idéia original de seu conceito deriva do nome do narval que em certas culturas nórdicas é conhecida como a baleia-cadáver por causa da palidez azulada da pele do animal.
A ideia original no plano estilístico era fazer incursões em diferentes estilos de metal, de acordo com as necessidades da história. Dessa forma, a banda se aventura em vários estilos que lembram black, sludge, metal extremo ou rock progressivo dos anos 70.
Tempestade Conservadora 3:Qual tema lírico do álbum?
Narwhale:A história por trás do coração da baleia-cadáver é a do naufrágio de um marinheiro do século XIX e seu subsequente confronto com a morte e o que poderia ser chamado de além.
Tempestade Conservadora 4:A Banda escolheu algum single pra este álbum e o porque desta escolha?
Narwhale:Não escolhemos nenhum single para o álbum, pois, sendo um álbum conceitual para nós, todas as músicas têm a mesma importância para a compreensão da história.

Tempestade Conservadora 5:Porque a banda fez vocais limpos?
Narwhale:Todos somos amantes de bandas de metal, mesmo de bandas extremas de metal, mas a influência das bandas progressivas dos anos 70, bem como uma grande variedade de estilos não-metálicos, também têm seu peso na banda e onde elas se tornam mais evoluídas talvez seja nos vocais.
Tempestade Conservadora 6:A Banda terá shows ou turnês em 2019?
Narwhale:Claro! Atualmente, estamos prestes a fechar várias datas para apresentar o álbum em nossa região durante os últimos meses de 2019. A idéia é continuar subindo ao palco também em 2020 pela Espanha e talvez por outras partes da Europa. Anunciaremos todos os detalhes em nosso site no Facebook, portanto fique atento para as novidades!
Tempestade Conservadora 7:Qual foi a recepção deste álbum?
Narwhale:Ainda é muito cedo para falar sobre isso desde que o álbum acabou de ser publicado. No entanto, alguns meios de comunicação especializados ecoaram a produção do álbum e as críticas até agora foram muito favoráveis.
Tempestade Conservadora 8:O que a Narwhale tem de diferente de suas bandas anteriores?
Narwhale:O Narwhale é um projeto totalmente diferente dos nossos outros projetos, que vão do pós-rock, hardcore ao thrash e groove metal.
Tempestade Conservadora 9:A Banda conhece e gosta do Metal Brasileiro?
Narwhale:Com certeza! Existem muitas bandas incríveis do Brasil que amamos e crescemos. Das lendas de classe mundial Sepultura e Ratos de Porao a clássicos como Korzus, Sarcofago, Krisiun e etc.E bandas punk mais orientadas, como Raimundos ou Dead Fish. É um país que contribuiu enormemente para o desenvolvimento da cena metal em geral.
Tempestade Conservadora 10:Falem sobre a Cena Metal da Espanha?
Narwhale:A verdade é que existem muitas grandes bandas na Espanha, mas existe uma total falta de apoio da mídia em geral. Por outro lado, há muitas pessoas trabalhando no underground fazendo um trabalho fantástico para promover e difundir a arte, a música e etc. É basicamente uma cultura do faça você mesmo e quase todos nós estamos lá .
Tempestade Conservadora 11:A Banda acredita que este álbum é conceitual?Sim ou Não e Porque?
Narwhale:Absolutamente. É um álbum conceitual à maneira dos do rock progressivo dos anos 70. Conta a história de um marinheiro que embarcou em uma longa viagem que naufragou após uma terrível tempestade. A jornada física se torna uma viagem da alma ao entrar no coração da baleia, uma viagem para um destino desconhecido, sem possibilidade de retorno.

Tempestade Conservadora 12:A Banda tem algum sonho?
Narwhale:Tocar e criar nosso próprio material já é um sonho tornado realidade para nós.
Tempestade Conservadora 13:Qual a ideia da capa do álbum?
Narwhale:A obra de arte do álbum é simples, representa um coração congelado, da cor da baleia-cadáver, sobre um fundo de pergaminho envelhecido, dando a idéia da história antiga contada nele.
Tempestade Conservadora 14:Como a banda mistura Sludge com Prog no som da banda?
Narwhale:Nossa visão é usar o gênero ou estilo mais adequado para apoiar as letras e a ideia por trás de cada faixa. Pensamos que a música não é uma questão de estilos, mas uma questão de músicas. Por exemplo, ‘Glaucus’ inclui reminiscências de black metal, ‘Galerna’ traz um toque extremo de metal, enquanto ‘Watery Graves’ e ‘Heart of the Corpse-Whale’ penetram em territórios doom metal.Cada referência estilística é usada para o benefício da história. O fato de ouvirmos muitos estilos diferentes se reflete em nossas músicas e de alguma forma, é natural para nós misturar vários estilos em nossas composições.
Tempestade Conservadora 15:Foi programado ou improvisado uma música de dez minutos?
Narwhale:Não foi realmente programado. Faz parte do processo de composição, quando você está trabalhando em um novo riff ou ideia, você apenas o desenvolve da maneira que sente. Pode demorar 10, 20 ou 3 minutos. O fato de ter uma música de 10 minutos é mais um resultado aleatório do que um pensamento calculado.
Tempestade Conservadora 16:Porque a banda tem esse nome?
Narwhale:A ideia do nome vem da idéia de envolver o conceito de um ar de mistério. O narval é um animal que, apesar de existir, era considerado antigamente um animal quase mitológico. Era conhecido como o unicórnio dos mares e o marfim de seu chifre era usado como chifre de unicórnio e era considerado propriedades mágicas.Então, o nome do narval parecia bastante misterioso para o conceito da banda. Também adicionamos o final e para dar um certo tom arcaico ao inglês antigo
Tempestade Conservadora 17:Mandem uma mensagem aos fãs,a entrevista acabou
Narwhale:Muito obrigado a todos os nossos fãs por aí, nós realmente apreciamos o seu apoio! Espero que possamos nos encontrar muito em breve em um show e nos divertir muito. Fique ligado! Agradeço também a Tempestade Conservadora por esta entrevista, foi um prazer!

Publicado por Lipetempestade

Uma pessoa de personalidade forte mas disciplinadora e exigente

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Guilherme Angra

Escritor e Psicanalista

UNDERGROUND N' PROUD

THE BEST OF THE ROCK AND METAL UNDERGROUND!

THE HEADBANGING MOOSE

PURE F****N' METAL!

Rock Out Stand Out

The go to place for all the latest in rock and metal music!

The Metal Wanderlust

Metal, Metal, and maybe even some more Metal!

The Metal Gamer

Where the world of metal and gaming becomes one

Seja Bem Vindo

Meu Canal de Vendas

Tempestade Conservadora

Atitude,Esporte e Espiritualidade

Coeficiente

Textos Acadêmicos, Resenha de Livros e Discos

Discover

A daily selection of the best content published on WordPress, collected for you by humans who love to read.

Faiock Estúdio

Edição de vídeos, jingles, dublagem, conteúdo, animação etc

HeavyMetalToTheWord

Propagando o Rock e o Metal na sua verdadeira essência..!!

Blog da Jor72

Blog de 'Jornalismo Online' da Faculdades Cearenses (FAC) 2020.2

Cinemarcoblog

Cinema, séries e memórias de um cinéfilo.

Metal Viewer

Kleine Bands werden hier groß geschrieben.

%d blogueiros gostam disto: