Entrevista 802 com a Banda Polonesa Hegeroth


Polish black metal band Hegeroth releases a new video - Metal Jacket  Magazine
Hegeroth - 'Perfidia' é lançado hoje

A Tempestade Conservadora chega a sua Entrevista 802 com a Banda Polonesa Hegeroth.A banda pratica um Black metal de alta intensidade e técnica.Como a própria banda,vai se apresentar e dizer quem é quem,torna-se desnecessário fazer uma apresentação da banda.Só diremos que vocês vão acompanhar esse papo em todas as suas emoções.Mas,antes vamos uma música deles.

TC 1:Quem é quem na banda?

Bene: Ed é responsável pelas letras e vocais. A música é composta por mim e Bila. Eu toco guitarra e baixo, Bila toca bateria e guitarra. Miro e Maziak são ou eram os guitarristas ao vivo.

TC 2:Falem sobre o trabalho de composição em Perfidia?

Bené: terminar e lançar o álbum leva muito tempo, então é o momento perfeito para desenvolver ou gravar novos riffs e ideias musicais para o próximo álbum. Então, quando nosso segundo álbum, Degenerate, foi lançado, havia várias novas ideias já gravadas no PC. Então eu e Bila cooperamos para formar uma camada musical de canções. Depois que a música terminou, Ed escreveu as letras e juntos na sala de ensaio estávamos trabalhando nos arranjos vocais. Como me lembro exatamente um ano atrás, quando o lockdown começou na Polônia, não tínhamos gravado os vocais para a última música que se chama Raise Your Voice e tivemos que esperar até podermos sair de nossas casas para ir para a sala de ensaio e gravá-la .

TC 3:Qual tema lírico do álbum?

ED:As letras são sempre um reflexo do meu estado de espírito no momento em que são escritas. A Igreja está invadindo nossa vida privada de forma cada vez mais brutal, impondo suas crenças sem questionar. A amargura foi extinta por outro escândalo de pedofilia envolvendo padres. Tudo isso fez com que meu ódio pela instituição da igreja atingisse o apogeu e foi nos meus textos que decidi derramar meu veneno. Se consegui transmitir meus sentimentos de maneira adequada é uma questão para os ouvintes.

Bila: O que é legal para mim, a interpretação dos textos pode ter uma dimensão diferente para cada pessoa. Até discutimos entre nós como cada um de nós entendia o conteúdo.

TC 4:A banda escolheu algum single pra este álbum e se sim,qual o motivo da escolha?

Bene: É um dos aspectos mais difíceis de lançar um novo álbum é escolher um single e escolher a primeira faixa do álbum.Sempre tentamos ter certeza de que a música que escolhemos é representativa.
Bila: Sim, é muito difícil, sempre nos perguntamos se essa música em particular captura todas as características do álbum.

TC 5:É mais fácil ou mais prático uma banda como powertrio?

Bene: Em toda a história de Hegeroth a situação sempre foi a mesma: a banda é criada por pessoas que querem fazer músicas novas.
No caso de Degenerado e Perfídia éramos apenas nós três. Para tocar ao vivo o máximo possível, cooperamos com os guitarristas de nossa segunda banda, HexHorn. Miro, Maziak, obrigado por isso!
Bila: Sim, o que Bene disse está certo. Você sabe, depois de muitos anos tentando fazer música, você percebe que fazer música juntos requer tanto a habilidade de se comprometer quanto uma visão da direção do novo álbum. No nosso caso, fazer música sempre se limitou geralmente a nós três em busca de soluções, sugerindo mudanças ou apenas dizendo que algo não se encaixa perfeitamente. Até hoje, ainda somos capazes de falar sobre soluções que eventualmente fizeram parte dos álbuns anteriores. O que é demais e talvez o que está faltando. Mas quero ressaltar que não mudaríamos nada nos álbuns que lançamos.

TC 6:Qual assunto jamais poderia ser uma música da Hegeroth?

Ed: É difícil dizer. Eu definitivamente não escreveria um texto sobre dragões e anões e sério, acho que tópicos políticos estão além do meu círculo de interesse. Embora se eles continuarem a restringir nossas liberdades e liberdade religiosa na Polônia, talvez um dia eu irei vomitar algo sobre isso.

TC 7:Por que o black metal melódico é melhor para a banda do que o black satanista usual?

Bene: Estávamos crescendo nos anos 90 e acho que essa época nos programou, nossas almas e mentes de tal forma. Não temos nenhuma direção predeterminada, trabalhar nas músicas os molda. Na verdade, muitas pessoas dizem que isso é black metal melódico.

TC 8:Como God Dethroned ou Naglfar influencia a banda em sua estrutura?

Ed: Naglrfar é uma das minhas bandas favoritas, eu sei a discografia inteira de cor e estou ansioso para seus próximos álbuns todas as vezes. Os vocais de Kristoffer são uma grande inspiração para mim, agressivos, mas ao mesmo tempo muito legíveis. Um dos melhores vocais de black metal na minha opinião.
Bene:Para ser sincero, conheço essas bandas, mas nunca as ouvi muito, apenas algumas faixas. Vou ter que ouvi-los mais de perto, se você perguntar. 🙂 De acordo com minhas inspirações, sempre tento olhar para a música como um todo, mas também para seus elementos individuais. Apesar de Hegeroth tocar black metal, uma das minhas principais inspirações sempre será Slayer, Vader ou elementos de outros gêneros musicais. Por exemplo, a maneira de tocar linhas de baixo como baixo ambulante em música não metal. Quanto à música black metal, sempre me inspirarei nos primeiros álbuns do Satyricon, Old Man’s Child ou Darkthrone, embora você não encontre sons como Darkthrone em nossa música.
Bila: Eu não deveria falar nada porque geralmente raramente ouço black metal. Eu me concentro em fazer música, mas não tenho a necessidade de procurar e recorrer a outras bandas. Sinceramente, se não fosse por Bene eu não conheceria metade das bandas porque ele me disse para ouvi-las.

TC 9:A banda sente diferenças entre lírico e sonoro em Degenerate e agora em Perfidia?

Ed: Musicalmente Perfidia parece ser mais pensativo e agressivo do que seu antecessor. Quanto à esfera lírica, em Degenerate foquei mais na escuridão da alma, na incerteza que nos envolve e ao diabo, que em cada um de nós está adormecido em algum lugar, e apenas em alguns assume o controle. Perfídia é uma raiva que foi derramada sobre a instituição da igreja
Bene: Para mim, Degenerate tem um som muito escuro e sombrio. Perfídia está em algum contraste com ele: o som lá é mais aberto, fresco e enérgico. eu gosto dos dois.

TC 10:Como foi a participação na Let Them Come Productions?

Bene: Com a Let Them Come Productions estivemos apenas duas vezes no CD de compilação feito por eles: Silesian Butchers – é a iniciativa de um álbum de compilação de bandas da nossa região na Polónia: Silesia. Nosso primeiro álbum ‘Three Emperors’ Triangle ’foi lançado por nossa conta, o segundo com Mara Productions. A cooperação foi boa, conforme combinado. Depois de procurar uma gravadora para o álbum Perfidia e depois de algumas conversas com gravadoras em potencial, decidimos que íamos lançar o álbum Perfidia como auto-lançamento.

TC 11:Porque a banda tem esse nome?

Bene: Queríamos um nome que soasse bem e fosse único, então desenvolvemos o nome Hegeroth

TC 12:Qual a ideia da capa do álbum?

Bene: A capa e as letras referem-se a pessoas, onipresentes em nossas vidas, que causam danos a outras pessoas se escondendo atrás de símbolos sagrados. Tal atitude requer inexorabilidade, astúcia ou simplicidade: perfídia. Perfídia em polonês significa perfídia.

TC 13:O que a Hegeroth tem de diferente de suas bandas anteriores?

Nossa primeira banda,eu e Bila foi o Mortifer; foi nos anos noventa. Tocamos black death metal melódico com muitas linhas de teclado. Podemos dizer que o primeiro álbum do Hegeroth é de alguma forma uma continuação da atividade do Mortifer. Após o álbum de estreia, deixamos as linhas do teclado e tocamos na formação de metal clássico.Paralelamente ao Hegeroth, tocamos na banda HexHorn – é death metal clássico / old school. Em uma crítica, foi dito que o segundo álbum do HexHorn soa como álbuns de death metal de 1994. Isso é muito verdade e soa assim e devo dizer que foi a era de ouro do death metal. Eu amo essa música.

TC 14:Qual banda vocês gostariam de ser por um dia e porque?

Bene: Sempre admirei bandas naturais com pessoas que parecem que seria divertido beber cerveja com elas. Então provavelmente seria uma de bandas como Slayer, Sepultura, Kreator, Cannibal Corpse.
Ed: Se eu pudesse voltar no tempo, provavelmente seria Motorhead por causa de Jack Daniels, que eu gostaria de beber na companhia de Lemmy, que, como todos sabemos, era um grande fã desta bebida maravilhosa.
Bila: de grande sentimento é o Judas Priest, uma verdadeira lenda, e o analgésico álbum ainda me mata até hoje .

TC 15:Existe uma banda de black metal que a banda respeita, mas não gosta?

Bene:Para ser honesto, eu não gosto de 70% dos álbuns de black metal. O número de lançamentos de black metal é tão grande, mas entre esses 30% há muitos absolutamente impressionantes.

TC 16:Mensagem pros fãs,a entrevista acabou!

Bene:Muito obrigado Felipe pela entrevista!Ouça nossa música e compartilhe com outras pessoas, se você gostar!

Publicado por Lipetempestade

Uma pessoa de personalidade forte mas disciplinadora e exigente

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Guilherme Angra

Escritor e Psicoterapeuta

UNDERGROUND N' PROUD

THE BEST OF THE ROCK AND METAL UNDERGROUND!

THE HEADBANGING MOOSE

PURE F****N' METAL!

Rock Out Stand Out

The go to place for all the latest in rock and metal music!

The Metal Wanderlust

Metal, Metal, and maybe even some more Metal!

The Metal Gamer

Where the world of metal and gaming becomes one

MAGAZINEANV

DIVULGUE PRODUTOS DO

Tempestade Conservadora

Atitude,Esporte e Espiritualidade

BlueNote Blog

CARTAS PRA NINGUÉM

Discover WordPress

A daily selection of the best content published on WordPress, collected for you by humans who love to read.

Faiock Estúdio

Edição de vídeos, jingles, dublagem, conteúdo, animação etc

HeavyMetalToTheWord

Propagando o Rock e o Metal na sua verdadeira essência..!!

Blog da Jor72

Blog de 'Jornalismo Online' da Faculdades Cearenses (FAC) 2020.2

Cinemarcoblog

Cinema, séries e memórias de um cinéfilo.

Metal Viewer

Kleine Bands werden hier groß geschrieben.

%d blogueiros gostam disto: