Entrevista 862 com a Banda Suíça Ophelia´s Eye


Pode ser uma imagem de 5 pessoas e pessoas em pé

Um País que vem progredindo passo a passo no Universo Metal se chama Suíça.Por causa deste mesmo progresso,Os nossos entrevistados 862 fazem uma mistura de Death Metal Melódico com que há de mais moderno no metal atual.Vamos tentar entender o que é isso.A banda se chama Ophelia ´s Eye.A banda lança seu Ep intitulado como Fight For Us.A banda é formada por:Michel Egloff-Sieber como Vocalista,Remo Lemp e Corinne Ryter como Guitarristas,Sandro Suter como Baixista e Marco Schweizer como Baterista.Corinne respondeu as nossas perguntas.As quais,vamos acompanhar em todas as suas emoções.Mas,antes,vamos a uma música deles.

TC 1:O que a banda quer dizer com Metal Moderno?

Corinne Ryter:Nós nos consideramos pertencentes ao gênero Melodic Death Metal, mas com novas influências do Metalcore. Já que nós mesmos temos dificuldades em definir um gênero específico para nossa música, optamos pelo Metal Moderno, já que também temos muitas influências diferentes.

TC 2:Falem sobre o trabalho de composição em Fight For Us?

Corinne Ryter:O processo de composição foi inspirador e a maioria das ideias estava por aí desde algum tempo antes de estarmos completos, mas quando finalmente tínhamos nossa formação e espírito, começamos a refinar essas músicas e escrever uma segunda linha de guitarra e baixo, o que foi um processo inspirador.

TC 3:Porque devemos perder um pouco a noção da realidade quando ouvimos a banda?

Corinne Ryter:Nossas canções são pesadas e poderosas com tópicos às vezes difíceis, mas ainda melódicos. Portanto, o nosso objetivo é apelar a diferentes sentidos com a nossa música.Através das partes mais difíceis queremos abordar a energia que adormece em você e só precisa sair e através da melodia também o desejo de mergulhar na música.

TC 4:A banda planeja um álbum completo?

Corinne Ryter:Sim! Estaremos em estúdio novamente no final de outubro e início de novembro para gravar nosso álbum. A data e os planos de lançamento ainda não foram acertados mas podem esperar pelo menos a primeira música do álbum no primeiro trimestre do ano que vem.

TC 5:Além da música,o que gostam de fazer?

Corinne Ryter:Tantas coisas.Para citar apenas algumas: cozinhar coisas de diferentes países. A propósito, em cada um de nossos ensaios, cada um de nós em turnos semanais traz algo para comer para toda a banda, especialmente filmes também impopulares e um pouco especiais do cinema, dirigir moto, gatos, ler e não esquecer de passear juntos, grelhar e beber cerveja é claro.

TC 6:Em qual,abismos a banda se refere em sua música?

Corinne Ryter:Os tópicos variam de música para música, mas por exemplo em “Speak Words of Destruction” nos referimos à separação parcial, hostilidade e desonestidade da humanidade e o desejo de falar mais e mais abertamente uns com os outros, para resolver problemas e viver mais harmoniosamente juntos, em vez de relacionamentos repentinamente desmoronando sobre você. É também a constatação de que a maioria dos problemas surgem de má comunicação ou falta de comunicação.

TC 7:Como a Ophelia ´s Eye é diferente de suas bandas anteriores?

Corinne Ryter:Na banda anterior, “Project Penny” apenas covers foram tocados, mas nenhuma música original de sua autoria. O nome mudou para “Red Fire Dragon” antes de nosso baterista Marco entrar em 2017, mas a banda ainda era uma banda cover. Isso mudou quando nosso guitarrista Remo entrou em 2018. A banda então começou a escrever suas próprias músicas. No início de 2019, foi tomada a decisão de mudar o nome para “Ophelia’s Eye”, já que ambos os nomes eram genéricos e não combinando com a música da banda. Portanto, o estilo das canções próprias permaneceu o mesmo, mas o nome mudou para um mais adequado.

TC 8:Que tipo de atmosfera vocês querem criar neste álbum?

Corinne Ryter:O álbum ainda está por vir, mas no EP nosso objetivo era levar o ouvinte em uma jornada musical com profundos abismos e riffs capitulares e mostrar nosso entusiasmo e versatilidade.

TC 9:Este Ep é conceitual?Sim ou não e Porque?

Corinne Ryter:Não. Talvez pudéssemos fazer um álbum conceitual sobre o nome da nossa banda algum dia, mas isso ainda não foi decidido.

TC 10:Qual banda vocês gostariam de ser por um dia e porque?

Corinne Ryter:Não queremos mudar com uma banda, mas é mais gostaríamos de tocar com uma banda como Parkway Drive, por exemplo, para aprender com seu caminho e conhecimento.

TC 11:Existe algum tópico que a banda gosta de falar?

Corinne Ryter:Não ,estamos realmente abertos, contanto que as perguntas não sejam muito pessoais ou ofensivas.

TC 12:Além de The Sandman,que outros livros inspiram a banda?

Corinne Ryter:Honestamente, nenhum outro livro nos inspirou diretamente. Mas, como todas as letras são escritas a partir de nossas experiências e influências diárias, pode ter havido livros com histórias que travaram e de alguma forma foram processadas, mas não poderíamos dizer quais, já que isso geralmente acontece inconscientemente.

TC 13:Que bandas influenciam vocês?

Corinne Ryter:Em termos de estrutura da música, riffs, melodias e direção, diríamos que nossas principais influências são As I Lay Dying, Killswitch Engage e um pouco de Arch Enemy e Amon Amarth. Em relação à produção de som Parkway Drive, In Flames e Periphery são nossos modelos.

TC 14:Qual tipo de coerência podemos ver no álbum?

Corinne Ryter: Não há realmente nenhuma coerência neste EP, mas mais como uma visão geral das diferentes músicas que fazemos e, finalmente, nossas letras são inspiradas em nossas próprias experiências em nossas vidas diárias.

TC 15:Falem sobre a Cena Metal da Suíça?

Corinne Ryter:Normalmente, quando se pensa em rock e metal principalmente em países como a Escandinávia ou os EUA, vem à mente, mas com certeza não a Suíça, embora bandas como Gotthard, Eluveitie, Messiah ou Celtic Frost tenham desempenhado um papel no início da história do metal. Um pouco mais fundo, você vai encontrar várias bandas underground que trabalham duro, uma comunidade de metal juramentada e também um dos locais considerados os melhores pelas bandas de metal internacionais o “Z7” que por sinal precisa de apoio para encontrar estacionamentos de outra forma este grande local pode precisar ser fechado depois de 27 anos! Mas como a Suíça é um pouco pequena e o metal raramente aparece nas paradas aqui, é realmente difícil decolar como uma banda daqui da própria Suíça. Recomendamos altamente ouvir outros suíços bandas como “Expellow”, “Royal Desolation”, “Sickret” ou “I, Delusionist” que oferecem metal duro, mas ainda melódico na faixa do Core.

TC 16:Mandem uma mensagem aos fãs,pessoal.A Entrevista acabou!

Corinne Ryter:Nossos fãs são aqueles que fornecem a atmosfera na frente do palco, nos apoiam e nos permitem realizar novos projetos ao contribuir com músicas, produtos e assim por diante. Portanto, um grande obrigado a todos que nos apoiaram até agora!

Publicado por Lipetempestade

Uma pessoa de personalidade forte mas disciplinadora e exigente

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Guilherme Angra

Escritor e Psicoterapeuta

UNDERGROUND N' PROUD

THE BEST OF THE ROCK AND METAL UNDERGROUND!

THE HEADBANGING MOOSE

PURE F****N' METAL!

Rock Out Stand Out

The go to place for all the latest in rock and metal music!

The Metal Wanderlust

Metal, Metal, and maybe even some more Metal!

The Metal Gamer

Where the world of metal and gaming becomes one

MAGAZINEANV

DIVULGUE PRODUTOS DO

Tempestade Conservadora

Atitude,Esporte e Espiritualidade

BlueNote Blog

CARTAS PRA NINGUÉM

Discover WordPress

A daily selection of the best content published on WordPress, collected for you by humans who love to read.

Faiock Estúdio

Edição de vídeos, jingles, dublagem, conteúdo, animação etc

HeavyMetalToTheWord

Propagando o Rock e o Metal na sua verdadeira essência..!!

Blog da Jor72

Blog de 'Jornalismo Online' da Faculdades Cearenses (FAC) 2020.2

Cinemarcoblog

Cinema, séries e memórias de um cinéfilo.

Metal Viewer

Kleine Bands werden hier groß geschrieben.

%d blogueiros gostam disto: