Entrevista 417 com Insanus


A Tempestade Conservadora chega a sua Entrevista 417 com a Banda Croata de Black Metal Black Cult.Eles nos apresentam seu terceiro álbum completo intitulado como Nekropola e eles tem essa formação:Morbid nos Vocais,Azaghal e Saathaen como Guitarristas,Lesovik como Baixista e Insanus como Baterista.Insanus foi quem respondeu as nossas perguntas.Mas,antes disso,vamos a uma música deles.

TC 1:Apresente a banda pra nós?

Insanus-Black Cult:Black Cult é uma banda de black metal da Croácia formada no final de 2013 por mim e Morbid. Naquela época, já éramos conhecidos no underground croata da BM, aparecendo em muitas bandas como Wrath de Gorthaur, Unholy Inquisition, Castrum, Mysterium e muito mais.Começamos como um projeto, mas depois de lançar nosso álbum de estreia ‘Neo-Satanism’ em 2014, a banda assumiu uma formação completa e começamos a promover o álbum através de apresentações ao vivo. Entre os novos membros estavam Lesovik no baixo, Azaghal e Saathaen nas guitarras.Após dois anos promovendo o primeiro álbum, a banda se retirou para suas masmorras para gravar um novo álbum com o nome ‘Cathedral of the Black Cult’, lançado em 2016. A formação mudou um pouco e Juko, o novo guitarrista principal, foi trazido a bordo. A promoção do segundo álbum incluiu vários shows e festivais e alcançou bons críticos.O trabalho em um novo álbum chamado ‘Nekropola’ começou no início de 2018, mas devido a razões pessoais, eu me mudei para o Reino Unido e a banda se tornou um projeto mais uma vez. Isso atrasou a gravação do álbum, que finalmente foi finalizado em outubro de 2019 e será lançado em março de 2020 pela InsArt Records e pela Grimm Distribution.

TC 2:Falem sobre o trabalho de composição em Nekropola?

Insanus:Existem oito músicas em ‘Nekropola’. Toda música é minha criação e as letras são assinadas por Morbid, exceto a música ‘Fear is for Fools’, que é uma capa da música do Hibernum do primeiro e único EP ‘Cold and Worse’ e é composta por Azaghal. As músicas são complexas, mas não muito difíceis para o ouvinte, pelo menos eu espero que sim, com muitas camadas de guitarra que criam uma sensação orquestral através das músicas.Para mim, pessoalmente, ‘Nekropola’ é o nosso álbum mais maduro até agora, musical e liricamente.

TC 3:Porque Parasite foi escolhida como single deste álbum?

Insanus:Porque ‘Parasite’ representa nossa evolução como uma banda e é um indicador perfeito de nossa mentalidade neste álbum. É um álbum inteiro retratado em uma música.

TC 4:Qual tema lírico do álbum?

Insanus:Somos principalmente inspirados pela morte, a infinidade do universo e suas trevas e histórias escondidas nos lugares mais sombrios da mente humana. Nós escrevemos nossas músicas da maneira que pode ser considerada ofensiva a todos os membros de qualquer religião organizada e essa é a nossa intenção.

TC 5:A Banda fará shows em 2020?

Insanus:Como eu disse na introdução, o Black Cult está de volta ao estado do projeto e não há shows ao vivo no futuro próximo.

TC 6:As músicas da banda apenas abordam o satanismo?

Insanus:Não, no novo álbum você pode encontrar músicas sobre lobisomens, necromancia e todo tipo de coisas relacionadas ao lado sombrio de todos os que vivem. Usamos imagens satânicas para provocar as pessoas a pensarem com a cabeça, vivemos no século 21 e ainda assim, as pessoas atacam alguns deuses imaginários para decidir sobre seu futuro e suas vidas, matam em nome desses deuses, não é triste? . Por isso, provocamos satanás, deus ou qualquer pessoa que possa ter esse poder para matar todos nós.

TC 7:Qual a diferença da Black Cult para as suas bandas anteriores?

Insanus:Esta é a primeira banda em que eu sou o único responsável por toda a produção, música, todos os arranjos, exceto o baixo no ‘Nekropola’, que foi arranjado e tocado por Lesovik. Nas bandas anteriores, eu era baterista e fazia parte do coletivo, onde todos criamos músicas adicionando algumas das nossas músicas, ensaiando e depois gravando. Musicalmente, também difere das minhas bandas anteriores de muitas maneiras; essa é a música que eu gosto de ouvir, sou eu.

TC 8:A Banda conhece e gosta do Metal Brasileiro?

Insanus:Para ser sincero, desculpe, mas não conheço muito bem a cena metal brasileira. Conheço Sarcofago, Unearthly, Torture Squad e Nervosa, tenho certeza de que há muito mais na minha cabeça, mas no momento é tudo que consigo me lembrar e, é claro, o Sepultura.

TC 9:Falem sobre a Cena Metal da Croácia?

Insanus:á uma cena de metal na Croácia, ela vive no subsolo e apenas algumas das curvas são ouvidas fora das fronteiras da Croácia, a Croácia é um país pobre, um dos piores da União Européia, e um jovem ou uma garota podem dedicam a vida inteira à música, especialmente ao metal e esperam que ele viva dessa música, porque eles morrerão de fome. Eles precisam encontrar um emprego, um emprego que lhes permita ficar longe quando precisam jogar, o que é difícil e muitos jovens talentosos e renunciam no início. Eles lançam uma demo ou duas e desaparecem. Das bandas que conseguiram sobreviver, eu gostaria de destacar Ashes You Leave, Cold Snap, Infernal Tenebra, Kryn, War Head, Usud, Tryglav, Their, Old Night, E.N.D.

TC 10:Qual a ideia da capa do álbum?

Insanus:Queríamos algo diferente, reconhecível, mas ao mesmo tempo, algo que representasse totalmente a música e toda a atmosfera por trás do álbum, e acho que essa capa é exatamente isso. O olho que se esconde da tempestade cósmica.

TC 11:Como a banda chegou na Grimm Distribution?

Insanus:Ao mesmo tempo em que finalizava o álbum, criei minha própria gravadora ‘insArt Records’. Eu tinha um plano para lançar ‘Nekropola’ como um co-lançamento com outra gravadora, o que eu acho que é uma maneira perfeita de lançar o primeiro título como gravadora. Enviei o material para algumas gravadoras com as quais gostaria de colaborar e uma delas respondeu, e era Aleksey, da Satanath Records. Nosso primeiro álbum foi lançado pela Satanath Records, juntamente com outros dois selos, então eu confiava neles. Para resumir a história, nos encontramos na mesma página e fizemos um acordo para lançar o álbum por meio de ‘Grimm Distribution’, que é um sub-rótulo da Satanath Records e da ‘insArt Records’.

TC 12:A Banda acredita que este álbum é conceitual?Sim ou Não e Porque?

Insanus:Não, ‘Nekropola’ não é um álbum conceitual de uma maneira que seguimos alguma história durante todo o álbum, mas musicalmente pode ser de algum tipo. Quando você ouvir o álbum inteiro, sentirá que todas as músicas fazem parte de uma obra que não está completa até que a última música não esteja concluída.

TC 13:Porque a banda tem esse nome?

Insanus:Porque achamos que é o nome perfeito para uma banda de black metal. Quando começamos, eu já tinha música para a maior parte do ‘Neo-Satanista’, nosso primeiro álbum, e quando mostrei a Morbid ele disse: ‘Ei, isso é Cult’. Era o black metal que gostávamos, clássico, tudo o que gostávamos no black metal a partir dos anos 90, apenas adicionamos uma palavra adequada na frente do Cult e obtivemos o Black Cult e a partir desse dia começamos a reunir nossos cultistas.

TC 14:Como está sendo a recepção para o álbum?

Insanus:Este álbum ainda não foi lançado, a data de lançamento está marcada para 27 de março, mas um pequeno número de amigos que tiveram a chance de ouvir o álbum e tivemos apenas boas palavras para ‘Nekropola’.

TC 15:A Banda sentiu diferenças no som e na parte lírica entre Cathedral Of Black Cult e agora em Nekropola?

Insanus:Definitivamente, o som de ‘Nekropola’ não mudou drasticamente, mas como eu já mencionei, é mais maduro junto com a letra, nós nos libertamos e procuramos nos cantos que nunca vimos antes. Pela primeira vez, usamos o idioma croata em algumas de nossas músicas e achamos realmente interessante.

TC 16:Por que Azaghal só toca com a banda nos shows? Não é possível para ele trabalhar no Studio?

Insanus:O motivo é bem simples: desde o primeiro álbum eu sou o responsável pela música e escrevo músicas enquanto estou no estúdio, todos os arranjos para guitarras e gravo todas as guitarras, depois escrevo todas as abas e as compartilho para o guitarristas e só depois disso começamos a ensaiar as músicas. Um processo um pouco invertido do que o normal, mas achei mais eficiente. A propósito, Azaghal é um ótimo guitarrista e músico, é exatamente assim que fazemos o trabalho.

TC 17:Mandem uma mensagem aos fãs,a entrevista acabou

Insanus:Obrigado pela entrevista e interesse no Black Cult.
Confira nosso primeiro single ‘Parasite’ do próximo álbum ‘Nekropola’ e esteja lá no dia 27 de março para ouvir o álbum inteiro.Mantenham a chama viva !!!Felicidades!

Publicado por Lipetempestade

Uma pessoa de personalidade forte mas disciplinadora e exigente

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Guilherme Angra

Escritor e Psicoterapeuta

UNDERGROUND N' PROUD

THE BEST OF THE ROCK AND METAL UNDERGROUND!

THE HEADBANGING MOOSE

PURE F****N' METAL!

Rock Out Stand Out

The go to place for all the latest in rock and metal music!

The Metal Wanderlust

Metal, Metal, and maybe even some more Metal!

The Metal Gamer

Where the world of metal and gaming becomes one

MAGAZINEANV

DIVULGUE PRODUTOS DO

Tempestade Conservadora

Atitude,Esporte e Espiritualidade

BlueNote Blog

CARTAS PRA NINGUÉM

Discover WordPress

A daily selection of the best content published on WordPress, collected for you by humans who love to read.

Faiock Estúdio

Edição de vídeos, jingles, dublagem, conteúdo, animação etc

HeavyMetalToTheWord

Propagando o Rock e o Metal na sua verdadeira essência..!!

Blog da Jor72

Blog de 'Jornalismo Online' da Faculdades Cearenses (FAC) 2020.2

Cinemarcoblog

Cinema, séries e memórias de um cinéfilo.

Metal Viewer

Kleine Bands werden hier groß geschrieben.

%d blogueiros gostam disto: