Entrevista-538-com a Banda-Alemã-Itching


A Tempestade Conservadora chega a sua Entrevista-538-com a Banda-Alemã-Itching.Eles nos apresentam seu-segundo-album-intitulado-como-Endgegner.A banda tem essa formação: Deniz Bartsch-como-Vocalista,Jim Montag-e-Konstantin Kunow-nas-guitarras,Gabriel Marchese-como baixista-e-Richard Kipka-na-bateria.A-Banda-Alemã-como-um-todo-respondeu todas as nossas perguntas.As-quais,vocês vão acompanhar em todas as suas emoções.Mas,antes disso,vamos a uma música deles.

TC 1:Apresentem a banda pra nós?

Itching:Somos-a-Itching-de Colônia,na Alemanha. Os membros atuais de Itching são Deniz (Vocais), Jim (Guitarra), Richard (Bateria), Konny (Guitarra) e Gabri (Baixo). Deniz, Jim e Gabri começaram 2010 como amigos que estudaram juntos. Obrigado a todos por ouvir o nosso último álbum Endgegner!

TC 2:Falem sobre o trabalho de composição em-Endgegner?

Itching:Em 2016, após grandes mudanças em nossa constelação, tivemos que decidir se parávamos de fazer música ou começávamos de novo. Tendo músicos tão talentosos na banda, decidimos nos reinventar. Foi um processo longo no qual tivemos que começar do zero muitas vezes. Todos nós nos esforçamos ao máximo para fazer esse álbum acontecer e só terminamos o trabalho, quando estávamos convencidos de que damos o nosso melhor nível.

TC 3:Como o álbum exigiu de vocês?

Itching:O álbum exigiu muito, mas de um jeito bom. Francamente, é como o ditado “diamantes são criados apenas sob pressão”. Tivemos que ir ao nosso limite. Experimente bastante, descarte músicas que não eram mais boas o suficiente, ajuste nossas técnicas e assim por diante. Isso significa que no final, todos nós tivemos que crescer com o projeto e todos concordaram com cada música e direção que o álbum tomou.

TC 4:Qual é o tema lírico deste álbum?

Itching:Essa é uma boa pergunta. Endgegner é um álbum conceitual. Cada música está baseada na anterior e, em geral, conta uma história. Endgegner é alemão e significa “inimigo final”, então o inimigo-é mais forte. O que é importante mencionar é que não queremos dizer mais nada, porque queremos que todos tenham sua própria experiência enquanto ouvem. Explicar tudo isso estragaria tudo, por isso estamos ansiosos para ouvir o que as pessoas sentem e pensam sobre o significado disso.

TC 5:Como foi a recepção deste álbum?

Itching:A recepção deste álbum foi ótima. Recebemos um 9.5 / 10 de “Time for Metal”, uma página alemã de suporte ao underground metal. Eles realmente gostaram de como combinamos diferentes influências e estilos, criando nosso próprio som. Muitas pessoas, que nos conheciam há muito tempo, dizem que esse é o nosso melhor trabalho.

TC 6:Por que a banda tem esse nome?

Itching:Criamos esse nome em busca de algo que não era clichê metalcore na época. Nossa música evoca alguns pensamentos e sensações como uma coceira que permanece por muito tempo. É por isso que pensamos que coceira é um bom nome.

TC 7:Como a Itching é diferente das-suas bandas anteriores?

Itching:O que todos acreditamos nos diferencia é que não aderimos aos conceitos normais de metal. Chamamos o metal de música, mas não somos rigorosos quanto ao tipo de metal que tocamos. Nós apenas pegamos o som e o estilo que precisamos para transmitir nossa mensagem.

TC 8:A banda tem pesadelos com suas músicas?

Itching:Sim, pesadelos sobre a criação e gravação das músicas. Isso foi um pesadelo. Mas depois que terminamos, todos pudemos dormir como filhotes.

TC 9:Essa mistura de estilos é-um benefício em qual sentido?

Itching:Eu acho que é o que nos torna especiais. Além disso, estou convencido de que esta é a única maneira que este álbum faz sentido. É baseado na descrição de emoções e uma história com diferentes níveis e estágios. Era essencial deixar certas caixas e escolher os elementos necessários para interpretar nossa arte da melhor maneira possível.

TC 10:Qual é a idéia por trás do álbum e-da obra de arte?

Itching:A obra de arte deve representar um mundo dominado pelo “Endgegner”. Além disso, ilustra os indivíduos escravizados e sofredores, que são fantoches impotentes neste mundo utópico.

TC 11:A banda escolheu um single para este álbum e por que essa escolha?

Itching:A faixa-título deste álbum “Endgegner” é a nossa obra-prima. Essa música é a mais difícil, mas também a mais poderosa que resume a história de maneira selvagem e brutal.

TC 12:A banda conhece e gosta de algo sobre o brasil metal?

Itching:Quando os alemães pensam no metal do Brasil, o Sepultura / Soulfly vem diretamente à nossa mente. E é uma música incrível com mensagens incríveis. Além disso, esses caras fizeram muitas músicas experimentais cruzadas, o que tornou seu som diferente e especial.

TC 13:A banda acha que este álbum é conceitual? Sim ou não e por quê?

Itching:Sim, como apontado anteriormente, queríamos criar um álbum conceitual. Este álbum é uma história completa e deve ser experimentado como tal. Embora músicas únicas também sejam boas de ouvir sozinhas, seu significado contextual é que as torna fortes e significativas.

TC 14:A banda sente diferenças entre letra e som em-Counterparts and Consequences-e-agora-em-Endgegner?

Itching:Se eu entendi bem essa pergunta, os componentes instrumentais e líricos se fundem em um. Nós nos esforçamos muito para encontrar a harmonia dos instrumentos, vocais e as letras subjacentes. Ambos os componentes devem se manifestar na expressão do que é o Endgegner, mas também como é o mundo ao redor. No total, essas diferentes partes criam a atmosfera do álbum.

TC 15:Quais são as idéias incomuns que a banda acredita serem diferentes das bandas do seu estilo?

Itching:Eu acho que o que nos diferencia é que abraçamos abertamente a música como um meio de expressar pensamentos e emoções. Tivemos a liberdade de criar música da maneira que desejamos e da maneira que pensamos que é a melhor maneira possível de fazê-lo. Nunca quisemos entrar em uma determinada categoria e, ao fazê-lo, fechamos algumas portas aos estilos, que não se encaixam lá. Muitas bandas da cena querem aderir a um determinado estilo, com certas regras que alguém já criou. Outros querem criar um novo subgênero para parecerem especiais. Nós só queríamos fazer a música que gostamos. Não ditamos o estilo para os outros nem o chamamos de núcleo. Deixe as pessoas opinarem sobre o assunto, desde que entendam que não é uma mistura aleatória de elementos.

TC 16:Dê uma mensagem aos fãs, pessoal. A entrevista acabou.

Itching:Agradecemos muito que nosso trabalho tenha chegado ao Brasil e esperamos que vocês gostem do nosso trabalho! Diga-nos a sua opinião sobre o trabalho e compartilhe suas idéias sobre quem é o “Endgegner”. Saudação de Colônia ao Brasil. Mantenha-se saudável e tome cuidado!

Publicado por Lipetempestade

Uma pessoa de personalidade forte mas disciplinadora e exigente

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Guilherme Angra

Escritor e Psicoterapeuta

UNDERGROUND N' PROUD

THE BEST OF THE ROCK AND METAL UNDERGROUND!

THE HEADBANGING MOOSE

PURE F****N' METAL!

Rock Out Stand Out

The go to place for all the latest in rock and metal music!

The Metal Wanderlust

Metal, Metal, and maybe even some more Metal!

The Metal Gamer

Where the world of metal and gaming becomes one

MAGAZINEANV

DIVULGUE PRODUTOS DO

Tempestade Conservadora

Atitude,Esporte e Espiritualidade

BlueNote Blog

CARTAS PRA NINGUÉM

Discover WordPress

A daily selection of the best content published on WordPress, collected for you by humans who love to read.

Faiock Estúdio

Edição de vídeos, jingles, dublagem, conteúdo, animação etc

HeavyMetalToTheWord

Propagando o Rock e o Metal na sua verdadeira essência..!!

Blog da Jor72

Blog de 'Jornalismo Online' da Faculdades Cearenses (FAC) 2020.2

Cinemarcoblog

Cinema, séries e memórias de um cinéfilo.

Metal Viewer

Kleine Bands werden hier groß geschrieben.

%d blogueiros gostam disto: