Entrevista 832 com a Banda Italiana Cruel Life Inside


A Tempestade Conservadora chega a sua Entrevista 832 com a Banda Italiana Cruel Life Inside.Essa jovem banda mistura vários sentimentos e emoções no som.Eles a descrevem como um Post Black Metal.Um contraste a ser reparado é o que vocalista tem uma voz limpa,mas ao mesmo tempo,o som da banda tem uma grande fúria.A banda é formada por:Angelo Pellicano como Vocalista,Giando Sestillo como Baixista,Francesco Brisinda nas Programações e na Guitarra.Francesco respondeu nossas perguntas.As quais,vamos ver em todas as suas emoções.Antes disso,vamos a uma música deles.

TC 1:Quem é quem na banda?

Francesco Brisinda:Em primeiro lugar, obrigado por esta entrevista e pelo seu tempo. Cruel Life Inside ou C.L.I. é uma banda nascida em 2017. O projeto começou como uma banda solo, mas Giando Sestito (baixo) e Angelo Pellicano (vocal) se envolveram. Então agora o Cruel Life Inside é uma banda de três integrantes. Em 12 de março, lançamos nosso primeiro álbum, Eclipsis Vitae.

TC 2:Que tipo de jornada a banda de emoções negras a banda está fazendo neste álbum?

Francesco:Você tem que imaginar um momento muito triste de sua vida para entender essa jornada, porque ela foi concebida em momentos muito ruins. Concentramos todas as nossas tristezas, dores e preocupações neste trabalho. Todos nós passamos por momentos muito tristes, pelo menos uma vez na vida. Este álbum gostaria de ser a representação desse tipo de momento, do início ao fim. Na verdade, é um álbum conceitual.

TC 3:O que a banda quer dizer com a essência do pós black metal?

Francesco:A maioria das pessoas pensa que o pós-black metal é um gênero específico do black metal com características específicas, como influências do pós-rock. Em vez disso, pensamos que o pós-black metal é simplesmente uma maneira diferente de tocar black metal, tentando ir além dos cânones do gênero. Alguém gosta, alguém odeia. Então, pensamos que a verdadeira essência do pós-black metal é realmente pensar fora da caixa e tocar um tipo diferente de música, sem querer cair nos estereótipos do black metal. Não me interpretem mal, nós amamos o black metal tradicional, mas nunca quisemos imitar algumas bandas clássicas de black metal. Sempre queremos tocar nossa própria música, independentemente da originalidade.

TC 4:Como a banda fez a transição da dor para a raiva?

Francesco:No álbum, essa transição ocorre por meio de diferentes momentos representados pelas faixas. O álbum começa com dor (Dolor), passa pela raiva (Ignis) e pela tristeza (Fletus). Após esses momentos, há fraqueza e resignação (Infirmus), mas então uma sensação de renascimento cresce lentamente (Vernum) e se torna predominante em toda a sua grandeza (Loricum). Enfim, a vida ganha um novo sentido, com uma nova consciência (Cura). Cada faixa quer transmitir algumas emoções através da música, letras e outros pequenos detalhes, como o estilo vocal diferente nas músicas, a duração diferente das partes instrumentais, etc.

TC 5:Como a CLI é diferente de suas bandas anteriores?

Francesco:Este projeto é muito diferente de nossos projetos anteriores e atuais. Eu tentei fazer algum black metal cru no passado e Angelo que é o nosso vocalista) fazia parte de uma grande banda calabresa de gótico / black metal chamada Forgotten Hope. Giando, nosso baixista, toca também em outras três bandas locais incríveis: Bretus, uma das melhores bandas italianas de doom metal; Dripping Sin, uma banda fantástica de thrash metal; Deep Valley Blues, uma grande banda de stoner metal. Como você pode ver, temos gostos realmente diferentes na música e no metal, mas todos estamos unidos pela paixão pelo black metal e metal em geral.

TC 6:Falem sobre o trabalho de composição em Eclipse Vitae ?

Francesco:Levamos muito tempo para compor esse álbum. Cada faixa foi tomando forma a partir de minhas ideias, sucessivamente enriquecidas por Angelo e Giando. Além disso, alguns riffs do álbum que foram riffs em Ignis e Fletus vieram de músicas inéditas de meu antigo e desconhecido projeto de black metal, chamado Nosfer. Esses riffs têm mais de 10 anos! Então, não há nada realmente especial a dizer sobre o trabalho de composição do álbum. Apenas algumas ideias muito antigas misturadas com novas.

TC 7:A banda escolheu algum single pra este álbum e o porque desta escolha?

Francesco: Sim,o single Loricum foi lançado em agosto de 2019. Não há um motivo real para essa escolha. Estávamos simplesmente ansiosos para publicar nossa música. É isso.

TC 8:Paz e meditação em um disco de black metal,isso é um pouco contraditório não?

Francesco:Você está certo, mas existem toneladas de projetos ABM e Pós-Black Metal cujas músicas são sobre meditação, paz, natureza etc. Nossas músicas são sobre dor, luta e esperança. Alguém chamou nossa música de black metal positivo, mas é uma interpretação redutora. O fim do nosso Eclipse Vitae pode ser interpretado como uma nova vida ou uma morte final. Este álbum foi concebido para que possa ser interpretado de diferentes maneiras.

TC 9:Antes da música, o que as bandas gostam de fazer?

Francesco: Temos diferentes hobbies e empregos. Eu amo fotografia de paisagem e paisagem noturna. Também sou médico e ainda era estudante de medicina durante a produção do álbum. Além disso, naquela época, Giandomenico era estudante de direito e agora se formou. Ele é um amante de luta livre. Angelo adora viagens e também é fotógrafo amador. Também gostamos de ler diferentes tipos de livros escritos por diferentes autores como Lovecraft, Tolkien, Stephen King, Ken Follett etc. Por último, Giandomenico e eu fazemos um programa semanal de rádio local sobre metal chamado “Mightallurgia Pesante”.

TC 10:Porque a banda tem esse nome ?

Francesco:Como eu disse antes, quando iniciamos este projeto, estávamos passando por um momento ruim e a música era uma válvula de escape. Este projeto contém nossas preocupações, nossa tristeza, nossa raiva e a necessidade de encontrar a paz. Então, em poucas palavras, há a representação de uma vida cruel dentro deste projeto e é por isso que escolhemos este nome.

TC 11:Qual assunto nunca mereceria uma música para CLI?

Francesco:Todo mundo e todo o assunto merece uma música da Cruel Life Inside. Nossa música é para todos que podem apreciá-la.

TC 12:Pode-se dizer que existe um certo viés de filosofia neste álbum?

Francesco:Sim, claro. Não gostamos muito de filosofia, mas pode haver algumas influências. Enfim, a vida é cheia de lutas e todos têm que enfrentá-las, não importa como acabe.

TC 13:Como a banda chegou na Casus Belli Musica?

Francesco:Casus Belli Musica e Beverina Productions são duas das minhas gravadoras favoritas de black metal. Quando estávamos procurando uma gravadora para o álbum, Casus Belli Musica foi o primeiro que procuramos. Eles acharam que o álbum valeu a pena, então aceitaram trabalhar conosco. Sempre achei que trabalhar com essas gravadoras era a melhor opção para nós e nunca vou me arrepender dessa escolha. Também é um verdadeiro prazer trabalhar com eles. Eles são muito profissionais e confiáveis.

TC 14:É mais fácil ou mais prático uma banda como Powertrio ?

Francesco: Na verdade. Trabalhamos bem juntos, mas também sentimos a falta de outro tipo de companheiros de banda como um baterista, tecladista, etc e agora estamos procurando por eles.

TC 15:Além do nome da banda, o que você acha que é uma vida cruel por dentro?

Francesco:É a consciência de que somos frágeis e fracos. Nós nascemos para sofrer a maior parte do nosso tempo. Podemos fingir que estamos felizes com nossa vida, mas sempre há um pouco de tristeza e sofrimento dentro de nós. Então decidimos usar essa vida cruel dentro de nós para fazer música.

TC 16:Mandem uma mensagem aos fãs,a entrevista acabou!

Francesco:Obrigado pelo seu tempo. Foi um prazer. Queremos apenas dedicar este álbum a todos aqueles que ainda lutam para trazer luz em seus dias sombrios. Aproveite o álbum e obrigado pelo seu apoio constante. Vejamos você!

Publicado por Lipetempestade

Uma pessoa de personalidade forte mas disciplinadora e exigente

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Guilherme Angra

Escritor e Psicoterapeuta

UNDERGROUND N' PROUD

THE BEST OF THE ROCK AND METAL UNDERGROUND!

THE HEADBANGING MOOSE

PURE F****N' METAL!

Rock Out Stand Out

The go to place for all the latest in rock and metal music!

The Metal Wanderlust

Metal, Metal, and maybe even some more Metal!

The Metal Gamer

Where the world of metal and gaming becomes one

MAGAZINEANV

DIVULGUE PRODUTOS DO

Tempestade Conservadora

Atitude,Esporte e Espiritualidade

BlueNote Blog

CARTAS PRA NINGUÉM

Discover WordPress

A daily selection of the best content published on WordPress, collected for you by humans who love to read.

Faiock Estúdio

Edição de vídeos, jingles, dublagem, conteúdo, animação etc

HeavyMetalToTheWord

Propagando o Rock e o Metal na sua verdadeira essência..!!

Blog da Jor72

Blog de 'Jornalismo Online' da Faculdades Cearenses (FAC) 2020.2

Cinemarcoblog

Cinema, séries e memórias de um cinéfilo.

Metal Viewer

Kleine Bands werden hier groß geschrieben.

%d blogueiros gostam disto: