Entrevista 489 com Robert Andersson e a Banda Sueca Sweven


A Tempestade Conservadora chega a sua Entrevista 489 com a banda sueca Sweven. A banda toca um Emocional Death Metal e com um estilo muito progressivo.Mas vale a pena você conferir.Mas uma grande diferença que vemos na banda é falta de um baixista.A banda nos apresenta seu Primeiro Álbum intitulado como The Eternal Resonance.A banda tem essa formação:Robert Andersson como Guitarrista e Vocalista,Isak Koskinen como Guitarrista e Jesper Nyrelius como Baterista.Robert respondeu nossas perguntas.Mas,antes de vocês acompanharem nosso papo em todas as suas emoções,vamos a uma música deles.

TC 1:Apresente a banda pra nós?

Robert Andersson-Sweven:Atualmente, somos uma banda de três peças sediada em Estocolmo. Isak na guitarra, Jesper na bateria e eu que me chamo Robert na guitarra e nos vocais.

TC 2:Fale sobre o trabalho de composição em The Eternal Resonance?

Robert:O registro foi escrito principalmente durante os anos de 2015 e 2017. Levou um bom tempo para finalmente chegar lá. O material foi escrito exclusivamente por mim, mas as músicas cresceram muito durante os ensaios.

TC 3:A banda escolheu algum single pra este álbum e o porque desta escolha?

Robert:Era impossível escolher uma faixa que pudesse falar por todo o álbum, mas Mycelia parecia um dos melhores apresentadores.

TC 4:Qual tema lírico do álbum?

Robert:As letras frequentemente falam sobre lugares, eventos e circunstâncias que foram importantes ao escrever a música real. É um pouco como meta. Para mim, todas as músicas têm um significado muito claro, mas são escritas para permitir muitas interpretações. Então,façam disso o que vocês quiserem.

TC 5:As letras sangrentas e os zumbis não representam mais a banda por que motivo?

Robert:Faz muitos anos desde que escrevi sobre essas coisas. Simplesmente havia uma necessidade de explorar outros tópicos. Cantar sobre assuntos mais importantes do coração torna muito mais sincero para mim e acho que isso se mostra na performance.

TC 6:É mais fácil ou mais prático uma banda como Powertrio?

Robert:Conseguimos gravar o álbum apenas nós três. Tomei as funções de baixo e meu irmão ajudou com os instrumentos do teclado. Mas é claro, não é como se você estivesse ouvindo um trio tocando no disco. Se quiséssemos fazer isso ao vivo, precisaríamos de pelo menos cinco ou seis pessoas. Vamos ver como isso vai acontecer no futuro.

TC 7:A banda fará shows em 2020?

Robert:Já era incerto, pois não temos membros para fazê-lo e agora com o vírus corona, parece muito improvável.

TC 8:Porque a banda tem esse nome?

Robert:A banda recebeu o nome do segundo álbum de Morbus Chron no qual eu era o compositor principal. É um álbum que passou a significar muito para mim. Quando chegou a hora de formar essa nova banda e meio que retomar o ponto em que Morbus Chron havia parado, não havia outros nomes sequer considerados.

TC 9:Como está sendo a recepção para este álbum?

Robert:Eu tento não esperar muito, mas tem sido bom, muito bom.

TC 10:O que vocês querem dizer com Death Metal Emocional?

Robert:Não sei de onde você tirou isso. Eu nunca usei esse termo. Então, não faço ideia.

TC 11:Como a banda chegou na VAN Records?

Robert:Eu entrei em contato com Philipp Schulte, da Century Media, depois que Morbus Chron se dissolveu, mencionando que eu tinha planos de continuar de alguma forma. Ele me apresentou ao Sven da Ván Records. Parecia um bom negócio!

TC 12:Falem sobre a Cena Metal da Suécia?

Robert:Eu realmente não sigo o que está acontecendo atualmente, mas sempre há uma forte presença de bandas de metal aqui. Eu ouço principalmente os clássicos, mas confiram Temisto e sua estréia auto-intitulada a partir de 2016, se você quiser ouvir algo realmente bom.

TC 13:A banda acredita que este álbum é conceitual?Sim ou Não e Porque?

Robert:Não há um tema abrangente no álbum como uma história contínua de música para música. Mas claro, há um fio comum em toda a coisa. Eu diria que é mais um sentimento geral. É essa combinação de tristeza e esperança que acho difícil de definir. Mas essa mistura emocional está presente em todos os cantos do álbum.

TC 14:Qual a ideia da capa do álbum?

Robert:A ideia era criar uma representação metafórica de como se sente em um estado de fluxo. Quando você está completamente focado em alguma tarefa criativa e perde a noção do tempo e do espaço. Eu relaciono isso com a criação da música e a se perder nas paisagens sonoras. Quase como se você estivesse ressonando com algo maior por um tempo.

TC 15:O que a Sweven tem de diferente de suas bandas anteriores?

Robert:Nunca me senti especialmente limitado musicalmente, mas com Sweven estou realmente livre para levar as coisas para onde quiser. A razão pela qual o Morbus Chron se separou foi por causa de um desentendimento sobre onde a banda iria seguir. Não há nada disso neste projeto. Pelo menos, não agora.{Risos!}

TC 16:O site alemão Zephyr´s Odem diz que vocês tem paralelos musicais com o Pink Floyd. Vocês concordam com essa opinião? Sim ou não e por quê?

Robert:Pink Floyd é uma das minhas bandas favoritas. Eu nunca tentei conscientemente soar como eles, mas não fico surpreso se eles aparecerem na música que eu faço. No final do dia, somos todos um produto do que ouvimos.

TC 17:Mandem uma mensagem aos fãs,a entrevista acabou

Robert:Ouçam o álbum! Obrigado pela entrevista.

Publicado por Lipetempestade

Uma pessoa de personalidade forte mas disciplinadora e exigente

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Guilherme Angra

Escritor e Psicoterapeuta

UNDERGROUND N' PROUD

THE BEST OF THE ROCK AND METAL UNDERGROUND!

THE HEADBANGING MOOSE

PURE F****N' METAL!

Rock Out Stand Out

The go to place for all the latest in rock and metal music!

The Metal Wanderlust

Metal, Metal, and maybe even some more Metal!

The Metal Gamer

Where the world of metal and gaming becomes one

MAGAZINEANV

DIVULGUE PRODUTOS DO

Tempestade Conservadora

Atitude,Esporte e Espiritualidade

BlueNote Blog

CARTAS PRA NINGUÉM

Discover

A daily selection of the best content published on WordPress, collected for you by humans who love to read.

Faiock Estúdio

Edição de vídeos, jingles, dublagem, conteúdo, animação etc

HeavyMetalToTheWord

Propagando o Rock e o Metal na sua verdadeira essência..!!

Blog da Jor72

Blog de 'Jornalismo Online' da Faculdades Cearenses (FAC) 2020.2

Cinemarcoblog

Cinema, séries e memórias de um cinéfilo.

Metal Viewer

Kleine Bands werden hier groß geschrieben.

%d blogueiros gostam disto: