Entrevista 509 com a Banda Suíça Mnemocide


A Tempestade Conservadora chega a sua Entrevista 509 com a banda suíça de Death Metal Mnemocide.A banda nos apresenta seu Primeiro Álbum completo intitulado como Feeding The Vultures.A banda tem essa formação:Matthias como Vocalista,Chris e Richy como Guitarristas,Denge como Baixista e Laurent como Baterista.A banda como um todo respondeu as nossas perguntas.As quais serão respondidas em todas as suas emoções.Mas,antes disso,vamos a uma música deles.

TC 1:Apresentem a banda para nós?

Mnemocide:A Mnemocide é Chris e Richy nas guitarras, Denge no baixo, Laurent na bateria e Matthias na Voz e, por último mas não menos importante, o homem por trás da cortina que se chama Daroc.Ele cria os conceitos visuais, vídeos, obras de arte e é criador das paisagens sonoras entre as músicas. O Mnemocide foi fundado em 2017. Mas os membros da banda se conhecem de um projeto anterior desde há muitos anos. Então, nós somos uma unidade muito forte do ponto de vista pessoal e musical. O nome Mnemocide significa matar ou apagar a memória.

TC 2:Fale sobre o trabalho de composição em Feeding The Vultures?

Mnemocide:O processo é semelhante para todas as músicas. Nesta base, existem alguns riffs de guitarra que são apresentados ao resto da banda. Esses riffs precisam se encaixar perfeitamente, caso contrário, são expulsos. A partir daí, toda a banda contribui com idéias até que todo mundo esteja feliz com o resultado. Não perdemos muito tempo em uma música, se ela não funcionar desde o início. Queremos que nossa música seja muito direta.

TC 3:A banda escolheu algum single pra este álbum e o porque desta escolha?

Mnemocide:Nós escolhemos “crash and burn” e “in Pain” como versões únicas. Ambas as faixas representam o estilo do álbum perfeitamente. Ambos estão batendo e os metaleiros diretamente. Como um single, você precisa de faixas que os ouvintes se apaixonam à primeira vista, em vez dos chamados produtores que precisam de vários passes para revelar seu potencial.

TC 4:Qual tema lírico do álbum?

Mnemocide:O tópico principal do álbum descreve como a semente do ódio se transforma em guerra e destruição. Está escrito de um ponto de vista mais geral do que pessoal. É como um ciclo que se liga e desliga. Da segregação e do nacionalismo cego à raiva ultrajada e puro ódio. Este é o conceito por trás da letra e do álbum inteiro. Atualmente, há muitos líderes mundiais como no passado que sabem exatamente como puxar esses gatilhos e as massas ainda estão dispostas a segui e novamente,muito sangue será derramado.

TC 5:É correto dizer que você tiveram influências no livro 1984?

Mnemocide:Não, não há influências diretas do romance de 1984. É claro que existem semelhanças com relação à questão dos regimes totalitários, mas nos concentramos mais no ódio e nas guerras que isso acarreta, em vez de nos concentrarmos no próprio regime. De fato, eu li o livro 1984 após a gravação de Feeding The Vultures.Porque eu estou muito interessado em tais temas.

TC 6:Fale sobre a cena metal da Suíça?

Mnemocide:Temos várias bandas famosas de metal na Suíça, como Triptykon, Samael; Eluveitie; Poltergeist e o lendário Celtic Frost também eram da Suíça.Quando se trata de Death Metal,existem apenas para citar alguns como Requiem, Disparaged e Omofhagia. No gênero rock, hard e heavy, vocês encontram Gotthard e Krokus que se separou em 2019. A comunidade Metal na Suíça é muito viva, existem muitas bandas, promotores e muitos metaleiros por aí.

TC 7:O que a Mnemocide tem de diferente de suas bandas anteriores?

Mnemocide:O Mnemocide é muito mais focado que a banda anterior. O Mnemocide não compromete a música, a imagem, a mensagem e a aparência visual da banda. O Mnemocida tem uma identidade clara. Para que os fãs saibam exatamente o que esperar de nós.

TC 8:A banda conhece e gosta do Metal Brasileiro?

Mnemocide:É claro que conhecemos e gostamos do Sepultura e de todas as bandas que envolvem os irmãos Cavalera como o Soulfy e a Cavalera Conspiracy. Outra ótima banda do seu país é o Krisiun. Tivemos a honra de tocar com eles uma vez na nossa banda anterior, caras muito legais e muito bons músicos. Quais são as suas recomendações?!

TC 9:A banda tem pesadelos com suas músicas?

Mnemocide:Não, não diretamente, mas o que realmente nos assusta é a infinidade de estupidez da humanidade.

TC 10:O que a banda quer dizer com atmosfera angustiante?

Mnemocide:Nosso objetivo é criar uma atmosfera que seja ao mesmo tempo enérgica, escura e muito intensa. O ouvinte deve parecer se sentir arrastado para um turbilhão feito de rosnados, paredes de violão e bateria batendo. Sem possibilidade de fuga, sem prisioneiros.

TC 11:Qual a ideia por trás da capa do álbum?

Mnemocide:A ideia por trás da obra de arte. Bem, existem diferentes aspectos que se uniram. Primeiro, nós definitivamente queríamos ter um livreto em um digipack legal. E então, é claro, tinha que combinar com a atmosfera sombria das músicas! Depois de termos encontrado o conceito em nossas músicas, imediatamente obtivemos o título deste álbum. Assim, o design final acabou sendo fácil. É uma espécie de mistura entre um crânio humano e um abutre. Por um lado, o ser humano alimenta os abutres com todos os mortos provenientes de todos esses conflitos. Por outro lado, os déspotas que levam a humanidade a esses desastres novamente podem, sem dúvida, ser chamados de abutres humanos.

TC 12:A banda acredita que este álbum é conceitual?Sim ou Não e Porque?

Mnemocide:Como mencionado anteriormente na entrevista. É um álbum conceitual. Ele conta continuamente uma história.

TC 13:Como está sendo a recepção para este álbum?

Mnemocide:Estamos muito satisfeitos com a reação que ele pressionou até agora. A maioria das críticas é muito boa e entusiasmada. Existe apenas um número muito pequeno de não tão bons. Mas você não pode convencer todos. Os gostos são diferentes.

TC 14:Como a banda chegou na Czar Of Crickets Producions?

Mnemocide:Conhecemos Fredy que é o dono da gravadora há muitos anos através de sua própria banda que se chama Zatokrev. Então, nós assistimos a sua gravadora evoluindo e ficou óbvio que ele faz um ótimo trabalho para as suas bandas. Fredy ama o que está fazendo e é um ótimo músico apaixonado. Então, você pode imaginar como estávamos orgulhosos quando ele nos contratou. Ele não é alguém que pode ser facilmente convencido.

TC 15:A banda sentiu diferenças no som e na parte lírica entre Debris e agora em Feeding The Vultures?

Mnemocide:Eu acho que o som é praticamente o mesmo, no sentido de que Debris podem ser vistos como um primeiro vislumbre do que viria no futuro. Quando estávamos gravando o Debris, já tínhamos algumas coisas que terminaram no álbum atual. Para o nosso primeiro EP, apenas pegamos essas músicas, naquelas em que a banda se sentiria mais confortável na época. No entanto, em Feeding the Vultures, começamos a implementar todas as amostras e interlúdios muito mais do que no EP. Daroc que é o responsável por essas paisagens sonoras, é um membro pleno e oficial do Mnemocde. Ele já estava contribuindo muito em termos de visualização, que ao pedir para ele se juntar à banda depois que ele começou a ser ativo em termos de som, foi um passo natural na evolução da banda. As letras de “Debris” são sobre os mesmos tópicos, mas todas as músicas são próprias.Em Feeding The Vultures,eles são conectados entre si e há uma história em andamento.

TC 16:Como a banda cria essa atmosfera sombria no álbum?

Mnemocide:Foi um processo. Sabíamos o que queríamos, mas precisávamos de algum tempo para chegar lá. Nossas primeiras músicas foram como embriões da Mnemocide. Um dia no ensaio, soubemos de repente. É isso! Esse é o tipo de ambiente que queremos estar em nossas músicas! A partir de então foi fácil, a vibração continuou lá.

TC 17:Mandem uma mensagem aos fãs,a Entrevista acabou!

Mnemocide:Fique ligado em Feeding The Vultures e confiram nossas páginas sobre as atividades da banda como o nosso facebook que é Facebook.com/menmocide ou nosso site que é mnemocide.com. para qualquer solicitação, não hesite em nos contactar-nos em info@mnemocide.com Mantenha-se saudável e confiante e confira nossa música. Se você gosta de Death metal, vai adorar o Mnemocide!

Publicado por Lipetempestade

Uma pessoa de personalidade forte mas disciplinadora e exigente

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Guilherme Angra

Escritor e Psicoterapeuta

UNDERGROUND N' PROUD

THE BEST OF THE ROCK AND METAL UNDERGROUND!

THE HEADBANGING MOOSE

PURE F****N' METAL!

Rock Out Stand Out

The go to place for all the latest in rock and metal music!

The Metal Wanderlust

Metal, Metal, and maybe even some more Metal!

The Metal Gamer

Where the world of metal and gaming becomes one

MAGAZINEANV

DIVULGUE PRODUTOS DO

Tempestade Conservadora

Atitude,Esporte e Espiritualidade

BlueNote Blog

CARTAS PRA NINGUÉM

Discover

A daily selection of the best content published on WordPress, collected for you by humans who love to read.

Faiock Estúdio

Edição de vídeos, jingles, dublagem, conteúdo, animação etc

HeavyMetalToTheWord

Propagando o Rock e o Metal na sua verdadeira essência..!!

Blog da Jor72

Blog de 'Jornalismo Online' da Faculdades Cearenses (FAC) 2020.2

Cinemarcoblog

Cinema, séries e memórias de um cinéfilo.

Metal Viewer

Kleine Bands werden hier groß geschrieben.

%d blogueiros gostam disto: