Entrevista 490 com Eirik Goksoyr e a Banda Norueguesa Bismarck


A Tempestade Conservadora chega a sua Entrevista 490 com a banda Norueguesa Bismarck.A Banda faz um Stoner Metal psicodélico muito interessante.A sensação que você tem ao ouvir é que a banda mexe com o esoterismo da época do velho oeste além de várias alterações no estágio de consciência do ser humano.Paralelo a isso,temos o apocalipse místico.Algo muito incomum neste estilo.Por isso mesmo,vale a pena vocês darem uma chance a esses noruegueses.Eles nos apresentam seu segundo álbum intitulado como Oneiromancer.A banda tem essa formação:Torstein Norstegard como Vocalista,Trygve Svarstad e Eirik Goksoyr como Guitarristas,Andres Vaage como Baixista e Tore Lyngstad como Baterista.Eirik respondeu nossas perguntas.As quais,você vai acompanhar em todas as suas emoções.Mas,antes disso,vamos a uma música deles.

TC 1:Apresente a banda para nós?

Eirik Goksoyr:Nós somos Bismarck de Bergen na Noruega. Tocamos música muito pesada.

TC 2:Fale sobre o trabalho de composição em Oneiromancer?

Eirik:Começou um tempo atrás, na verdade, porque tínhamos muito material novo quando “Urkraft” foi lançado, quase o suficiente para um novo álbum. “The Seer” foi a primeira música nova que fizemos e meio que deu o tom para o resto do álbum. Passamos cerca de seis meses gravando no Reino Unido com Chris Fielding e voltando para casa em Bergen com Leif Herland, ambos nos ajudando a juntar nossas coisas. Muito disso aconteceu no processo e algumas faixas parecem radicalmente diferentes de quando começamos, para melhor, sem dúvida. Foi uma boa experiência.

TC 3:Como surgiu a influência árabe na banda?

Eirik:Já tocamos música do Oriente Médio há algum tempo especialmente Anders que é o nosso baixista e que toca vários instrumentos do Oriente Médio como Saz e Zurna. Nesse álbum, até nos juntamos a um cantor do sul do Irã que contribuiu com um estilo de canto exclusivo para a região de onde ele é. Foi uma coisa legal de se fazer!

TC 4:Porque The Seer foi escolhido como single deste álbum?

Eirik:Era a única faixa que poderia funcionar como single, então a escolha era simples.

TC 5:Qual tema lírico do álbum?

Eirik:É sobre sonhos e adivinhações baseados neles. Ele se baseia muito na mitologia antiga e em particular na mitologia persa.

TC 6:Porque a banda tem esse nome?

Eirik:Eu acho que foram os guitarristas que criaram o nome há algum tempo. Sempre tivemos um interesse na história da Europa e um fascínio particular pela estética do século XIX, por isso se origina disso. O nome foi tirado do chanceler alemão Otto von Bismarck, mas na verdade não significa nada e não é de forma alguma um tributo a ele como pessoa ou o que ele fez, apenas gostamos do som. Algumas pessoas pensam que é político, mas não é.{Nota da TC:Em nenhum momento,nós pensamos que fosse algum tributo ao chanceler alemão.Mas a banda fez bem em deixar claro que não se baseou em homenagear tal figura}

TC 7:O que a Bismarck tem de diferente de suas bandas anteriores?

Eirik:Todos nós temos experiência em metal, black metal, metal progressivo e etc. Anders que é o nosso baixista também tem formação em folk e country alternativo. Todos esses empreendimentos do passado estão presentes na música de Bismarck, até certo ponto. Mas é mais lento e pesado do que qualquer coisa que fizemos antes.

TC 8:Como a banda pratica uma vibe apocalíptica neste trabalho?

Eirik:Bem, é difícil tocar doom sem uma vibe apocalíptica, não é? Não, na verdade, é mais do que apenas uma receita lírica para nós e alguns de nós até têm diplomas em estudos religiosos. Há um forte interesse fundamental que se encaixa naturalmente na música e nas letras que criamos.

TC 9:A banda fará shows em 2020?

Eirik:Parece que ninguém está fazendo nenhum show em 2020. Estes são tempos terríveis. No entanto, estamos conversando com vários promotores sobre a transmissão ao vivo, será interessante ver como isso funcionará. Espero que continuemos na estrada no próximo ano!

TC 10:Falem sobre a Cena Metal da Polônia?

Eirik:A maioria dos membros é fã devota de Mgla, e há muitas outras coisas interessantes acontecendo na Polônia também. Gostaríamos muito de tocar lá algum dia!

TC 11:A banda conhece e gosta do Metal Brasileiro?

Eirik:O Sepultura tem sido e ainda é uma grande influência para nós e Sarcófago é incrível! Além disso, provavelmente há muitas coisas legais no Underground que não conhecemos.

TC 12:Qual a ideia da capa do álbum?

Eirik:Nós tínhamos as músicas e as letras e precisávamos encontrar uma maneira de unir toda essa coisa persa com o nome da nossa banda européia, as letras germânicas em nosso logotipo e o que estabelecemos em “Urkraft”. Perguntamos aos caras muito talentosos do Vaderetro se eles queriam tentar e é isso que eles criaram. O resultado parece algo de um trabalho do século XIX sobre orientalismo. É foda demais!

TC 13:Como a banda chegou na Apollon Records?

Eirik:Eles nos procuraram depois que lançamos nosso álbum de estréia. Eles relançaram aquele trabalho e algo que nos ajudou muito,foi que queriam fazer o segundo álbum também. Eles são uma ótima gravadora, formada por pessoas que conhecemos muito bem e a cooperação tem sido ótima.

TC 14:A banda acredita que este álbum é conceitual?Sim ou Não e Porque?

Eirik:Eu não diria conceitual mas há mais um fio vermelho ao longo do álbum. Não há uma narrativa coerente nem nada e as músicas são independentes uma da outra.

TC 15:A banda tem pesadelos com suas músicas?

Eirik:Depois de quase um ano em construção, sim! Muito irônico para um álbum sobre sonhos, não é? Mas, na verdade, é sempre assim: você precisa esperar um pouco para poder apreciar as músicas novamente.

TC 16:A banda sentiu diferenças no som e na parte lírica entre Urkraft e agora em Oneiromancer?

Eirik:”Urkraft” se baseou mais no esoterismo ocidental liricamente e no stoner clássico musicalmente com a notável exceção de “The Usher” que é a última faixa do álbum e que é de natureza mais oriental. O “Oneiromancer” começa de onde paramos o “Urkraft” e tem um som mais pesado, mais escorregadio e mais sombrio que desenvolvemos ao longo do tempo, com uma influência mais forte da música não ocidental. As letras se adaptam a isso e meio que voltam no tempo, elas são mais primordiais de certa forma. É um pouco diferente do primeiro álbum, mas construído sobre a mesma base.

TC 17:Mandem uma mensagem aos fãs,a entrevista acabou

Eirik:Obrigado por ouvir a nossa música e pelo apoio! Verifique nossa página do Bandcamp em bismarck.bandcamp.com e obtenha uma cópia do vinil de edição limitada antes de acabarmos e siga-nos no Facebook e no Instagram, se você quiser saber o que está acontecendo. Temos muita coisa vindo por aí!

Publicado por Lipetempestade

Uma pessoa de personalidade forte mas disciplinadora e exigente

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Guilherme Angra

Escritor e Psicanalista

UNDERGROUND N' PROUD

THE BEST OF THE ROCK AND METAL UNDERGROUND!

THE HEADBANGING MOOSE

PURE F****N' METAL!

Rock Out Stand Out

The go to place for all the latest in rock and metal music!

The Metal Wanderlust

Metal, Metal, and maybe even some more Metal!

The Metal Gamer

Where the world of metal and gaming becomes one

Seja Bem Vindo

Meu Canal de Vendas

Tempestade Conservadora

Atitude,Esporte e Espiritualidade

Coeficiente

Textos Acadêmicos, Resenha de Livros e Discos

Discover

A daily selection of the best content published on WordPress, collected for you by humans who love to read.

Faiock Estúdio

Edição de vídeos, jingles, dublagem, conteúdo, animação etc

ESTERILTIPO

Resenha de discos de Rock & Metal

HeavyMetalToTheWord

Propagando o Rock e o Metal na sua verdadeira essência..!!

Blog da Jor72

Blog de 'Jornalismo Online' da Faculdades Cearenses (FAC) 2020.2

Cinemarcoblog

Cinema, séries e memórias de um cinéfilo.

%d blogueiros gostam disto: