Entrevista 777 com a Banda Sérvia Scaffold


Todas as Entrevistas que fazemos são especiais.Mas,algumas você como dono espera com mais ansiedade que as outras.Não apenas por você gostar mais ou menos daquela banda.Apenas,o tempo de espera faz com que sua expectativa seja maior.Por isso,oficialmente falando, essa é a primeira entrevista mais aguardada de 2021,o terceiro ano de nossa página.Esta é a entrevista 777.Falamos com a banda Sérvia Scaffold.Esta banda pode ser desmembrada em duas partes.A Primeira parte vai de 1992 a 1996 e que nesta lançou seu álbum de estreia intitulado como The Other Side of Reality.Esta segunda parte é a que estamos vivendo agora.Mas,é um agora que vem desde de 2008.Culminando,em trabalhos parceiros,eps e até trabalhos feitos ao vivo diretamente para o público.Após esse momento consolidado, eles se sentem prontos pra mostrar a público de maneira mais abrangente o que mais sabem fazer.Pancadaria,brutalidade em estado puro e extremo.Pois,ao final de março mas precisamente,no dia 31 de Março o seu segundo álbum completo chamado Codex Gigas.Para este papo,o Baixista Millan Dobrosavljevic conversará conosco em todas as suas emoções.Antes,a pancadaria musical habitual de entrada.

TC 1:Quem é quem na banda ?

Millan:Scaffold é uma banda de deathrash metal da velha escola da Sérvia e os membros são Dujić Ivica Dujke (guitarras / voz), Antonio Ismailović (guitarras), Aleksandar Mušicki (bateria) e Milan Dobrosavljević (baixo).

TC 2:Falem sobre o trabalho de composição em Codex Gigas ?

Milan:Codex Gigas apresenta oito canções do deathrashmetal do início dos anos 90, para fãs de Death, Kreator, Pestilence, Morgoth etc. Todas as músicas e letras foram escritas pelo membro fundador Dujke exceto “Psychopathic Mind” que é um cover da antiga e lendária banda sérvia Bloodbath. O material é uma mistura de novas músicas e algumas músicas antigas da primeira demo e do álbum de estreia, mas re-arranjados e regravados.

TC 3:Porque a banda se encerrou em 1996?

Millan:O Scaffold acabou em 1996, uma vez que era impossível manter a banda unida. O início dos anos 90 foram anos de desintegração de nosso antigo país, a Iugoslávia, que levou à guerra civil. Estávamos embargados, em profunda crise econômica e sem condições básicas de vida. Tocar em uma banda era impossível.

TC 4:Como foi o trabalho com Karakondžula?

Millan:Scaffold gravou em 2010 o Ep “Like Devil in the Church” que foi lançado alguns anos depois através de uma pequena gravadora local como CD-R dividido com Karakodžula. Foi um lançamento ruim, com distribuição não tão boa e nenhuma promoção. Nós nem consideramos como um lançamento oficial, mas você deve verificar as músicas, pois era um material muito forte.

TC 5:Eu amo isso,mas porque um cover de Bloodbath ?

Millan:Bloodbath era uma banda muito grande e influente no underground sérvio em 1990-1994 e eu acho que eles eram como irmãos mais velhos de Dujke e o resto da banda nos dias em que ele começou a Scaffold. Poucos anos atrás, a formação do Scaffold incluía até o ex-guitarrista e baixista do Bloodbath, Vladimir Filipović “Staklenac”. Eu não estava na banda quando Scaffold gravou o álbum, mas acho que gravar esse cover foi apenas um tributo a parte importante do underground sérvio.

TC 6:A banda escolheu algum single pra este álbum e o porque desta escolha?

Millan:Temos muitos planos para a promoção do Codex Gigas. Haverá poucos vídeos,o primeiro vídeo para a música 1763 será lançado nas primeiras semanas de março em poucos dias você também pode esperar o segundo single e vide de letras para a música “5 círculos em arame farpado”, então quando pegamos músicas para os videoclipes e as letras do vídeo, “At the dawn of a Judgment Day” parecia ser a melhor música do resto do material para o primeiro single. Além disso, é uma música muito boa, cativante e minha favorita para o primeiro single. As reações dos fãs e da imprensa sobre ela nos mostram que foi uma boa escolha pegá-la para o primeiro single.

TC 7:Que autores de filosofia inspiram a banda no processo de composição de Codex Gigas ?

Millan:Os autores que inspiraram as letras do Codex Gigas são a vida cotidiana e a história.

TC 8:O que a Sccaffold tem de diferente de suas bandas anteriores ?

Millan:Não sei muito sobre a formação musical de outros caras. Eu sei que Dujke está aqui desde o início. Ele e Toni tiveram o projeto punk Clan há alguns anos, mas agora os dois estão focados apenas no Scaffold. Aleksandar, o baterista, também está envolvido na banda Aurium que é uma espécie de metal progressivo sinfônico que pode agradar aos fãs do Nightwish. Sou membro fundador da banda de death metal brutal Sacramental Blood e antes disso tocava nas bandas Androphagous (precursor de Sacramental Blood), Heretical Guilt (death metal brutal técnico), Amon Din (death metal old school) e The Stone (I foi guitarrista de sessão ao vivo desta lendária banda de black metal).

TC 9:Além da música,o que a banda gosta de fazer ?

Millan:A música é a nossa principal paixão. Também administro a revista online Angelmeat e toco a já mencionada Sacramental Blood. Dujke é fã de futebol e nós dois estamos ocupados com nossas famílias, filhos, etc. Outros 2 caras têm seus empregos.

TC 10:Fale sobre a cena metal na Sérvia ?

Millan:Não é uma grande cena, mas temos algumas bandas legais. Eu acho que você deveria verificar bandas como Sacramental Blood, The Stone, Dawn of Creation, All My Sins, Terrorhammer, Infest, Wolf’s Hunger, Quasarborn, Kolac, Nadimač, The Bloody Earth.

TC 11:Qual a ideia da capa do álbum ?

Millan: Codex Gigas é o livro também conhecido como Bíblia do Diabo. A lenda diz que foi escrito durante 1 noite por um monge que teve ajuda do próprio diabo e é isso que você vê na pintura. É o diabo entregando o livro ao monge.

TC 12:Além de ouvir a banda,o que podemos fazer na Sérvia ?

Millan:Experimente comida local e, se gosta de álcool, não perca a chance de ter ressaca com uma bebida local conhecida como rakija. Também há muitos lugares legais para ver, The Devil’s Town e a fortaleza Kalemegdan são os primeiros que me vêm à mente.

TC 13:Que tipo de assunto você nunca faria uma música ?

Millan:Duek está escrevendo letras, então é a pergunta que ele poderia responder melhor do que eu, mas eu acho que ele nunca escreveria uma música sobre a adoração de satanás ou algo assim.

TC 14:Sem histórias, sem guerras e sem sociedade nada é possível tanto na vida quanto para a banda. As guerras em seu país foram o combustível para suas músicas?

Millan:É combustível, mas também algo que consome sua energia e sua vontade de fazer algo com sua banda ou sua vida. Quando você luta para sobreviver e mantém a cabeça apoiada nos ombros, não pensa muito em tocar na banda. É por isso que a banda se separou em 1996. Quando seu salário mensal era de 2-3 $ / mês, você não podia comprar uma guitarra nova de 500 $ ou investir 2.000 $ na gravação de um novo álbum. Isso nos tornou mais fortes, mas prefiro evitar esse ingrediente no meu crescimento.

TC 15:A banda sentiu diferenças líricas e sonoras em Like Devil in the Church feito de maneira estendida e agora em Codex Gigas ?

Millan:Não acho que haja uma grande mudança na maneira como Dujke se aproxima para escrever novas canções. Faz tanto tempo que tem o seu estilo e o caminho que segue há décadas. Eu acredito que a principal diferença está no som que veio de diferentes pessoas que gravaram o álbum. No entanto, é o material mais forte do Scaffold até hoje. A maior diferença está na arte e na promoção que faremos para este álbum.

TC 16:Porque uma música chamada 1763 ?

Millan:”1763 (The Consecrated Ground)” é uma canção parcialmente inspirada em alguma velha capela onde fizemos nosso primeiro videoclipe para este álbum. O mesmo lugar foi usado para fazer o lendário filme de terror sérvio “The Consecrated Ground”. É daí que vem a segunda parte do nome. O ano do título é o ano em que alguma outra capela foi construída no cemitério local na parte mais antiga da cidade, o cemitério onde os pais de Dujke foram enterrados.

TC 17:Uma mensagem aos fãs,pois a entrevista acabou!

Millan:Obrigado por décadas de apoio! Codex Gigas é para você, algo que você esperava da banda desde o início.

Publicado por Lipetempestade

Uma pessoa de personalidade forte mas disciplinadora e exigente

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Guilherme Angra

Escritor e Psicanalista

UNDERGROUND N' PROUD

THE BEST OF THE ROCK AND METAL UNDERGROUND!

THE HEADBANGING MOOSE

PURE F****N' METAL!

Rock Out Stand Out

The go to place for all the latest in rock and metal music!

The Metal Wanderlust

Metal, Metal, and maybe even some more Metal!

The Metal Gamer

Where the world of metal and gaming becomes one

Seja Bem Vindo

Meu Canal de Vendas

Tempestade Conservadora

Atitude,Esporte e Espiritualidade

Coeficiente

Textos Acadêmicos, Resenha de Livros e Discos

Discover

A daily selection of the best content published on WordPress, collected for you by humans who love to read.

Faiock Estúdio

Edição de vídeos, jingles, dublagem, conteúdo, animação etc

ESTERILTIPO

Resenha de discos de Rock & Metal

HeavyMetalToTheWord

Propagando o Rock e o Metal na sua verdadeira essência..!!

Blog da Jor72

Blog de 'Jornalismo Online' da Faculdades Cearenses (FAC) 2020.2

Cinemarcoblog

Cinema, séries e memórias de um cinéfilo.

%d blogueiros gostam disto: