Entrevista 690 com a Banda Ucraniana Haspyd


A Tempestade Conservadora chega a sua Entrevista 690 com a Banda Ucraniana Haspyd.Eles misturam algo esquecido pela maioria de nós mas que o talento do metal trás de novo.O Folk e o lado pagão da música.Algo que a Europa abandonou forçadamente,mas foi revivido pela força da música.A Ucrânia não é um país que podemos dizer que é o pulmão do metal,mas é parte de todo esqueleto que compõe esse estilo.A banda nos lança seu segundo álbum que traduzido para o inglês é Crossroad Of Two Winds.A banda tem essa formação:Olexander Menzerov como Vocalista e Flautista da Spoilka e até harpista,Serhiy Stepanenko e Serhiy Kuprikov como Guitarristas,Andriy Savchenko como Baixista e Olexander Gagarin como Baterista.Sergiy Stepanenko com a enorme colaboração de sua esposa a quem a página é muito grata por tudo, respondeu as nossas humildes perguntas.As quais,vocês vão acompanhar em todas as suas emoções.Mas,antes vamos ao nosso padrão.A Música deles.

TC 1:Apresentem a banda pra nós?

Serhiy Stepanenko:HASPYD é uma banda ucraniana de folk e pagan metal fundada em Kharkiv em 2009. Juntamente com grunhidos e guinchos vocais puros são usados. Riffs de guitarra complementam-se com instrumentos populares como sopilka, violino, bandura, harpa judia, zhaleika, saz e etc. HASPYD é Oleksandr Menzerov – vocal, sopilka, harpa judia, zhaleika, Serhiy Stepanenko na guitarra, Serhiy Kuprikov na guitarra, Andriy Savchenko no baixo, Oleksandr Gagarin na bateria.

TC 2:Falem sobre o trabalho de composição em “Crossroad Of Two Winds”?

Serhiy Stepanenko:Trabalhar nas músicas nunca para. Podemos dizer que trabalhamos no novo álbum o tempo todo, desde o lançamento do anterior. E nesse processo as mudanças são rastreadas como o grupo se desenvolve, como o som é afiado. Queremos ser interessantes e adicionar novos temas, novos instrumentos, mudar a abordagem para criar músicas diferentes. Na maioria dos casos, o núcleo da música é trazido por um dos guitarristas ou o vocalista da banda. E então toda a equipe transforma as músicas naquilo que pode ser ouvido no palco ou gravado. As letras são geralmente escritas pelo vocalista, mas neste álbum, pela primeira vez, o guitarrista Serhiy Stepanenko tentou ser letrista na música Chorna Dolina. Durante o processo de composição, muitas vezes surgem divergências. Todo mundo vê uma nova música de forma diferente. Mas como resultado da busca por compromissos, criamos o produto conjunto único, e estamos muito felizes com o resultado, embora sempre cheguemos à conclusão de que o próximo álbum será ainda melhor.

TC 3:A banda escolheu algum single pra este álbum e o porque desta escolha?

Serhiy Stepanenko:A canção-título do álbum “Crossroads of two wind” é um “Tonka protoka”. Existem várias razões. Essa música combina vocais limpos e extremos, além do instrumento folk ucraniano chamado bandura, há notas de patriotismo e ecologia. Ao mesmo tempo, não é tão ideológica como algumas das outras canções do grupo e ainda traz à tona a arte, a descritividade, a musicalidade. Exatamente o que você precisa para uma linha de assinatura, para uma capa dentro da qual haja músicas e significados ainda mais diversos.

TC 4:O que a Haspyd tem de diferente de suas bandas anteriores?

Serhiy Stepanenko:Para o coletivo HASPYD, este não é o primeiro grupo e o baterista ainda toca em outras bandas. Mas neste gênero nenhum dos participantes tocou em outras bandas antes do HASPYD. Uma característica distintiva da criatividade é a combinação de elementos de diferentes estilos em torno de várias direções fundamentais: a linha ideológica e textual do patriotismo, o amor pela natureza, o simbolismo das tradições nacionais e o musical que é uma combinação de heavy metal com instrumentos populares, limpos e vocais extremos.

TC 5:Qual tema lírico do álbum?

Serhiy Stepanenko:Os textos são baseados principalmente nos temas do patriotismo, natureza, crenças e tradições antigas dos eslavos, a luta pela liberdade e pela verdade. Há também um tema histórico, pois sem memória do passado é difícil construir um futuro melhor, sem usar a experiência dos ancestrais, repetindo os mesmos erros.

TC 6:Eu sinto que a harmonia da banda tocando é igual a um casamento.Crê que isso foi mais rápido que o esperado?

Serhiy Stepanenko:Enquanto trabalhamos no material do álbum anterior, descobrimos que sempre quisemos tocar as músicas gravadas nos shows no palco muito mais rápido. Portanto, para o álbum “Crossroads of two wind” tentamos escolher o ritmo da forma mais precisa possível para que as músicas fossem divertidas para nós tocarmos. O andamento das músicas é mais alto do que poderia ser se gravássemos tudo da maneira que pensamos desde o início. Mas o andamento é exatamente o que deveria ser.

TC 7:Existe alguma banda dentro do seu estilo que vocês não gostam?Se sim,qual e porque?

Serhiy Stepanenko:Quanto à música e não há como explicar o gosto e uma vez que os gostos dos membros do grupo são diferentes e não consideramos correto expressá-los no contexto do grupo inteiro. Em termos de alguns incidentes pessoais, por exemplo, histórias desagradáveis em shows conjuntos com algumas bandas e essas coisas também não são éticas para divulgar.

TC 8:Porque a banda tem esse nome?

Serhiy Stepanenko:HASPYD “é interpretado por nós como um símbolo das forças da natureza e são destrutivas e implacáveis, ao mesmo tempo que dão origem à vida.” HASPYD “é o mesmo que a serpente, o diabo, também é usado como maldição , e em consonância com o “hospod” que é o senhor, governante, dono, deus, criador. Em diferentes culturas, “aspid” pode simbolizar o mal e a destruição ou a criação e a prosperidade. Tudo isto é um todo, esta é a natureza da qual o homem é um parte. Folk haspyd-dragon assume uma variedade de papéis. Por exemplo, na mitologia antiga, a hidra é o ancestral das tribos citas e, portanto, dos ucranianos. O logotipo da banda é o nome “HASPYD” escritoko na forma de um tridente e, ao mesmo tempo, de um dragão-cobra de duas cabeças.

TC 9:Qual a ideia da capa do álbum?

Serhiy Stepanenko:A capa foi desenhada por Sergey Kachmar. Este não é nosso primeiro trabalho conjunto. A ideia principal é uma visualização generalizada, que contém os enredos de todas as músicas do álbum, sua atmosfera. Os cossacos percorrem um caminho espinhoso, passando por adversidades, obstáculos. Nem todo mundo vai voltar, mas com certeza vai vencer.

TC 10:Como foi a recepção para o álbum?

Serhiy Stepanenko:Como sempre, as críticas são diferentes. Ambos muito positivos e não muito positivos. Quantas pessoas e tantas opiniões, gostos e isso é ótimo. Não temos medo de críticas. Às vezes é muito útil melhorar. Mas o que quer que alguém diga, nós faremos o que quisermos. Sempre agrada quando os outros gostam. Nem todos. Mas não estabelecemos tal objetivo. Temos a nossa criatividade e o nosso jeito.

TC 11:Além da música,o que a banda gosta de fazer?

Serhiy Stepanenko:Todos os músicos do grupo têm trabalho e hobbies próprios. Por exemplo, o baixista cria aranhas e insetos exóticos, o vocalista gosta de fotografia, os guitarristas gostam de futebol, o baterista gosta de filmes sobre o Agente 007.

TC 12:Falem sobre a Cena Metal da Ucrânia?

Serhiy Stepanenko:A cena metal ucraniana nasceu nos dias da URSS. Claro, o que aconteceu então sabemos apenas por ouvir dizer. E agora? Na Ucrânia, há metal suficiente selecionado de diferentes direções. O black metal ucraniano e o pagan metal são muito conceituados, existem grupos valiosos nos gêneros power, death, trash e muitos outros. Não listaremos os coletivos. Além disso, os gostos dos diferentes membros do grupo são ligeiramente diferentes. Mas há algo para ouvir. Outra coisa é que esta não é uma ocupação que pode render dinheiro na Ucrânia. Mesmo aquelas bandas de metal para as quais a música é sua principal ocupação não podem se orgulhar de receber grandes honorários. A cena underground ucraniana não é muito generosa. A maioria das bandas toca com entusiasmo. Existem grandes festivais, mas os artistas estrangeiros costumam reunir muitas pessoas. Também existem exceções. Mas existem muitos grupos, muitos estúdios, pontos de ensaio, salas de concerto. É verdade que às vezes parece que o ouvinte é estragado por shows regulares de músicos de qualquer gênero e nível. Durante o período de quarentena, a situação, é claro, mudou. O que vai acontecer depois é algo que vamos ver. Talvez tudo seja diferente.

TC 13:A banda acredita que este álbum é conceitual?Sim ou Não e porque?

Serhiy Stepanenko:Não estabelecemos nenhum conceito, mas se traçarmos os enredos das canções, eles conduzem o ouvinte por um caminho sinuoso desde os tempos antigos até o presente e urgem em lembrar as lições do passado, porque o passado se repete e sem o sabedoria das gerações anteriores, será muito difícil vencer.

TC 14:Como surgiram os convites para Chur e Getman?

Serhiy Stepanenko:Enviamos um convite para cantarmos juntos a vários vocalistas que cantam em gêneros semelhantes. Com alguns deles não foi possível gravar o dueto desta vez, talvez futuramente consertemos. Não houve dificuldades. Músicos que trabalham com esses gêneros têm muito em comum em gostos e visões, e têm o prazer de apoiar uns aos outros, lembrando os ouvintes de si mesmos mais uma vez. Acabamos de escrever e obtivemos uma resposta. Enviamos as músicas em sua forma bruta, contamos sobre nossa visão da música, mas demos aos músicos a oportunidade de se desviarem do que foi originalmente concebido. Ficou legal. Queremos repetir.

TC 15:A banda sente diferenças no som e na parte lírica entre Bureviy” e agora em “Crossroad Of Two Winds”?

Serhiy Stepanenko:O som definitivamente se tornou mais denso, mais espaçoso. O estilo está se tornando mais específico, original. Isso é exatamente o que pretendíamos. As letras levantam tópicos semelhantes, mas há definitivamente um desenvolvimento notável nisso também. “Crossroad of two wind” em todos os planos é um álbum mais completo e isso é muito perceptível.

TC 16:Mandem uma mensagem aos fãs,pessoal.A Entrevista acabou!

Serhiy Stepaneneko:Amigos vocês são muito legais! O metal não conhece fronteiras ou limites e essa é a nossa força! E se acontecer de você estar em Kharkiv, teremos o maior prazer em conhecê-lo pessoalmente. Boa compra!

Publicado por Lipetempestade

Uma pessoa de personalidade forte mas disciplinadora e exigente

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Guilherme Angra

Escritor e Psicanalista

UNDERGROUND N' PROUD

THE BEST OF THE ROCK AND METAL UNDERGROUND!

THE HEADBANGING MOOSE

PURE F****N' METAL!

Rock Out Stand Out

The go to place for all the latest in rock and metal music!

The Metal Wanderlust

Metal, Metal, and maybe even some more Metal!

The Metal Gamer

Where the world of metal and gaming becomes one

Seja Bem Vindo

Meu Canal de Vendas

Tempestade Conservadora

Atitude,Esporte e Espiritualidade

Coeficiente

Textos Acadêmicos, Resenha de Livros e Discos

Discover

A daily selection of the best content published on WordPress, collected for you by humans who love to read.

Faiock Estúdio

Edição de vídeos, jingles, dublagem, conteúdo, animação etc

ESTERILTIPO

Resenha de discos de Rock & Metal

HeavyMetalToTheWord

Propagando o Rock e o Metal na sua verdadeira essência..!!

Blog da Jor72

Blog de 'Jornalismo Online' da Faculdades Cearenses (FAC) 2020.2

Cinemarcoblog

Cinema, séries e memórias de um cinéfilo.

%d blogueiros gostam disto: