Entrevista 821 com a Banda Suíça Stortregn


Pode ser uma imagem de 4 pessoas, pessoas em pé e ao ar livre

Montar uma Banda de Metal existe tempo,maturação,afinação,talento e ás vezes,uma dose de sorte.Mas se você tem tudo isso além de uma competência natural,isso se consegue mais rápido.Esse é o caso dos nossos entrevistados 821.Algo que a Tempestade Conservadora fará agora com a banda suíça Stortregn.Eles nos mostram seu quinto álbum intitulado como Impermanence.O entrevistado pela banda é o Baixista Manuel Barrios.Vamos a uma música deles para podermos curtir a entrevista em todas as suas emoções.

TC 1:Quem é quem na banda ?

Manuel Barrios:Oi! Eu sou o Manuel, sou o baixista do Stortregn. Romain é o cantor, Johan e Duran são os guitarristas e Sam é o nosso baterista.

TC 2:Falem sobre o trabalho de composição em Impermanence  ?

Manuel Barrios:A composição do álbum foi feita principalmente por Johan e Duran, que trocaram riffs e os organizaram em canções. Depois Sam e eu escrevemos nossas próprias partes e, finalmente, Romain coloca sua voz nelas.

TC 3:Quais são as ideias contemporâneas que a banda traz para esse trabalho?

Manuel Barrios:Acho que esse álbum é uma continuação do último (Emptiness Fills The Void) que já era bem mais técnico e repleto de ideias de outros horizontes musicais como heavy, prog, jazz e música clássica.A Impermanence pega tudo e aumenta.

TC 4:Por um tempo, a banda ficou indecisa com o próprio nome. O que aconteceu com essa indecisão?

Manuel Barrios:Encontramos um bom agora né! {RS}

TC 5:Apesar do som extremo feito pela banda, a banda vê um pouco de power metal no som da banda. Que melodias podem indicar essa veia neste novo trabalho?

Manuel Barrios:Não tenho certeza se o power metal é uma influência consciente, já que não acho que nenhum membro ouve esse tipo de música diariamente. Mas eu acho que porque nossa música é fortemente guiada pela melodia, podemos dizer que soa um pouco como power metal. Do topo da minha cabeça, eu diria que você encontraria esse tipo de melodias épicas em Ghosts of the past, Grand Nexion Abyss e Nénie.

TC 6:A banda se autodenomina um Death Metal heróico e coloca Naglfar como exemplo. Esse heroísmo seria baseado no que exatamente?

Manuel Barrios:Acho que nunca nos consideramos heróicos, hehe. Acho que você está se referindo a alguns revisores que escreveram sobre o álbum. Tentamos escrever riffs épicos, maiores do que a vida, porque eles soam incrivelmente incríveis quando você está no poço batendo com a cabeça.

TC 7:Como a transição instrumental para a primeira música foi feita e decidida?

Manuel Barrios:Se bem me lembro, Duran escreveu o que se tornaria Fantasmas do passado e queria que começasse diretamente com a parte da explosão. Quando ele ouviu a introdução de Johan, ele mudou de ideia e os dois trabalharam para integrar a introdução o melhor possível à música.

TC 8:Um de seus fãs disse que a música Nénie é muito épica. Algo que também pensei. Era para isso ser feito ou ficou assim?

Manuel Barrios:Totalmente. Tentamos que todas as nossas músicas tenham partes épicas. Alguns são mais épicos, outros menos, Nénie está no lado positivo!

TC 9:Foi a própria banda a decisão de não fazer uma música acima de dez anos?

Manuel Barrios:Nós pensamos que o álbum já era bem denso assim e que uma décima música não traria nada além de como experimentamos o álbum em sua totalidade.

TC 10:Como surgiram os convites para Alessia Mercado e Merlin Bogado?

Manuel Barrios:Alessia e Merlin são amigos da banda há muito tempo. Ambos preencheram lacunas quando Romain e Duran não puderam fazer uma turnê com a banda. Merlin também escreveu partes de Cosmos Eater. Você realmente deveria ouvir sua banda Murge. Saudações a eles!

TC 11:Como e por que aconteceu a mudança da Non Serviam Records para a The Artisan Era?

Manuel Barrios:O torrador da Non Serviam Records é formado principalmente por bandas de Black and Death da velha escola. Nós pensamos que estávamos começando a nos afastar disso e soando cada vez mais modernos. Então, procuramos uma gravadora que se concentrasse mais em bandas de tecnologia / prog. Já conhecíamos o Artisan Era e seguíamos algumas de suas bandas, então na hora de procurar uma nova gravadora decidimos tentar e deu certo!

TC 12:É possível comparar em lírico e sonoro Emptiness Fills The Void e agora em Impermanence?

Manuel Barrios:Sim, eu vejo Impermanence como uma continuação de Emptiness Fills the Void, já que tudo vai na mesma direção, mas é maior e mais pesado.

TC 13:Além de ouvir Stortregn, o que podemos fazer na Suíça?

Manuel Barrios:Coma queijo. Muito queijo. Raclette e fondue que é um queijo derretido são incríveis.

TC 14:Qual a ideia da capa do álbum ?

Manuel Barrios:Demos a Paolo Girardi muita liberdade para a arte. Enviamos a ele as primeiras letras com o conceito do álbum. A partir daí, ele estava totalmente livre. Se você realmente deseja se aprofundar no que ele quis dizer com esta capa, pergunte a ele diretamente.

TC 15:Além da banda,o que a banda gosta de fazer ?

Manuel Barrios:Eu disse que gostamos de queijo? Bem, nós amamos comer queijo.

TC 16:Que tipo de assunto jamais mereceria uma música de vocês ?

Manuel Barrios:Nunca falamos sobre assuntos do dia a dia. Tentamos nos concentrar no panorama geral. Escrevemos sobre como todos somos insignificantes diante da imensidão do universo. Quase nunca há personagens em nossas canções, exceto para o narrador. Na maioria das vezes ele está sozinho, passando por forças que nem consegue entender.

TC 17:Mandem uma mensagem aos fãs,a entrevista acabou!

Manuel Barrios:Por favor,mandem pra nós queijo.

Publicado por Lipetempestade

Uma pessoa de personalidade forte mas disciplinadora e exigente

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Guilherme Angra

Escritor e Psicanalista

UNDERGROUND N' PROUD

THE BEST OF THE ROCK AND METAL UNDERGROUND!

THE HEADBANGING MOOSE

PURE F****N' METAL!

Rock Out Stand Out

The go to place for all the latest in rock and metal music!

The Metal Wanderlust

Metal, Metal, and maybe even some more Metal!

The Metal Gamer

Where the world of metal and gaming becomes one

Seja Bem Vindo

Meu Canal de Vendas

Tempestade Conservadora

Atitude,Esporte e Espiritualidade

Coeficiente

Textos Acadêmicos, Resenha de Livros e Discos

Discover

A daily selection of the best content published on WordPress, collected for you by humans who love to read.

Faiock Estúdio

Edição de vídeos, jingles, dublagem, conteúdo, animação etc

HeavyMetalToTheWord

Propagando o Rock e o Metal na sua verdadeira essência..!!

Blog da Jor72

Blog de 'Jornalismo Online' da Faculdades Cearenses (FAC) 2020.2

Cinemarcoblog

Cinema, séries e memórias de um cinéfilo.

Metal Viewer

Kleine Bands werden hier groß geschrieben.

%d blogueiros gostam disto: