Entrevista 499 com Hubert Wiecek e a Banda Polonesa Banisher


A Tempestade Conservadora chega a sua Entrevista 499 com a Banda Polonesa Banisher.A banda executa uma mistura técnica e experimental de um Death Metal bem executado e como a maioria das bandas deste país,eles estão juntos há quinze anos.Eles nos apresentam seu quarto álbum intitulado como Degrees Of Isolation. A banda tem essa formação:Szczepan Inglot como Vocalista,Hubert Wiecek como Guitarrista,Piotr Kolakowski como Baixista e Eugene Ryabchenko como Baterista.Hubert respondeu todas as nossas perguntas.Antes de acompanhar essas perguntas em todas as suas emoções.Mas,antes disso,vamos a uma música de nossos entrevistados.

TC 1:Apresentem a banda para nós?

Hubert Wiecek:Olá! O Banisher foi formado em 2005 em Rzeszów, na Polônia, por mim e meu amigo do ensino médio. Até o momento, lançamos quatro álbuns completos, duas demos, algumas poucas compilações e um EP. O recente álbum “Degrees of Isolation” foi gravado por: Eu que me chamo Hubert Więcek nas guitarras , Szczepan Inglot nos vocais, Eugene Ryabchenko na bateria e Piotr Kołakowski no baixo.Essa formação existe a partir de 2017 e parece estar indo muito bem.

TC 2:Fale sobre o trabalho de composição em Degrees Of Isolation?

Hubert:Eu sou responsável por toda a música. Eu coleciono riffs, escrevo músicas e gravo demos. Então, o resto da banda está aprendendo as músicas, estamos melhorando os arranjos e depois entramos no estúdio. Quando preparamos as partes instrumentais, estamos trabalhando nas linhas vocais e nas letras. Quando estiver tudo pronto, estamos gravando os vocais. A última coisa são solos e peças adicionais.

TC 3:A banda escolheu algum single pra este álbum e o porque desta escolha?

Hubert:O primeiro single de “Degrees of Isolation” foi a música “Echoes”. É a música mais cativante do álbum e tem letras realmente tocantes sobre a apreciação da vida, pós-trauma, seguir em frente e esquecer o passado. O primeiro videoclipe foi “Devil in ISO 5” que provavelmente é o melhor filme do álbum e o segundo foi “Extradition”. Também estamos trabalhando em mais vídeos.

TC 4:Qual tema lírico deste álbum?

Hubert:As letras são baseadas em fatos reais, o que aconteceu comigo nos EUA em 2017. Toda música fala sobre os sentimentos e emoções experimentados durante o encarceramento, a custódia e depois de ser absolvido.

TC 5:Que tipo de conspiração a banda falou neste álbum?

Hubert:Eu acho que isso está se referindo ao álbum “Scarcity”. O conceito de álbum desse disco foi altamente inspirado em filmes como “Zeitgeist”.

TC 6:O que a banda quer dizer com Death Metal Experimental?

Hubert:Isso também se refere à era Scarcity.Tivemos coisas neste álbum que consideramos experimentais como as partes vocais.

TC 7:O que a Banisher tem de diferente de suas bandas anteriores?

Hubert:Banisher é na verdade minha primeira banda. Se você quer dizer diferente de outras bandas que eu toco. Bem, isso não deve ser julgado por mim. Eu gosto de todas as bandas que toco, todas elas são bandas de metal, todas diferentes, provavelmente por causa dos compositores serem diferentes.

TC 8:Porque a banda tem esse nome?

Hubert:Tanto quanto me lembro, o nome foi tirado de uma criatura do jogo de cartas “Magic the Gathering” chamada “Dromar, o Banidor”.

TC 9:Qual a ideia da capa do álbum?

Hubert:Queríamos criar uma imagem que capte os sentimentos e pensamentos de um personagem enquanto está encarcerado. Łukasz Jaszak que é o autor da arte da capa, foi apresentado a todo o conceito do álbum, recebeu orientações, letras, músicas e nossa visão inicial da arte da capa e criou tudo como ele a visualizava. Estamos insanamente felizes com o trabalho dele, esta é uma obra-prima e todos, que verão o livreto e todas as coisas incluídas, saberão do que estou falando. O Lukasz também fez dois videoclipes para nós e a sessão de fotos da banda. Ele é um cara muito talentoso.

TC 10:A banda já teve pesadelos com suas músicas?

Hubert:Esse é o conceito de Oniric Delusions.O álbum era sobre sonhos, que parecem reais e que você não pode reconhecer o que é real e o que não é. Às vezes, tenho esses sonhos, então lancei com o conceito desse álbum.

TC 11:Fale sobre a cena metal da Polônia?

Hubert:Eu amo a cena polonesa. Temos tantas bandas ótimas e muitas bandas novas e essas novas que estão sendo reconhecidas em todo o mundo. Mas ainda assim, minhas bandas favoritas da Polônia são Vader e Acid Drinkers.

TC 12:Como a banda chegou na Selfmadegod Records?

Hubert:Estávamos procurando por uma gravadora que gostaria de lançar o novo álbum e o enviamos ao Selfmadegod. Eles estavam interessados e concordamos em divulgá-lo lá.

TC 13:O que a banda quer dizer com ISO-5?

Hubert:ISO 5 era o nome da célula solitária em uma das prisões. A história toda é contada na música “Devil in ISO 5”. “Devil in ISO 5” é uma música sobre um detento com deficiência mental que manifestava seu desagrado por ser mantido em custódia por seu comportamento insano na prisão. Mesmo apesar de ser mantido na solitária, seus gritos ultrajantes estavam deixando todos os outros presos loucos. Ele estava gritando, ameaçando guardas e policiais, destruindo sua cela, jogando comida e fezes por toda parte, discutindo com outros presos por vinte horas seguidas até desmaiar. Depois de recuperar a consciência, toda a história se repetiu.

TC 14:A banda acredita que este álbum é conceitual?Sim ou Não e Porque?

Hubert:Sim, porque Degrees of Isolation é tudo o que aconteceu comigo em 2017 nos EUA.

TC 15:Como está sendo a recepção para o álbum?

Hubert:Até agora, está além de ótimo. Vendemos mais cópias deste álbum em quize meses do que o álbum anterior no geral. Também as críticas são realmente boas e recebo uma quantidade enorme de feedback positivo todos os dias. Isso é realmente ótimo e gratificante.

TC 16:A banda sentiu diferenças no som e na parte lírica entre Oniric Delusions e agora em Degrees Of Isolation?

Hubert:Eu realmente gosto dos dois álbuns. Eles são diferentes, mas os dois representam a banda como somos hoje. Obviamente as letras são diferentes, o som melhorou no novo álbum. Também acho que a principal diferença entre eles musicalmente é que os “Oniric Delusions” eram mais agressivos, brutais e na sua cara e “Degrees Of Isolation” é mais diversificado, mais emocional e melódico.

TC 17:Mandem uma mensagem aos fãs,a entrevista acabou!

Hubert:Muito obrigado pela entrevista, espero que vocês curtam o novo álbum! E um dia, talvez possamos ir para o Brasil! Obrigado e felicidades a todos vocês!

Publicado por Lipetempestade

Uma pessoa de personalidade forte mas disciplinadora e exigente

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Guilherme Angra

Escritor e Psicanalista

UNDERGROUND N' PROUD

THE BEST OF THE ROCK AND METAL UNDERGROUND!

THE HEADBANGING MOOSE

PURE F****N' METAL!

Rock Out Stand Out

The go to place for all the latest in rock and metal music!

The Metal Wanderlust

Metal, Metal, and maybe even some more Metal!

The Metal Gamer

Where the world of metal and gaming becomes one

Seja Bem Vindo

Meu Canal de Vendas

Tempestade Conservadora

Atitude,Esporte e Espiritualidade

Coeficiente

Textos Acadêmicos, Resenha de Livros e Discos

Discover

A daily selection of the best content published on WordPress, collected for you by humans who love to read.

Faiock Estúdio

Edição de vídeos, jingles, dublagem, conteúdo, animação etc

ESTERILTIPO

Resenha de discos de Rock & Metal

HeavyMetalToTheWord

Propagando o Rock e o Metal na sua verdadeira essência..!!

Blog da Jor72

Blog de 'Jornalismo Online' da Faculdades Cearenses (FAC) 2020.2

Cinemarcoblog

Cinema, séries e memórias de um cinéfilo.

%d blogueiros gostam disto: