Entrevista 472 com Clint Williams e Andrew Reid e a Banda Australiana Nemesium


A Tempestade Conservadora chega a sua Entrevista 472 com a Banda Australiana Nemesium.A Banda nos apresenta seu Primeiro Álbum completo intitulado como Continua.Eles fazem um som bem extremo,mas com uma super intensidade.A banda tem essa formação:Clint Williams como Vocalista,Chris McEwin e Andrew Reid como Guitarrista,Marcus Ritli como Baixista e Justin Rhodes como Baterista.Clint e Andrew responderam nossas perguntas,as quais vocês acompanham em todas as suas emoções.Mas,antes disso,vamos a uma música deles.

TC 1:Apresentem a banda para nós?

Clint Williams e Andrew Reid:Nós somos a Nemesium.Somos da Austrália.A banda tem nós que somos Clint Williams como Vocalista,Andrew Reid na Guitarra.Além de nós,temos Chris McEwin na outra guitarra,Marcus Ritli como Baixista e Justin Rhodes como Baterista.

TC 2:Falem sobre o trabalho de composição em Continua?

Andrew:Tudo no Continua é um esforço de grupo, cada membro da banda contribuiu com idéias de composição, riffs, batidas, idéias vocais.Todo mundo deixa sua marca nas músicas. Nós meio que tentamos funcionar como um caldeirão de metal extremo, sabemos o que nos empolga e juntamos tudo e encontramos uma maneira de fazê-lo funcionar. Nossas influências são tão amplas que não podemos realmente aderir a um plano de fórmula ou a um único subgênero, há muitos estilos e subgêneros incríveis para incorporar e muito menos escolher apenas um e cumpri-lo.Muitas músicas do Continua cresceram a partir de um riff ou dois que tocamos na sala e alguém as retirou e fez alguns trabalhos de casa, peças refinadas, peças de guitarra adicionadas, alterações no ritmo, seções adicionadas e etc.Sendo nosso primeiro álbum, tentamos lançar algo que mostre a progressão da banda e traduza efetivamente um meio de gravação. O material do Continua abrange toda a história e evolução do Nemesium. Temos testado algumas das músicas do nosso show ao vivo nos últimos doze meses e temos duas faixas no álbum que remontam à formação da banda.

TC 3:A banda escolheu algum single pra este álbum e o porque desta escolha?

Andrew:Deixamos esses itens para a nossa gravadora Black Lion Records. Em breve, lançaremos um videoclipe de nossa escolha.

TC 4:Vocês aborda temas com ficção científica em sua música. Mas existe um livro, filme ou série que ajuda a inspirar a banda? Se sim, qual e por quê?

Clint:Ficção científica em geral, me interessa muito, principalmente viagens no tempo e dimensões alternativas. Então muitas músicas são baseadas nesses assuntos.Algumas músicas são baseadas no livro “Ready Player One. Também entram em cena filmes e séries de TV. Vanilla Sky ou Star Trek e assim por diante.

TC 5:Você fez uma música em homenagem a um amigo falecido descrevendo sua viagem a um mundo apocalíptico. Mas, de certa forma, o mundo em que vivemos não é apocalíptico?

Andrew:Não é que você tem razão?!{Risos!}Clint:Andrew e eu tínhamos um amigo Xak Boundary que era obcecado pela série Mad Max e sua vida era um pouco parecida com a de Max. Então, decidi basear uma música em torno dele e contar uma história semelhante a Mad Max.

TC 6:Porque a banda tem esse nome?

Andrew:Inicialmente, tínhamos considerado nomear a banda “Nemesis” e analisamos a etemologia. Quando descobrimos o termo Nemesium que é o seu plural,vimos que o nome Nemesis era meio que um acéfalo. Parecia se encaixar perfeitamente com a mentalidade aventureira e externa que permeia os temas do metal extremo e a nossa entrega sonora.

TC 7:O que a Nemesium tem de diferente de suas bandas anteriores?

Andrew:Nós somos mais velhos.{Risos!}A justaposição mais impressionante seria o retorno de Justin ao metal depois de seus anos no trono fazendo o rock. Todos nós tocamos juntos em várias formações ao longo dos anos, mas esta é a primeira vez que acho que todos sentimos que estamos na mesma página de todos da banda.

TC 8:Como surgiu a ideia de fazer um cover da banda Damaged?

Andrew:Damaged teve um enorme impacto em todos nós na época, eles eram uma banda de classe mundial e essencialmente logo na esquina. Eles eram o padrão ouro para a música extrema e era o nosso pescoço e era a nossa maneira de prestar homenagem às nossas raízes.

TC 9:A banda conhece e gosta do Metal Brasileiro?

Andrew:Tivemos a sorte de enfeitar o palco com Krisiun no ano passado, quando eles fizeram uma turnê pela Austrália. Esse foi um crepúsculo definitivo para Nemesium. Eu tinha visto Krisiun no Hellfest em 2011 e fiquei impressionado com o desempenho deles. Deu-me uma dose muito necessária de Death metal de qualidade e eu não estava familiarizado com eles na época. Eu ouvi um pouco de Angra ao longo dos anos e você simplesmente não pode passar do Sepultura e seu legado duradouro. Eu poderia falar honestamente sobre o Sepultura durante toda a entrevista.

TC 10:Falem sobre a Cena Metal da Austrália?

Clint:Muito forte como sempre! A Austrália sempre trouxe qualidade à mesa na cena do metal. Todo ano há uma nova banda surgindo no mercado internacional de nossa terra. E não poderíamos estar mais orgulhosos em manter a tocha acesa!

TC 11:A banda fará shows em 2020?

Andrew:Eu certamente espero que sim! Se nos for permitido,é claro!

TC 12:Como está sendo a recepção para este álbum?

Andrew:Das duas músicas lançadas até agora no Black Lion, recebemos críticas muito positivas. Vamos ver daqui a alguns meses, quando o álbum for lançado se ele permanecerá no mesmo caminho.

TC 13:Qual a ideia da capa do álbum?

Andrew:Várias dimensões, Basicamente.

TC 14:Como a banda chegou na Black Lion Records?

Clint:Conheço Marcos como membro da equipe do Black Lion por basicamente metade da minha vida. Vivendo do outro lado do mundo, sempre tivemos um interesse semelhante na cena sueca. Agora, finalmente, começamos a trabalhar um com o outro! E uma vez que ele mostrou o Oliver que é o dono da Gravadora Black Lion e acho que nós o surpreendemos! {Risos!}{Nota Da TC:Imaginamos que essa surpresa tenha sido positiva,pois o trabalho executado pela banda e pela gravadora são de muita qualidade!}

TC 15:A banda acredita que este álbum é conceitual?Sim ou Não e Porque?

Andrew:Continua é vagamente conceitual, na medida em que se relaciona com nossas lutas pessoais e a relação entre tecnologia e consciência. Definitivamente, existem temas líricos em execução ao longo do álbum, mas eu não necessariamente o classificaria como um álbum conceitual, não tentamos criar nenhum tipo de narrativa que se estenda por todo o álbum.

TC 16:A banda sentiu diferenças nas partes líricas e nas sonoras entre Sentient Cognizance e agora em Continua?

Andrew:No que diz respeito às composições, refinamos o som da banda desde o lançamento do EP. Tentamos preservar a emoção desenfreada que estávamos sentindo quando escrevemos o material sobre Sentient Cognizance, enquanto tentamos trabalhar com uma abordagem mais consistente das músicas. Uma das faixas desse EP acabou no Continua com algumas mudanças sutis, além de outra música que foi escrita na mesma época em que gravamos Sentient Cognizance. Até nos atrevemos a escrever uma música com menos de 200bpm para este álbum.

TC 17:Mandem uma mensagem aos fãs,a entrevista acabou

Clint e Andrew:Felicidades para o pessoal de apoio !!! Confira-nos em qualquer lugar nas interwebs! e nosso álbum será lançado em breve \ m /!

Publicado por Lipetempestade

Uma pessoa de personalidade forte mas disciplinadora e exigente

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Guilherme Angra

Escritor e Psicoterapeuta

UNDERGROUND N' PROUD

THE BEST OF THE ROCK AND METAL UNDERGROUND!

THE HEADBANGING MOOSE

PURE F****N' METAL!

Rock Out Stand Out

The go to place for all the latest in rock and metal music!

The Metal Wanderlust

Metal, Metal, and maybe even some more Metal!

The Metal Gamer

Where the world of metal and gaming becomes one

MAGAZINEANV

DIVULGUE PRODUTOS DO

Tempestade Conservadora

Atitude,Esporte e Espiritualidade

BlueNote Blog

CARTAS PRA NINGUÉM

Discover WordPress

A daily selection of the best content published on WordPress, collected for you by humans who love to read.

Faiock Estúdio

Edição de vídeos, jingles, dublagem, conteúdo, animação etc

HeavyMetalToTheWord

Propagando o Rock e o Metal na sua verdadeira essência..!!

Blog da Jor72

Blog de 'Jornalismo Online' da Faculdades Cearenses (FAC) 2020.2

Cinemarcoblog

Cinema, séries e memórias de um cinéfilo.

Metal Viewer

Kleine Bands werden hier groß geschrieben.

%d blogueiros gostam disto: