Entrevista 810 com a Banda Italiana Dohlmen


Pode ser uma imagem de 3 pessoas, barba, pessoas em pé e ao ar livre
Pode ser uma imagem em preto e branco

A Tempestade Conservadora chega a sua Entrevista 810 com a Banda Italiana Dohlmen.A banda nos mostra um Doom Metal de alta intensidade e técnica mas que sabe também se utilizar da forma atual que é subdivida em Sludge e Stoner.Mas sua principal tática é tocar sobre as lendas da Sardenha.A banda é dividida em três partes que são:Daniele Piredda como Vocalista e Baixista Elétrico,Pietro Chiaffitella como Guitarrista Elétrico e Filippo Falchi como Baterista.Outra mistura interessante dele é o lado clássico do consagrado Doom Metal.Agora é a hora da entrevista,a qual você começa acompanhar em todas as suas emoções depois de uma música deles.

TC 1:Que histórias mitológicas a banda fala neste álbum?

Dohlmen:Falamos da Accabadora na música Mama chieta. É uma figura que existiu na Sardenha até ao final dos anos 1950. Ela é uma mulher idosa e viúva, convocada pelas famílias de pessoas gravemente enfermas ou moribundas. Ela chega, armada com uma bengala de oliveira e põe fim ao sofrimento deles. Bastante extremo como a eutanásia.
Na música Ammuttadori, falamos sobre a paralisia do sono. Em nossa ilha, como em outras partes do mundo, ele é identificado como um demônio que repousa sobre seu peito para bloquear sua respiração e seus movimentos, além de causar vários pesadelos.
Em Sa Oghe, falamos sobre os gigantes de Mont’e Prama. São estátuas de pedra da época nurágica, cuja origem ainda é desconhecida.Istrìa é uma história sobre bruxas da Sardenha que, ungindo-se com óleos produzidos a partir de ervas selvagens, para voar mais rápido. Mais rápido como a coruja de celeiro que é a Istrìa na língua da Sardenha. A partir disso, a abordagem da bruxa ao raptor.Cundenna e Foculone são duas passagens praticamente unidas na história. Cundenna é precisamente o veredicto do inquisidor sobre um sujeito condenado por bruxaria. Foculone é o pensamento do condenado para tudo o que lhe acontece.Os gritos e a consciência do que o rodeia, ou seja, pessoas guiadas por uma religião que matam um homem por ter tratado feridas com ervas silvestres .Na Sardenha, na época da inquisição, o uso de ervas silvestres era considerado magia, portanto feitiçaria.

TC 2:O Doom atual tem subdivisões em Sludge e Stoner. Algum desses novos elementos são usados pela banda?

Dohlmen:Absolutamente. A música Istrìa é uma espécie de carta de amor aos antigos Sabbaths and Sleep. Duas bandas que têm sido fundamentais no nosso crescimento musical, em conjunto com outras do nosso território.

TC 3:É mais fácil ou mais prático uma banda como Powertrio?

Dohlmen:O Brainstorming é muito mais imediato. E este é, sem dúvida, um elemento importante. Até agora, não encontramos problemas ou limitações. Além disso, também é verdade que somos amigos mesmo fora dos limites da banda e isso joga a nosso favor.

TC 4:´Porque a banda tem esse nome?

Dohlmen:Queríamos um nome ligado às origens históricas de nossa terra. Existem muitas construções megalíticas na Sardenha, como Menir, Nuraghes, Cromlech, tumbas de gigantes, Dolmens e assim por diante.Escolhemos o Dohlmen porque nos soou mais sombrio e também nos conecta com outras culturas, já que o Dolmen como pedra megalítica também é encontrado em outras partes do mundo.

TC 5:Apesar de ter sua beleza em cantar em sua língua nativa, isso por outro lado pode ser visto pela crítica como uma limitação. Como responder a essa possível crítica?

Dohlmen:Vemos a música como algo que deve unir, não separar. Na verdade, há poucos dias iniciamos uma campanha em nossas redes sociais para a explicação e tradução de nossas músicas em inglês e italiano. Atualmente, você pode encontrá-los no Facebook e Instagram.Queremos que a nossa música não apenas intrigue a nível musical, mas sirva como um cartão de visita para todas as pessoas que, movidas pela curiosidade, vêm à Sardenha.

TC 6:Qual a ideia da capa do álbum?

Dohlmen:A obra de arte representa duas figuras conhecidas na Sardenha, embora não mencionadas no disco. Eles são o Boe e o Merdule. Duas máscaras do carnaval da Sardenha de Ottana, uma cidade rica em tradição e charme.Eles representam o boi e seu dono e resumem o que era a vida do povoado na antiguidade.

TC 7:Não que não seja uma boa ideia usar uma guitarra elétrica ao invés da comum, mas quais diferenças a banda sente ao usar uma guitarra elétrica ao invés da comum?

Dohlmen:Muitas bandas em nossa ilha tocam guitarra clássica ou acústica amplificada ao tocar música da Sardenha, como “Cordas et Cannas”.Outros tocam elétrico com um estilo um pouco mais rock ou punk, como fazem Tazenda ou Kenze Neke.Decidimos usar guitarras elétricas porque, para dar impacto às nossas letras, precisávamos de sons sombrios e distorcidos. E os sons de doom metal eram os únicos que podiam fazer justiça às nossas letras. Isso, pelo menos, em nossa imaginação.No futuro, não estou descartando uma aventura acústica.

TC 8:O que a Dohlmen tem de diferente de suas bandas anteriores?

Dohlmen:Certamente por sua forte marca de identidade e pelo vínculo com nossa terra.
Nossas bandas anteriores certamente foram importantes para cada um de nós.Mas o passado já passou.

TC 9:Que tipo de assunto jamais merecia uma música da Dohlmen?

Dohlmen:Temos tantas coisas para contar. Não temos vontade de estabelecer limites no momento.

TC 10:Quais bandas influenciam vocês?

Dohlmen:Cada um de nós tem uma formação musical muito variada. Mas para começar uma banda juntos, encontramos elementos comuns como Amenra, Sleep, Kyuss, Black Sabbath, Gojira. Nós os amamos.

TC 11:Além da música,o que a banda gosta de fazer?

Dohlmen:Pietro faz trabalho voluntário. Além disso, ele é pai. O melhor trabalho do mundo.Filippo toca muito. Ele passa mais tempo no tamborete do que deitado na cama, dormindo.Daniele já dirigiu uma crítica de cinema, mas com o advento do COVID-19 ele teve que bloquear tudo indefinidamente.

TC 12:É correto dizer que vocês são uma banda orgânica?

Dohlmen:Se você pensa assim, por que não? É um belo elogio.

TC 13:Muitas vezes vemos lendas do folclore se tornando coisas reais nos dias de hoje. Isso também acontece no folclore que a banda aborda?

Dohlmen:Bem, excluindo a accabadora que realmente existiu, eu diria que podemos comparar a caça às bruxas a muitas das coisas que estão acontecendo no mundo, principalmente no mundo do entretenimento.Mas esses são tópicos em que não queremos colocar nossas patas.

TC 14:A banda acredita que este álbum é conceitual?Sim ou Não e porque?

Dohlmen:Não, não é um conceito.Embora existam duas músicas unidas no conceito.
Tínhamos um conceito sobre o “Código de Vingança de Barbaricina” em mente, mas preferimos nos concentrar em outras questões no momento.

TC 15:Um filósofo amigo meu sempre diz o seguinte: É claro que o mal existe, o que devemos questionar é se o bem existe. Essa declaração desse amigo faz parte da linha de pensamento da banda ou você deixa isso para meu amigo?

Dohlmen:O bom existe e está nas pequenas coisas.São eles que o tornam especial e o fazem brilhar no meio de todo o mal.Claro, o bem é subjetivo, assim como o mal.

TC 16:Mandem uma mensagem aos fãs,a entrevista acabou

Dohlmen:Foi um papo gostoso Felipe, muito obrigado.Nós te enviamos um grande abraço.
Aos fãs, agradecemos sinceramente pelo apoio que estão nos mostrando. Foi totalmente inesperado e esperamos encontrar todos vocês em breve.Um grande abraço dos Dohlmen.

Publicado por Lipetempestade

Uma pessoa de personalidade forte mas disciplinadora e exigente

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Guilherme Angra

Escritor e Psicanalista

UNDERGROUND N' PROUD

THE BEST OF THE ROCK AND METAL UNDERGROUND!

THE HEADBANGING MOOSE

PURE F****N' METAL!

Rock Out Stand Out

The go to place for all the latest in rock and metal music!

The Metal Wanderlust

Metal, Metal, and maybe even some more Metal!

The Metal Gamer

Where the world of metal and gaming becomes one

Seja Bem Vindo

Meu Canal de Vendas

Tempestade Conservadora

Atitude,Esporte e Espiritualidade

Coeficiente

Textos Acadêmicos, Resenha de Livros e Discos

Discover

A daily selection of the best content published on WordPress, collected for you by humans who love to read.

Faiock Estúdio

Edição de vídeos, jingles, dublagem, conteúdo, animação etc

ESTERILTIPO

Resenha de discos de Rock & Metal

HeavyMetalToTheWord

Propagando o Rock e o Metal na sua verdadeira essência..!!

Blog da Jor72

Blog de 'Jornalismo Online' da Faculdades Cearenses (FAC) 2020.2

Cinemarcoblog

Cinema, séries e memórias de um cinéfilo.

%d blogueiros gostam disto: