Entrevista 677 com a Banda Alemã Brutal Kraut


A Tempestade Conservadora chega a sua Entrevista 677 com a Banda Alemã Brutal Kraut.A banda nos apresenta um Metal Extremo técnico,intenso e cheio de fúria.Além disso,a banda nos mostra seu segundo álbum completo intitulado como Progression In Madness.A banda tem essa formação:Rouven Constantin como Guitarrista e Vocalista,Henry Ludwig como Baixista e Marlin Constantin como Baterista.A banda como um todo respondeu as nossas perguntas.As quais,vocês vão acompanhar em todas as suas emoções.Mas,antes disso,vamos a uma música deles.

TC 1:Apresentem a banda pra nós?

Marlin Constantin:Somos Brutal Kraut e tocamos Extrem Progressive Metal. E queremos agradecer ao Sr. Lemmy pela melhor ideia introdutória de todos os tempos.

TC 2:Falem sobre o trabalho de composição em Progression In Madness?

Rouven Constantin:O processo de escrita foi um pouco diferente das últimas saídas, descobri mais em casa. Mas de lá, como sempre, eu trago minhas coisas, os caras estão fazendo suas coisas e no final temos uma música kickass metal.

TC 3:A banda escolheu algum single pra este álbum e o porque desta escolha?

Rouven Constantin:Isso aconteceu no estúdio, o álbum finalmente foi obtido e obtido a permissão pela primeira vez com algumas de nossas pessoas, inclusive minha garota. Aí surgiu a pergunta a gente conversou e foi um resultado unânime.

TC 4:Qual tema lírico do álbum?

Rouven Constantin:Do lado lírico, é tudo sobre as merdas que acontecem como na vida de todo mundo. Dúvidas pessoais, raiva, abuso de drogas, esse tipo de coisa negativa. Além de algumas críticas sociais leves. Mas não há um conceito determinado por trás disso.

TC 5:É mais fácil ou mais prático uma banda como Powertrio?

Rouven Constantin:Mesmo sendo triste o Lukas nos ter deixado, mas para mim e para nós como banda também foi um desafio compensar a falta de uma segunda guitarra. Eu tinha que estar muito mais focado porque não havia ninguém que pudesse continuar se eu estragasse uma mudança para a próxima parte, o que às vezes é crítico se você está cantando e tocando ao mesmo tempo. Além disso, o novo material veio com muito mais texto. Mas agora devo dizer que gosto da liberdade, você não precisa se preocupar com um segundo violão, você pode fazer suas coisas com mais liberdade. O futuro dirá, mas por agora estamos satisfeitos com a forma como as coisas estão indo.

TC 6:Porque a banda tem esse nome?

Marlin Constantin:Queríamos um nome de banda que descrevesse a nós e a nossa banda. Fazemos música brutal e somos todos alemães. Então decidimos nos chamar de “Kraut Brutal”. Soa muito melhor do que “Brutal Germans” e não pode ser mal interpretado.

TC 7:Porque Lukas Ludwig e Bennet Schmidt saíram da banda?

Rouven Constantin:Ambos mudaram de prioridades e a banda não se encaixava mais em seus shows é assim, está tudo bem. Bennet ainda é um dos meus amigos mais próximos e com Lukas fizemos a pré-produção desse álbum e ele e sua garota modelaram nossas novas camisetas.

TC 8:Há alguma banda dentro do seu estilo que você não goste? Se sim, diga-nos qual e por quê?

Henry Ludwig:Já que nosso estilo tem muitas inspirações diferentes de vários gêneros do metal, é realmente difícil encontrar uma banda com um estilo semelhante. Mas vamos colocar assim, todo mundo tem suas bandas favoritas, que os outros caras não necessariamente também gostam.

Marlin Constantin:Eu não me importo com bandas e músicas que eu não gosto. Não faz sentido para mim, acho melhor falar e pensar sobre bandas e músicas que gostamos.

TC 9:Como a banda chegou na Boersma Records?

Marlin Constantin:Procurei algumas bandas com as quais possamos tocar ao vivo e encontrei a banda “Apallic” e “Nero Doctrine”. Gostei da música deles e descobri depois de pesquisar que eles têm nosso estande na mesma gravadora.Então, eu dei uma olhada na gravadora e entrei, após consulta com a banda, em contato com a gravadora. Então, depois de algumas boas conversas, decidimos entrar na Label.

TC 10:Qual a ideia da capa do álbum?

Rouven Constantin:O cara na frente está trabalhando em seu coração, que representa personalidade, escolhas que você faz na vida e etc. Atrás dele está um homem de negócios ou de política que freqüentemente o perturba mexendo em seu cérebro. Então minha intenção é mostrar que você tem que estar atento ou você pode ser manipulado sem reconhecer. Os outros caras têm uma interpretação um pouco diferente, eu acho. Claro que todos podem interpretar como quiser, é só meu.

TC 11:A banda tem pesadelos com suas músicas?

Marlin Constantin:Se você quer dizer playawise eu tive alguns pesadelos antes de gravar a música “Broken”. Eu estava indo ao meu limite com essa música. Curiosidade: no estúdio era muito mais fácil tocar essa música do que uma lenta como “New Ways”.

TC 12:O que a Brutal Kraut tem de diferente de suas bandas anteriores?

Rouven Constantin:Estou mais livre com a composição. Antes, nosso cantor às vezes tinha visões estritas de como o metal deveria soar. O que não foi tão ruim, me obrigou a focar, tendo a ser meio desorganizado, também na composição. Eu ainda estou resolvendo as coisas haha. E claro que estou brincando agora com meu irmão o que leva a algumas situações picantes, se você tem irmãos sabe do que estou falando. Henry também era o baterista da nossa banda anterior, experimentá-lo agora como um baixista que é o seu instrumento original, é muito interessante. Estamos fazendo música há treze anos ou mais agora e o outro cara é meu irmão, então eu acho que é uma grande parte da energia que temos como banda.

Henry Ludwig:Bem, eu já toquei com Rouven em outra banda antes do Kraut, que era mais death’n’roll da velha escola. Rouven é um guitarrista incrível, ele podia tocar todas essas coisas quando tínhamos apenas 16 anos. Ele me surpreendeu quando nos conhecemos, então eu definitivamente diria que ele toca riffs e solos que são bem seu próprio estilo e isso é difícil de imitar.

Marlin Constantin:Brutal Kraut me dá emoções, arrepios que eu nunca tive com outros músicos. Meu coração e personalidade se sobressaem e brilham se eu toco essas coisas. Bem como me empurra como baterista e humano.

TC 13:Além da música,o que a banda adora fazer?

Henry Ludwig:Amo tocar e cozinhar boa comida.Marlin Constantin:Eu era uma criança ou adolescente raivosa que tem muitas agressões contra todos e gosta de jogar e fazer algum treinamento muscular.

TC 14:A banda acredita que este álbum é conceitual?Sim ou Não e Porque?

Rouven Constantin:Não é um álbum conceitual, é mais como um instantâneo de nossas vidas no momento em que escrevemos essas músicas. Embora eu escreva as músicas, ainda acho que os outros caras concordariam em um certo grau. Então não, nenhum conceito, muito difícil.

TC 15:Algum filósofo inspirou a banda?Se sim,qual e porque?

Marlin Constantin:Como ninguém respondeu a esta pergunta parece que não nos inspirou ou não percebemos.

TC 16:A banda sentiu diferenças no som e na parte lírica entre Brutal Kraut e agora em Progression In Madness?

Rouven Constantin:Eu acho que eles são apenas melhores. O novo álbum sente falta desses textos “brutal death blood gore”, que eu pessoalmente não gosto, mas não tinha ideias melhores no passado. Nosso produtor Ulf da ULS- Productions me ajudou muito, também minha garota, a fazer eles se sentirem mais naturais para a música, ao que eu não prestava muita atenção antes.

TC 17:Mandem uma mensagem aos fãs,pessoal.A Entrevista acabou!

Marlin Constantin:Obrigado pelo seu apoio e espero vê-lo logo após o fim deste pesadelo da Covid!

Publicado por Lipetempestade

Uma pessoa de personalidade forte mas disciplinadora e exigente

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Guilherme Angra

Escritor e Psicoterapeuta

UNDERGROUND N' PROUD

THE BEST OF THE ROCK AND METAL UNDERGROUND!

THE HEADBANGING MOOSE

PURE F****N' METAL!

Rock Out Stand Out

The go to place for all the latest in rock and metal music!

The Metal Wanderlust

Metal, Metal, and maybe even some more Metal!

The Metal Gamer

Where the world of metal and gaming becomes one

MAGAZINEANV

DIVULGUE PRODUTOS DO

Tempestade Conservadora

Atitude,Esporte e Espiritualidade

BlueNote Blog

CARTAS PRA NINGUÉM

Discover WordPress

A daily selection of the best content published on WordPress, collected for you by humans who love to read.

Faiock Estúdio

Edição de vídeos, jingles, dublagem, conteúdo, animação etc

HeavyMetalToTheWord

Propagando o Rock e o Metal na sua verdadeira essência..!!

Blog da Jor72

Blog de 'Jornalismo Online' da Faculdades Cearenses (FAC) 2020.2

Cinemarcoblog

Cinema, séries e memórias de um cinéfilo.

Metal Viewer

Kleine Bands werden hier groß geschrieben.

%d blogueiros gostam disto: