Entrevista-576-com a Banda-Polonesa-Cancerfaust


A Tempestade Conservadora chega a sua Entrevista-576-com a Banda-Polonesa-Cancerfaust.Eles nos apresentam seu-primeiro-álbum-intitulado-como-Let the Earth Tremble.A banda-tem-essa-formação:Tomasz Fabiszak-como-Vocalista,Adam Stodolny-e-Michał Pera-como-Guitarristas,Kornel Maniewski -como-Baixista-e-Łukasz Wołodkiewicz-como-Baterista.Adam Stodolny-respondeu nossas perguntas.As-quais,vocês vão acompanhar em todas as suas emoções.Porém,antes-disso,uma-música-deles.

TC 1:Apresentem a banda para nós?

Adam Stodolny:A banda começou no meio de 2013, criada por Adam na guitarra e Szymon Sądej (já-falecido) no vocal. O objetivo principal era tocar death metal oldschool inspirado principalmente em bandas como Vader, Morbid Angel ou Bolt Thrower. No início o nome da banda era Born to Rot em homenagem a uma das canções do Azarath. Logo depois disso, Michał, que tocou com Adam na banda técnica de death metal Perforate se juntou à banda e eles começaram a escrever suas primeiras canções. Desta vez, é marcada pela trágica morte de Szymon, que morre em um acidente de carro. Naquela época, enfrentávamos a escolha de sair e como continuar a banda. Em 2014, a formação foi completada por Oktawiusz na bateria, Maciej nos vocais e Kornel no baixo. Com essa formação gravamos nossos dois primeiros materiais “Killing Spree” e “Watching You Die” e começamos a fazer os primeiros shows. Em 2018, Oktawiusz decidiu deixar a banda e focar na banda de black metal onde tocava que-é-a Above Aurora, Maciej foi expulso da banda por falta de comprometimento na época. Eles foram logo substituídos por Łukasz na bateria e Tomasz também anteriormente envolvido no Preforate nos vocais.

TC 2:Falem sobre o trabalho de composição em Let The Earth Tremble?

Adam Stodolny:Começamos a compor as primeiras músicas para “Let The Earth Tremble” no meio de 2018, logo depois que concluímos uma nova formação. Devido à distância entre as cidades em que vivemos, decidimos não criar material nos ensaios como antes, mas cada um de nós fez uma música inteira em casa que depois tocamos e aprimoramos nos ensaios. No final, organizamos tudo para ser consistente. A música “Let the Earth Tremble” ficou pronta em março de 2019.

TC 3:A banda escolheu um single para este álbum e porque essa escolha?

Adam Stodolny:Cada música de “L.t.E.T.” é um reflexo dessa banda e pode ser usado como um single. Decidimos promover o álbum por “Into the Void” porque é rápida, massiva e muito está acontecendo nela. Também não queríamos promover o álbum com uma música em que alguém fizesse uma aparição especial, pois isso poderia distorcer o público. Além disso, as melhores cartas não são reveladas desde o início.

TC 4:Qual é o tema lírico desse álbum?

Adam Stodolny:Os principais temas líricos deste álbum são morte e anti-religião. A morte em vários aspectos culturais, históricos e filosóficos. Você pode encontrar ali referências às crenças astecas, aos egípcios, sua abordagem da morte, algumas letras são estritamente anticristãs. Por exemplo, todo o conceito de “Into the Void” é baseado na pior punição no Egito antigo, a morte da alma. Algo inimaginável para os cristãos. Alguns textos são anticristãos em seu sentido.

TC 5:O que-a-banda-quer-dizer-com-war death metal?

Adam Stodolny:O metal é uma guerra do caralho.

TC 6:Porque a banda tem esse nome?

Adam Stodolny:Após a morte de Szymon, estávamos procurando por um novo nome e Oktawiusz nos disse que uma vez, Szymon criou este nome para sua banda anterior, mas eles escolheram o outro nome. Parecia bom, então decidimos usar esse nome. Depois de alguns anos, descobrimos que o originador desse nome era na verdade V do Above Aurora.
 TC 7:Qual é a ideia por trás da obra de arte?

Adam Stodolny:Estávamos procurando por uma capa não óbvia que refletisse a atmosfera niilista e saturada de morte das letras. Também sou um grande fã das obras de Zdzisław Beksiński. Quando vi as pinturas de Dawid Figielek, senti o quão profundamente imbuídas desse espírito estão suas obras. Eu senti que essa imagem transmitia totalmente a atmosfera das letras e da música.

TC 8:Como é que a banda chegou à Godz Ov War Productions?

Adam Stodolny:Começamos a conversar com Greg logo depois de lançar nosso primeiro EP “Killing Spree” em 2016. Ele não estava interessado em nada naquela época, mas dois anos depois concordou em distribuir nosso segundo material “Watching You Die”. Quando gravamos “Let the Earth Tremble”, ele foi a primeira pessoa para quem enviamos o material. Como você pode ver, desta vez, ele decidiu lançar nosso álbum de estreia na Godz Ov War Productions.

TC 9:Como o Cancerfaust é diferente das bandas anteriores?

Adam Stodolny:Não adianta buscar originalidade onde ela não existe. Nós criamos música que nos moldou e flui diretamente de nós. Tentamos fazer isso da melhor maneira possível e, ao mesmo tempo, dolorosamente honestos. Por outro lado, não queremos ser uma cópia de algumas outras bandas. Tentamos criar o death metal mais brutal que podemos, mas também não sem melodia.

TC 10:A banda tem pesadelos com suas músicas?

Adam Stodolny:Não. Que porra-de-pergunta é essa ?

TC 11:Falem sobre a cena do metal na polônia?

Adam Stodolny:Acho que todo mundo conhece as bandas mais conhecidas, como Behemoth, Vader, Mgła ou Furia. Como você deve saber, a cena polonesa de black metal é agora uma das cenas mais interessantes do mundo. A cena do metal polonês desde os anos 80 foi muito forte, apesar de um ligeiro declínio nos anos 2000, mas sempre teve seu caráter. Mas há muitas bandas realmente boas na cena polonesa.Stillborn, Infernal War, Azarath.No underground, a música realmente boa faz Rites of Daath, Eternal Rot, Kult Mogił, Clairvoyance ou Martwa Aura.

TC 12:A banda acha que este álbum é conceitual? Sim ou não e porque?

Adam Stodolny:Este não é um álbum conceitual. Existe algum tipo de denominador comum que liga todos os textos do registro. Mas eles não foram criados como um conceito uniforme.

TC 13:É-correto-afirmar-que-o-álbum-tem-uma-tendência-ao-apocalipse?

Adam Stodolny:Alguns podem ver dessa forma. Você definitivamente sentirá o sopro do fim dos tempos neste álbum. Nos textos, você pode encontrar muitas referências à morte ou ao fim do mundo, então, acho que você pode concordar facilmente com essa afirmação.

TC 14:O que-a-banda-quer-dizer-com-espalhar-terror ?

Adam Stodolny:Quer-dizer-que-somos-criados para espalhar a morte e o terror!

TC 15:A banda conhece e gosta de algo sobre metal brasileiro?

Adam Stodolny:A cena do metal brasileiro é bem conhecida na Polônia. Eu sou um grande fã do death metal brasileiro. Bandas como Krisiun, Nephasth, Rebaelliun ou Abhorrence sempre estiveram no meu topo nas bandas de metal. Também estou muito feliz que Rebaelliun voltou após a morte de Fabiano. Houve um tempo em que o Brasil mostrava para o resto do mundo como tocar death metal de uma forma que está explodindo tudo em seu caminho. Da cena black metal brasileira, conheço apenas Sarcofago, Mystifier e Echoes, o último mais conhecido por seus vídeos ridículos no youtube.

TC 16:A banda sente diferenças entre lírico e som em Watching You Die e agora em Let The Earth Tremble?

Adam Stodolny:Sobre lírico em Let the Earth Tremble eu escrevi antes. Sobre as letras de Watching You Die, o tópico é mais complexo. Neste disco, metade das letras foram feitas pelo nosso vocalista anterior Maciej e metade das letras foram feitas por mim. Minhas letras estão mais focadas na religião e na crítica à glorificação inútil da morte de Cristo e seu sofrimento. As letras de Maciej são mais gore de death metal clássico e como era em nosso primeiro álbum Killing Spree. O som entre Let the Earth Tremble e Watching You Die é diferente por alguns motivos. Em primeiro lugar, nosso atual baterista Łukasz é um grande músico. Desde que ele se juntou à banda, podemos criar composições mais agressivas e complexas do que antes. Também a gravação de Let the Earth Tremble foi mais profissional do que antes. Os dois primeiros Ep’s foram gravados em nossa sala de ensaio. Para o comprimento total, entramos no estúdio. Também há diferença nos equipamentos que usamos. Let the Earth Tremble é em todos os aspectos mais profissional do que os materiais anteriores.

TC 17: Deixem uma mensagem para os fãs, pessoal. A entrevista acabou.

Adam Stodolny:Muito obrigado pela entrevista. Mantenha a praga do metal viva e espalhe-a pelo mundo!


 

Publicado por Lipetempestade

Uma pessoa de personalidade forte mas disciplinadora e exigente

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Guilherme Angra

Escritor e Psicoterapeuta

UNDERGROUND N' PROUD

THE BEST OF THE ROCK AND METAL UNDERGROUND!

THE HEADBANGING MOOSE

PURE F****N' METAL!

Rock Out Stand Out

The go to place for all the latest in rock and metal music!

The Metal Wanderlust

Metal, Metal, and maybe even some more Metal!

The Metal Gamer

Where the world of metal and gaming becomes one

MAGAZINEANV

DIVULGUE PRODUTOS DO

Tempestade Conservadora

Atitude,Esporte e Espiritualidade

BlueNote Blog

CARTAS PRA NINGUÉM

Discover WordPress

A daily selection of the best content published on WordPress, collected for you by humans who love to read.

Faiock Estúdio

Edição de vídeos, jingles, dublagem, conteúdo, animação etc

HeavyMetalToTheWord

Propagando o Rock e o Metal na sua verdadeira essência..!!

Blog da Jor72

Blog de 'Jornalismo Online' da Faculdades Cearenses (FAC) 2020.2

Cinemarcoblog

Cinema, séries e memórias de um cinéfilo.

Metal Viewer

Kleine Bands werden hier groß geschrieben.

%d blogueiros gostam disto: