Entrevista-573-com a Banda-Alemã-Beltez


A Tempestade Conservadora chega a sua Entrevista-573-com a Banda-Alemã-Beltez.Eles nos apresentam seu-Terceiro-álbum-intitulado-como-A Grey Chill And A Whisper.A banda-tem-essa-formação:Marc-como-Vocalista,Dominic-e-Jens-como-Guitarristas,Christian como-Baixista-e-Sebastian-como-baterista.Jens-respondeu nossas perguntas.As-quais,vocês vão acompanhar em todas as suas emoções.Mas,antes disso,vamos-a-uma-música-deles.

TC 1:Apresentem a banda para nós?

Jens:Somos uma banda de cinco integrantes de Colônia, Alemanha. a Banda remonta a 2001, mas foi mais ou menos um projeto sério e divertido de Dominic e do cantor original da época. Depois de ficar adormecido por alguns anos, a banda ressuscitou por volta de 2010, já com nosso vocalista atual Marc como vocalista. Ele, Dominic e o baixista original Flagg lançaram “Der Tod, Parte 1” em 2013. Depois de um tempo e algumas ofertas muito boas para shows ao vivo, eles decidiram tocar ao vivo novamente. A banda fez apenas alguns shows no início dos anos 2000 até agora. Foi quando Dominic me contatou sobre tocar a segunda guitarra e Stephan sobre tocar bateria. Flagg então decidiu não seguir em frente e adicionamos Christian como novo baixista. Esta formação estava estável até agora, com uma exceção, pois Stephan deixou a banda em meados de 2018 e Sebastian entrou. Lançamos “Exiled, Punished … Rejected” em 2017 e nosso novo álbum “A Gray Chill and a whisper” será lançado em novembro deste ano.

TC 2:Falem sobre o trabalho de composição em A Grey Chill And A Whisper?

Jens:Nosso disco atual “Exiled …” foi o primeiro disco da Beltez que foi arranjado como uma banda inteira. “Beltane” e “Der Tod, Parte 1” foram criados exclusivamente por Dominic. Para o Exiled, ele ainda escreveu o material completo, mas eu e Stephan ajudamos muito com os arranjos. Além disso, Marc e Christian também se envolveram, é claro. Quando começamos a trabalhar no follow-up, ficou claro que eu estaria um pouco mais evoluído com a música. Então acabei escrevendo algumas coisas para o álbum, mas a maior parte do trabalho ainda é de Dominic. Todos nós arranjamos a música juntos como uma banda. Nosso objetivo era entregar algo escuro e intenso, com brutalidade e beleza. A composição das músicas levou cerca de um ano e meio, com alguns longos intervalos entre as sessões. As novas músicas são, pelo menos para mim, um pouco mais complexas e mais camadas à medida que usamos mais faixas e mais e instrumentos diferentes. Por exemplo, “Exiled” foi um registro estrito de guitarra do início ao fim. Com uma exceção muito curta, tudo que você ouve como teclado são guitarras pesadamente afetadas. No novo álbum, usamos sintetizadores reais e outros instrumentos adicionais para dar mais profundidade às músicas.

TC 3:A banda escolheu um single para este álbum e por que essa escolha?

Jens:Não lançaremos um single clássico, mas haverá um vídeo com a letra de pelo menos uma das músicas. Eu não gosto muito de videoclipes em geral, já que a maioria deles tende a ser cinco caras parados em uma sala vazia e imitando tocar”. E singles como em lançamentos separados são novamente para mim, algo que é uma relíquia do passado ou algum item de colecionador legal.

TC 4:Qual é o tema lírico desse álbum?

Jens:Uma grande amiga nossa, Ulrike Serowy nos escreveu um conto original que adaptamos. Ulrike já publicou algumas novelas e ficamos estocados quando lemos seu trabalho para nós. Eu não quero revelar muito, já que você ouve a história meio que três vezes quando recebe o álbum. Uma vez, como a adaptação que fizemos, uma vez como uma história impressa no livreto e outra como um audiolivro onde Dan Capp de Winterfylleth leu a história. Em Essence, é sobre amizade, rebelião, desafiar as probabilidades e o sacrifício. Talvez não sejam seus temas líricos típicos, mas gostamos deles.

TC 5:Porque a banda tem esse nome?

Jens:Como mencionei antes, a banda começou como algo não muito sério-e vamos apenas dizer que o nome da banda tem algo a ver com cavalos.

TC 6:O que a banda-quer-dizer-com-Atmosfera de Barlowes?

Jens:Wayne Barlow é pintor e escritor. Seu romance Gods Demon foi a principal inspiração para as letras de Exiled, Punished … Rejected“.

TC 7:A banda tem pesadelos com suas músicas?

Jens:Não, mas as melodias às vezes têm o péssimo hábito de grudar nos ouvidos quando você tenta dormir um pouco.

TC 8:Como a Beltez é diferente de suas bandas anteriores?

Jens:Bem, todos nós tocamos em outras bandas antes. Dominic, Stephan, Flagg e eu até tocamos na mesma banda Orkus por algum tempo no início dos anos 2000. Todos nós temos gostos musicais muito diversos e isso está se refletindo em nossas outras bandas e projetos. Além disso, eu imagino que para todos, Beltez é por um lado, o projeto mais escuro e intenso até agora e por outro lado, o mais realizado.

TC 9:Qual é a ideia por trás da obra de arte?

Jens:Ele tem uma referência direta às letras. Parte da história se passa em uma fortaleza antiga e terrível. É isso que está na capa.

TC 10:O que é-o sinistro toque individual?

Jens:Esta é uma citação de algum comentário que gostamos. Isso resume mais ou menos nossa abordagem-e ser sombrio ou temperamental e ser nós mesmos em nossa música.

TC 11:Tod Parte I “é-uma-trilogia?

Jens:Não, mas pode haver uma sequência para isso em um futuro não tão distante.

TC 12:A banda conhece e gosta de algo sobre metal brasileiro?

Jens:Infelizmente, não tanto. Claro que Sepultura, Sarcafago e Angra são nomes conhecidos e eu sempre gostei de Overdose lá nos anos 90. Eu sei que há uma cena grande e muito diversa lá e é uma pena que eu não faça mais isso. Eu realmente deveria me educar.

TC 13:A banda acha que este álbum é conceitual? Sim ou não e por quê?

Jens:Muito mesmo. Tínhamos a história contornada no meio da composição e então ajustamos as músicas existentes, bem como as novas. Além disso, ainda mais do que em Exiled repetimos temas e padrões musicais ao longo do disco. A melodia Intro, por exemplo, reaparece várias vezes no disco.

TC 14:A banda sente diferenças entre lírico e som em-Exiled, Punished…Rejected-e-agora-em-A Grey Chill And A Whisper?

Jens:Lírico. bem em Exiled adaptamos parte de um romance, mas nenhuma história coerente. Desta vez, fazemos exatamente isso. Nossa esperança é que a música lhe dê o mesmo tipo de arco que você sentiria se acabasse de ler a história. Embora a música não seja tão diferente, o som definitivamente é. Como mencionei antes, é mais denso, com mais profundidade e pelo menos para mim, muito mais duro. Acho que mais maduro pode ser uma boa maneira de descrever. mas, posso estar errado.

TC 15:Qual inspiração de literatura clássica-tem-a-banda?

Jens:Para ser honesto, não tenho ideia do que os outros caras estão lendo. Quanto a mim, leio muito material acadêmico -e-principalmente livros políticos, sociológicos, históricos ou psicológicos e bons romances de ficção científica e suspense.

TC 16:Como é que a banda chegou ao Avantgarde Music?

Jens:Eles nos perguntaram se estávamos interessados logo após o lançamento de Exiled“. Como poderíamos dizer não a uma das gravadoras mais antigas e reverenciadas do metal extremo?

TC 17:Deixe uma mensagem para os fãs, pessoal. A entrevista acabou.

Jens:Muito obrigado pela entrevista e pelo seu tempo para lê-la! Espero que gostem do nosso novo-álbum.

Publicado por Lipetempestade

Uma pessoa de personalidade forte mas disciplinadora e exigente

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Guilherme Angra

Escritor e Psicoterapeuta

UNDERGROUND N' PROUD

THE BEST OF THE ROCK AND METAL UNDERGROUND!

THE HEADBANGING MOOSE

PURE F****N' METAL!

Rock Out Stand Out

The go to place for all the latest in rock and metal music!

The Metal Wanderlust

Metal, Metal, and maybe even some more Metal!

The Metal Gamer

Where the world of metal and gaming becomes one

MAGAZINEANV

DIVULGUE PRODUTOS DO

Tempestade Conservadora

Atitude,Esporte e Espiritualidade

BlueNote Blog

CARTAS PRA NINGUÉM

Discover WordPress

A daily selection of the best content published on WordPress, collected for you by humans who love to read.

Faiock Estúdio

Edição de vídeos, jingles, dublagem, conteúdo, animação etc

HeavyMetalToTheWord

Propagando o Rock e o Metal na sua verdadeira essência..!!

Blog da Jor72

Blog de 'Jornalismo Online' da Faculdades Cearenses (FAC) 2020.2

Cinemarcoblog

Cinema, séries e memórias de um cinéfilo.

Metal Viewer

Kleine Bands werden hier groß geschrieben.

%d blogueiros gostam disto: