Entrevista 522 com a Banda Francesa Prismeria


A Tempestade Conservadora chega a sua Entrevista 522 com a banda francesa Prismeria.A banda pratica uma variedade tão grande de estilos de metal que é muito difícil definir-los em algum estilo.O que podemos definir sem erro é que a banda nos mostra seu primeiro álbum intitulado como Requiem. A banda tem essa formação:Cyril Weinbrenner como Vocalista,Benjamin Lamy e Leny Garcia como Guitarristas,Alexandre Gros como Baixista e Nicola Voydeville como Baterista.Toda a banda respondeu as nossas perguntas.As quais,vocês vão acompanhar em todas as suas emoções.Mas,antes disso,vamos a uma música deles.

TC 1:Apresentem a banda pra nós?

Prismeria:Somos a Prismeria, um grupo de Lyon formado em 2017 e composto por cinco membros que são Cyril, Ben, Alex, Leny e Nico. Não temos um estilo musical predefinido. Inspiramo-nos nas músicas Thrash, Death e Core. Todos somos influenciados pelo metal antigo e moderno. Somos filhos de cinquenta anos do metal e fazemos nossa própria comida com isso.

TC 2:Falem sobre o trabalho de composição em Requiem?

Prismeria:Nós apenas olhamos em volta, o mundo em que vivemos hoje e nos levou o que mais nos afeta de maneira positiva ou negativa. Neste álbum, o lado terreno, primitivo e subterrâneo da condição humana com algumas composições como Native Spirit, Irkalla ou The Groovy Snake. Em outras canções, a loucura e o condicionamento da mente humana no mundo moderno como nas músicas Deep In Demetia ou North Korea, por exemplo.

TC 3:A banda escolheu algum single pra este álbum e o porque desta escolha?

Prismeria:Escolhemos a música Native Spirit como um clipe que causa o nosso sentimento pela música e a boa recepção dela durante os últimos shows anteriores à situação do Covid.

TC 4:Qual tema lírico do álbum?

Prismeria:Cada música tem um tema próprio e não damos a nossa opinião durante uma música. Apenas contamos histórias ou apresentamos uma declaração de fatos. Às vezes de forma brutal, mas sempre com o objetivo de fazer as pessoas pensarem sobre isso livremente, tanto quanto possível e uma declaração de fatos nunca é objetiva.Pois pensamos em si mesmos em primeiro lugar.

TC 5:Porque duas musicas instrumentais?

Prismeria:Embelezamos nosso álbum com músicas instrumentais porque simplesmente gostamos desse tipo de faixa como ouvintes. Hoje em dia, não encontramos muitas delas, então decidimos escrever algumas.

TC 6:A banda fará shows em 2020?

Prismeria:Devido à situação do Covid, tudo está cancelado no momento.

TC 7:Porque a banda tem esse nome?

Prismeria:Prismeria é um nome com a palavra prisma na raiz do nome. O prisma é um objeto que separa a luz em todos os seus componentes. Simbolizamos a luz como a banda feita das diferentes influências dos componentes e também simbolizamos a luz como uma música feita de diferentes tipos de música metal dos componentes. O prisma é o elo entre si e a gênese de nossa música.

TC 8:Falem sobre a cena metal na França?

Prismeria:A cena do metal francês é muito ativa e qualitativa. Você pode encontrar muitas festas por lá como a Hellfest, Xtrem Fest, Sylak, Lion Fest e muitas salas de concertos e muitas bandas boas: realmente conhecidas como a Gojira, Dagoba, Landmyrks, Benighted, Kadinja e menos conhecidas como por exemplo, na cidade de Lyon : Dukkah, Kamizol K, Buy Jupiter, Alkymia, Burn Your Karma, Warband, Strivers. No entanto, a mídia não mostra tanto que há uma cena de metal na França. Esperamos que grandes eventos como a Hellfest mudem a comunicação.

TC 9:A banda conhece e gosta do metal brasileiro?

Prismeria:Sim, com certeza. Acho que todos podemos concordar que todos conhecemos e amamos o Sepultura com os irmãos Cavalera. O período do Sepultura de 1987-1996 é um clássico que pensamos. Mas também conhecemos bandas mais antigas como Angra, Krisiun, Viper e bandas mais jovens como Violator e Nervosa, para as quais tivemos a oportunidade de tocar em um Metal Show no Lyon’s Rock’n, em julho de 2019.

TC 10:A banda tem pesadelos com suas músicas?

Prismeria:{Risos!}não, a banda só tem bons sonhos quando pensamos em compor. É a nossa paixão por todos e mesmo assim, é muito trabalho, muita diversão e prazer polvilho e com álcool.

TC 11:Qual a ideia da capa do álbum?

Prismeria:A ideia básica foi representada em nosso primeiro EP e era uma divindade com fetos no cabelo. Nós éramos os cinco fetos alimentados por ela. Em cada álbum, a apresentação da divindade que evolui com ou sem a gente.

TC 12:Como a banda mistura o Trash,Death e Core no álbum?

Prismeria:Naturalmente. Nós não pensamos sobre isso. Cada membro do Prismeria está cheio de influências diferentes e alimentará a música com sua diversidade.

TC 13:A banda acredita que este álbum é conceitual?Sim ou Não e Porque?

Prismeria:Apenas leia a definição de Requiem, ouça o álbum, veja o mundo e sua situação, saiba e pense. Não sabemos se é conceitual, mas fizemos assim.

TC 14:O que a Prismeria tem de diferente de suas bandas anteriores?

Prismeria:Prismeria é a nossa primeira banda para todos nós. Então, não podemos comparar.

TC 15:Como foi a experiência em fazer um show com a banda Nervecell?

Prismeria:Compartilhar a cena com a Nervecell foi um momento louco. Essa banda é ótima, eles mandam uma merda pesada na sua cara com um grande musical e são grandes humanos. Eles compartilharam suas experiências com os jovens” que somos, nos deram conselhos e por isso, agradecemos muito a eles.

TC 16:A banda sentiu diferenças no som e na parte lírica entre Lost Individual Thoughts e agora em Requiem?

Prismeria:Nós ganhamos experiência e maturidade musical entre o EP e o álbum. Estávamos mais claros em nossa mente sobre o universo que queríamos criar. O EP nos permitiu construir as bases da Prismeria. O álbum faz com que essas bases fiquem maiores.

TC 17:Mandem uma mensagem aos fãs,A Entrevista acabou!

Prismeria:Agradecemos a todos os fãs que nos seguem às bandas francesas de metal da cidade de Lyon, ao rock ‘eat e a todas as pessoas que trabalharam na criação e no lançamento deste álbum. Incentivamos todos a tocar, criar e escrever músicas, se necessário. O mundo precisa de mais expressões.Obrigado a você, Felipe, pela entrevista.

Publicado por Lipetempestade

Uma pessoa de personalidade forte mas disciplinadora e exigente

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Guilherme Angra

Escritor e Psicanalista

UNDERGROUND N' PROUD

THE BEST OF THE ROCK AND METAL UNDERGROUND!

THE HEADBANGING MOOSE

PURE F****N' METAL!

Rock Out Stand Out

The go to place for all the latest in rock and metal music!

The Metal Wanderlust

Metal, Metal, and maybe even some more Metal!

The Metal Gamer

Where the world of metal and gaming becomes one

Seja Bem Vindo

Meu Canal de Vendas

Tempestade Conservadora

Atitude,Esporte e Espiritualidade

Coeficiente

Textos Acadêmicos, Resenha de Livros e Discos

Discover

A daily selection of the best content published on WordPress, collected for you by humans who love to read.

Faiock Estúdio

Edição de vídeos, jingles, dublagem, conteúdo, animação etc

ESTERILTIPO

Resenha de discos de Rock & Metal

HeavyMetalToTheWord

Propagando o Rock e o Metal na sua verdadeira essência..!!

Blog da Jor72

Blog de 'Jornalismo Online' da Faculdades Cearenses (FAC) 2020.2

Cinemarcoblog

Cinema, séries e memórias de um cinéfilo.

%d blogueiros gostam disto: