Entrevista 794 com o Duo Americano Pando


A Tempestade Conservadora chega na sua Entrevista 794 com uma Bela Dupla de Black Metal Experimental chamada Pando.Não se deixe enganar por esse começo.Eles não tem nenhuma ligação com a garotinha que abriu tolamente uma caixa.A única caixa aberta aqui é de uma música malvada,o que alias faz questão de ser.Mas que sabem que podem balancear a malvadeza com a diversão.Ainda mais,pela razão de serem norte-americanos.Não que isso os torna engraçados,mas geralmente neste estilo,estamos acostumados a pessoas gélidas da Suécia,Dinamarca e outros países bem gelados.Não é bem isso que você vai encontrar nesse papo.Sinto muito ou seja bem vindo,depende da sua maneira de enxergar.O Que você precisa enxergar em todas as suas emoções é isso aqui.

TC 1:Quem é quem na banda?

Pando:Ah, certo. Bem, para a primeira pergunta, tentamos não colocar ênfase em quem é quem. A música é um meio baseado em áudio e normalmente não pensamos que a imagem é importante, e é por isso que realmente não temos fotos nossas com a banda. Mas eu sou Adam e o outro membro é Matt. Somos ambos multi-instrumentistas e contribuímos igualmente.

TC 2:O desprezo e a indignação pelo enganoso, o divisivo, o escandaloso não poderiam mais ser deixados sem oposição, nem as perspectivas regressivas dos últimos tempos ser mantidas longe de sua produção artística. Quem seria esse enganador que vemos neste álbum?

Pando:Hmm ,quando penso em perspectivas regressivas, penso em dar um passo para trás como se estivesse na defensiva. Mas em relação a isso, o álbum é certamente mais avançado do que os trabalhos anteriores, na medida em que o conceito é menos escondido. É certamente mais na sua cara porque o assunto não pode ser escondido. É uma observação honesta de eventos específicos.

TC 3:O que a banda disse liricamente na oitava música?

Pando:Acho que a faixa 8 é a Octagnom Room. É usando uma obra de arte conceitual do artista Mark Dion como uma metáfora. Normalmente, não escrevemos letras para serem consideradas pelo valor de face, porque não há espaço para exploração e preferimos que o ouvinte reserve um tempo para fazer algum trabalho de detetive. Isso torna a experiência mais envolvente.

TC 4:Como o drone ajuda o Black Metal a ganhar mais corpo para o seu som?

Pando:Drones são texturas. Nunca olhamos para as coisas em termos de instrumentos em uma faixa. São texturas. Não tentamos ser técnicos ou algo parecido. É como pintar. São texturas e a forma como são aplicadas e o material utilizado podem valorizar a peça.

TC 5:Pode parecer uma pergunta batida ou que você deveria estar exausto para responder. Mas não acho que nenhum jornalista brasileiro tenha feito essa pergunta. Esse pando pode indicar uma inclinação pela linda garotinha Pandora?

Pando:{Rs} Na verdade, é a primeira vez que recebemos essa pergunta de alguém. E embora eu ame absolutamente mitologia e filosofia, o panteão grego não tem nada a ver com Pando.{Nota da TC:É um privilégio saber que uma pergunta que poderia ser considerada batida,teve sua porta batida pela primeira vez com tal referência.Mas devo admitir que engana com classe.O nome da banda com a menina da caixa!}

TC 6: Rites é um canal para esses sentimentos e pensamentos. É uma saída e um derramamento. O que seria esse derramamento e por que acontece?

´Pando:Bem, o próprio Pando é uma saída para esses sentimentos. Cada álbum é apenas a coleção documentada desses sentimentos naquele momento de nossas vidas em que o criamos. Então, Pando é apenas o catalisador para nossas experiências que podemos colocar em som para os álbuns.

TC 7:Você me disse que gostava de filosofia. Qual filosofia você gosta no grego ou a corrente de Nietzsche como acontece em algumas boas bandas de black metal aliadas ao Doom?

Pando:Estudei filosofia e mitologia ou religiões mundiais na escola. Embora muito do que nos ensinassem fosse filosofia ocidental, como Platão, Aristóteles, Descartes, Nietzsche, Hegel, etc.Eu gostava muito das filosofias orientais. As filosofias ocidentais são muito orientadas para os detalhes, mas falam mais em círculos do que chegar a conclusões. As filosofias orientais são mais centradas na ação. Isso é mais interessante para mim.

TC 8:In God We Trust With Our Cold Dead Hand. Talvez seja a terceira música. Podemos indicar que finalmente temos uma banda de black metal que vê deus como alguém frio, mas que ele é muito querido em um estilo em que geralmente é jogado em uma lata de lixo radioativa?

Pando:Me desculpe, cara. Essa faixa não tem nenhuma base religiosa. É política. O título da faixa é bastante avançado em relação ao conteúdo. Há dicas em tudo.

TC 9:Qual a ideia da capa do álbum?

Pando:A capa do álbum orquestra a brutalidade do álbum e seu conteúdo em uma forma visual. É um anjo com o rosto estourado e um halo feito de pedaços quebrados de um barril. Matt poderia explicar melhor do que eu e normalmente não comento sobre a arte sem ele. Então, só vou dizer que é incrivelmente importante para o álbum e a arte geral ao longo do lançamento físico é a chave para o que o álbum é.

TC 10:O Duo sente diferenças entre lírico e som em The Pouch e agora em Rites?

Pando:Pouch era um EP e fomos nós deixando nossas personalidades aparecerem. A comédia é incrivelmente importante para nós e nos conduz ao longo do processo de escrita e de nossas vidas, de verdade. Nós escrevemos Pouch como um tipo de “foda-se” para as pessoas que estavam se perguntando por que nunca fomos tão pesados em nosso material. Nós escrevemos tudo em 6 horas. Rites é um álbum sério e realmente levou tempo e reflexão.

TC 11:É legal ver que todos os álbuns completos são assinados pelo mesmo Aesthetic Death. Ela foi a única gravadora que soube pegar o som que Pando deveria soar?I

Pando:Stu foi o primeiro a nos responder em busca de uma gravadora e realmente dedicou um tempo para trabalhar conosco e com nossas idéias únicas. Ele entende que a arte é importante para nós e é realmente um ser humano maravilhoso. Não acho que seríamos capazes de encontrar alguém mais humilde e agradecemos a ele por tudo que ele faz por nós.

TC 12:A quinta música chama-se The Molds of Men. Quais são os moldes que os homens deveriam ter principalmente em Massachusetts?

Pando:Os moldes que fazem um homem de Massachusetts aparentemente são o Boston Red Sox, o Dunkin ’Donuts e dirige como um idiota. Acho que não fomos realmente cortados dos moldes de massa.

TC 13:A sexta música é I want to Believe. Podemos dizer que é uma brincadeira, como vemos na terceira música?

Pando:O título está de acordo com o tema do álbum e tem a intenção de ser um pouco divertido. A faixa é uma homenagem a Vito Acconci, que morreu há alguns anos.

TC 14:Na quinta pergunta, você afirmou que a banda Pando não tem nenhuma ligação com o famoso pandora box. Então, qual é a verdadeira história por trás desse nome? Devo admitir não só como jornalista, mas como fã, eu fiquei curioso.

Pando:Pando é a palavra latina para “Eu espalhei” e é o nome de uma colônia de choupos tremores em Utah, todos conectados pelo mesmo sistema radicular. É o organismo vivo mais antigo do planeta e coincidentemente o mais pesado.

TC 15:O que a Pando tem de diferente de suas bandas anteriores?

Pando:Pando me fez desacelerar e mudar a forma como vejo a música como meio de arte. Com as bandas anteriores, era apenas sobre o quão rápido você podia tocar ou quão bom tecnicamente você era com seu respeitado instrumento. Pando não é ser bom em nada, é transmitir uma ideia. Não se trata de técnica, é sobre o processo. A viagem é mais importante do que a chegada.

TC 16:Que tipo de assunto jamais mereceria uma música para a Pando?

Pando:Coisas Esculpidas, grão aberto, contas anais.

TC 17:Como o dadaísmo inspira a banda?

Pando:O dadaísmo era meio que a base da arte conceitual. Foi o começo de realmente mergulhar na ideia de que as artes visuais podem ser interpretativas. A arte foi capaz de não apenas ser estética, mas também agregar valor fora do dinheiro. A filosofia da arte, essencialmente.

TC 18:Mandem uma mensagem aos fãs,a entrevista acabou!

Pando:Obrigado por todo o apoio ao longo dos anos e desculpe pelo nosso presidente idiota anterior.

Publicado por Lipetempestade

Uma pessoa de personalidade forte mas disciplinadora e exigente

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Guilherme Angra

Escritor e Psicanalista

UNDERGROUND N' PROUD

THE BEST OF THE ROCK AND METAL UNDERGROUND!

THE HEADBANGING MOOSE

PURE F****N' METAL!

Rock Out Stand Out

The go to place for all the latest in rock and metal music!

The Metal Wanderlust

Metal, Metal, and maybe even some more Metal!

The Metal Gamer

Where the world of metal and gaming becomes one

Seja Bem Vindo

Meu Canal de Vendas

Tempestade Conservadora

Atitude,Esporte e Espiritualidade

Coeficiente

Textos Acadêmicos, Resenha de Livros e Discos

Discover

A daily selection of the best content published on WordPress, collected for you by humans who love to read.

Faiock Estúdio

Edição de vídeos, jingles, dublagem, conteúdo, animação etc

ESTERILTIPO

Resenha de discos de Rock & Metal

HeavyMetalToTheWord

Propagando o Rock e o Metal na sua verdadeira essência..!!

Blog da Jor72

Blog de 'Jornalismo Online' da Faculdades Cearenses (FAC) 2020.2

Cinemarcoblog

Cinema, séries e memórias de um cinéfilo.

%d blogueiros gostam disto: