Entrevista 839 com a Banda Mexicana HAGEL


Pode ser uma imagem de 5 pessoas

Já tinha tempo que a Tempestade Conservadora não mostrava conversas com Bandas da América do Sul e Norte.Pois é,isso voltou com toda firmeza.Desta vez,para a nossa entrevista 849,Os nossos sabatinados são os Mexicanos da Hagel.Eles fazem um estilo muito forte e brutal,mas que não é muito usual nas américas.O Black Metal aliado ao Doom Metal.Isso não significa que não gostamos,apenas é mais comum vemos nesse lado do trópico bandas mais extremas.Mas,isso não importa.Gostamos assim mesmo.Eles nos mostram seu álbum de estreia intitulado como Veneration Of The Black Light.A banda chegou a ter uma primeira fase que foi de 1995 até 2000.Está é a segunda fase da banda que se iniciou em 2014.A banda é formada por:Iván Saldaña como Vocalista e Guitarrista,Carlos Velázquez como Guitarrista,Elizabeth Castillo como Baixista,Luis Galindo como Tecladista e Juan Reyes como Baterista.A banda como um todo respondeu as nossas perguntas,as quais vamos acompanhar agora em todas as sua emoções.Vamos lá!

TC 1:Porque a banda se separou em 2000?

Hagel:A razão para encerrar em 2000 foi porque Luis Vidal, tecladista e vocalista, mudou-se para a Alemanha para continuar seus estudos médicos, portanto, sem uma de suas metades criativas, não adiantava continuar com o projeto e Hagel deixou de existir.

TC 2:Como a banda mistura o Black Metal com o Doom Metal?

Hagel:Todos nós ouvimos diferentes subgêneros do Metal, mas todos nós convergimos no gênero que tocamos que é o black doom metal atmosférico. É o que todos nós nos sentimos confortáveis tocando uns com os outros.

TC 3:Falem sobre o trabalho de composição em Veneration Of The Black Light ?

Hagel:7 das 8 músicas incluídas neste disco foram compostas originalmente entre 1995-1997, a última faixa, “Whims of a god”, foi composta por volta de 2016 com a nova formação, mas mantendo a essência sonora das composições originais.

TC 4:Qual tema lírico do álbum ?

Hagel:As letras giram em torno de uma grande variedade de tópicos, um dos mais proeminentes é o desprezo pelos comportamentos humanos típicos, como a religião organizada. A ideia de adorar um deus que o pune por seguir o instinto que ele mesmo plantou em você é irônica e repulsiva, considero um comportamento masoquista enrustido.

TC 5:Como a banda chegou na Personal Records ?

Hagel:De um grande amigo nosso, que compartilhou nossa música com Jacobo Córdova da Personal Records. Após alguns dias, entramos em contato com Jacobo, que nos contou o quanto gostava da música e nos convidou a fazer parte da família Personal Records.

TC 6:Porque a banda tem esse nome ?

Hagel:A palavra “Hagel” vem da inversão das vogais em “Hegal”, 27º nome de Marduk, mestre nas artes da lavoura e da agricultura. Isso foi retirado de “The Book of Fifty Names”, dentro do Necronomicon.

TC 7:Existem diferenças líricas e sonoras em Good News e agora em Veneration Of The Black Light ?

Hagel:Bem, a música que você está se referindo a “Good News” não é nossa, é de um artista diferente, alguns DJs chamados Noha e Unison lançaram essa música como Hagel, mas não tem nada a ver conosco. O Spotify de alguma forma por engano o incluiu em nosso set list, mas definitivamente não é nosso.

TC 8:O que a Hagel tem de diferente de suas bandas anteriores ?

Hagel:Cada um de nós toca em bandas e gêneros diferentes. Por exemplo, Carlos Velazquez toca guitarra no Sacratus, uma banda old school de trash / death metal e guitarra solo no Noctambulism, uma old school death / trash metal. Elizabeth Castillo, nossa baixista, também toca baixo na Spit on Your Grave, uma banda de death metal, e violão na Sandunga, uma banda mexicana de folclore. Ivan Saldaña, também é guitarra e vocalista em Alpha Hydrae (black death metal) e Hiborym (black metal old school) e Juan Reyes também toca bateria em Buzrael (black metal) e The Over-manned Band (rock progressivo psicodélico).

TC 9:Além da música,o que a banda gosta de fazer ?

Hagel:Todos nós temos profissões e empregos diurnos diferentes, a única coisa que temos em comum é a música e o amor por tocá-la ao vivo, mas também adoramos nos reunir para beber cerveja, grelhar carne e ter uma ou duas ideias úteis de canções.

TC 10:Qual a ideia da capa do álbum ?

Hagel:Toda a arte vem de um artista russo muito talentoso, Vergvoktre. Há algum tempo acompanhamos suas pinturas e acreditamos que sua estética se encaixa perfeitamente com a aura sônica da banda.

TC 11:Alguma literatura inspirou a banda ?

Hagel:As letras também são inspiradas nas obras de artistas como Clive Barker em labirintos de carne ou outros tópicos interessantes como a projeção astral.

TC 12:Este álbum é conceitual ?

Hagel:Não, não é um álbum conceitual, cada música é sua própria entidade, a única coisa que une as músicas é a aura musical.

TC 13:Quais bandas influenciaram vocês ?

Hagel:No início, Ophtalamia, Mortuary Drape, início de Moonspell, início de Rotting Christ, Samael, Tiamat e Cemetary foram algumas das principais influências por trás do som da banda. Hoje em dia as influências são praticamente as mesmas da atual formação, com a adição de novos, como Empyrium, Uaral, A Swarm of the Sun e Arkhon Infaustus, só para citar alguns.

TC 14:Mandem uma mensagem aos fãs,a entrevista acabou!

Hagel:Primeiramente queremos agradecer pela entrevista e por nos dar a oportunidade de falar um pouco sobre a banda. Gostaríamos também de agradecer a Jacobo Córdova da Personal Records por acreditar em nós, por acreditar na música e por nos ajudar a compartilhá-la com mais pessoas ao redor do mundo. Esperamos que goste do nosso álbum e estamos ansiosos para compartilhar com vocês nossas futuras produções. Não deixe de nos seguir em nossa mídia social (Facebook, Instagram, Youtube), e se quiser adquirir um disco (CD ou digital) pode fazê-lo diretamente conosco em hagelband@gmail.com ou através do Registro Pessoal https: / /www.personal-records.com/. A TI também estará disponível em breve em todas as principais plataformas de streaming de música.

Publicado por Lipetempestade

Uma pessoa de personalidade forte mas disciplinadora e exigente

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Guilherme Angra

Escritor e Psicoterapeuta

UNDERGROUND N' PROUD

THE BEST OF THE ROCK AND METAL UNDERGROUND!

THE HEADBANGING MOOSE

PURE F****N' METAL!

Rock Out Stand Out

The go to place for all the latest in rock and metal music!

The Metal Wanderlust

Metal, Metal, and maybe even some more Metal!

The Metal Gamer

Where the world of metal and gaming becomes one

MAGAZINEANV

DIVULGUE PRODUTOS DO

Tempestade Conservadora

Atitude,Esporte e Espiritualidade

Blue Disc Blog

Resenha de Discos

Discover WordPress

A daily selection of the best content published on WordPress, collected for you by humans who love to read.

Faiock Estúdio

Edição de vídeos, jingles, dublagem, conteúdo, animação etc

HeavyMetalToTheWord

Propagando o Rock e o Metal na sua verdadeira essência..!!

Blog da Jor72

Blog de 'Jornalismo Online' da Faculdades Cearenses (FAC) 2020.2

Cinemarcoblog

Cinema, séries e memórias de um cinéfilo.

Metal Viewer

Kleine Bands werden hier groß geschrieben.

%d blogueiros gostam disto: