Entrevista 866 com a Banda Austríaca Fearancy


Pode ser uma imagem de 1 pessoa e texto que diz "A EARANCL DEMONIUM"

Historicamente,a Austria é um pais que pode ser chamado de 8 ou 80.Pois nos deu,um grande genocida e um dos maiores médicos do século.No metal,isso não foge muito da regra.Não existe uma banda mais ou menos vinda deste país.Ou a gente gosta pra caralho ou a gente odeia pra caralho.Parece que a primeira opção cabe a essa banda em questão.A Tempestade Conservadora chega a sua Entrevista 866 com essa interessante banda da Austria intitulada como Fearancy.É bom que se diga que eles se indentificam como uma Banda de Death Metal Melódico,mas eles fazem uma mistura tão boa de todos ou grande parte dos estilos do metal que você não chega a essa conclusão,pelo menos em um primeiro momento.Em março de 2016,eles lançaram seu primeiro álbum intitulado como Paranoia.Fizeram vários shows dentro e fora da Austria e mesmo com as mudanças no staff da banda,manteve sua pegada moderna com o Death Metal Melódico que os consagram.Agora,eles voltam para nos apresentar o seu segundo álbum intitulado como Daemonium.A Entrevista que você vai acompanhar em todas as suas emoções começa após uma música deles.Vamos lá!

TC 1:Quem é quem na banda?

Phil-Fearancy:Somos Max no vocal, Dorni no baixo, Benji na bateria e Phil nas guitarras.

TC 2:Falem sobre o trabalho de composição em Daemonium?

Phil-Fearancy:Normalmente, começamos a escrever riffs e a composição básica em casa para que cada membro da banda já possa ter um primeiro vislumbre de como a música pode soar no final e em que direção estamos indo. Na verdade, começamos a escrever riffs há cerca de cinco anos, mas o estilo ficou mais pesado e mais Melo Death como quando Max e Benji se juntaram à banda em 2019. Depois disso, nós meio que adaptamos o material que já havíamos ensaiado e imediatamente começamos a escrever e ensaiar novos e coisas ainda mais pesadas, incluindo batidas explosivas, maior velocidade e ação global mais dinâmica.

TC 3:Qual tema o lírico do álbum?

Phil-Fearancy:Não é um álbum conceitual, mas existem alguns tópicos que conectam as letras umas com as outras, como, por exemplo, lutas internas ou lutando contra o demônio interno, visões de pesadelo, cenários apocalípticos e assim por diante.

TC 4:Que inovações você tentou fazer no seu estilo?

Phil-Fearancy:Como já mencionei, tomamos uma direção diferente desde que os caras novos” se juntaram a nós. Começando com batidas explosivas que nunca tínhamos usado antes, rosnados ou gritos mais profundos e agressivos até abandonar os vocais limpos e o som mais industrial do primeiro álbum Paranoia (2016). Também usamos muitos samples rítmicos em nosso primeiro álbum, que meio que substituímos por uma configuração de guitarra ou baixo mais melódica.

TC 5:Além da música,o que a banda gosta de fazer?

Phil-Fearancy:Claro que também adoramos ir a shows e festivais o máximo possível, referindo-nos a uma certa pandemia agora.{haha!}.

TC 6:Porque a banda tem esse nome?

Phil-Fearancy:Tentamos muitos nomes e combinações de nomes diferentes e meio que queríamos algo novo e curto. Nosso nome pode ser visto como uma combinação de é claro que o medo e outras palavras possíveis como frequência ou fantasia em termos de imaginação.

TC 7:Alguma literatura inspira a banda?

Phil-Fearancy:Não realmente, pelo menos não até este ponto.Mas, talvez para os próximos álbuns.

TC 8:O que a Fearancy tem de diferente de suas bandas anteriores?

Phil-Fearancy:Eu só posso falar por mim agora, mas para mim foi e é a primeira banda de metal de verdade com músicas e ideias próprias. Dorni que é o nosso baixo e eu já tínhamos estado em uma banda cover do Rammstein antes que se chamava Hammerwerk e um dia tentamos alguns riffs e foi assim que tudo evoluiu naquela época em 2014.

TC 9:Qual banda você gostaria de ser por um dia e por quê?

PhIL-Fearancy:Novamente falando por mim é uma pergunta difícil com muitas possibilidades e mas como um fã de longa data da grande banda Nevermore, eu provavelmente os escolheria e seria capaz de tocar como Jeff Loomis {haha}.É tão triste que eles provavelmente nunca mais se apresentarão, uma banda realmente ótima e talvez o Kataklysm, do qual também sou um grande fã e porque seu guitarrista J-F Dagenais mixou e masterizou nosso álbum.

TC 10:Como a banda chegou na Black Sunset / MDD Records?

Phil-Fearancy:Após o término da produção do álbum, procuramos uma pequena gravadora que nos apoiasse em termos de prensagem dos CDs, arrancando as camisetas e nos ajudando a divulgar nossa música e então, entramos em contato com os caras do MDD / Black Sunset e eles estão fazendo um ótimo trabalho e são pessoas muito legais!

TC 11:Quais bandas influenciaram vocês?

´Phil-Fearancy:Apenas para citar alguns: Kataklysm, In Flames, Devildriver, Lamb of God, Nevermore, Children of Bodom, Machine Head, Slipknot.

TC 12:Qual a ideia da capa do álbum?

Phil-Fearancy:Diego Gedoz de Souza de Portugal, fez essa grande obra por conta própria e nós gostamos muito na hora. Também meio que nos inspirou para o título do álbum Daemonium.

TC 13:Este álbum é conceitual?Sim ou Não e Porque?

Phil-Fearancy:Como respondi à terceira pergunta, não é um álbum conceitual, mas ainda tem alguns tópicos sobrepostos e giratórios.

TC 14:Tem um assunto que a banda não gosta de falar?

Phil-Fearancy:No momento: acho que todo o material e política do COVID, nem liricamente, nem pessoalmente.

TC 15:A banda sentiu diferenças em Paranoia e agora em Daemonium?

Phil-Fearancy:Referindo-se à minha resposta para a segunda e quarta perguntas, agora demos um grande passo de um estilo mais industrial e groovy para Melodic Death Metal com velocidade mais rápida, vocais mais agressivos e uma direção geral mais pesada.

TC 16:Como aconteceu o patrocínio com o Ske?

Phil-Fearancy:Nós também entramos em contato com eles depois que nosso álbum foi finalizado e somos muito gratos pelo apoio deles porque tivemos que pagar todas as taxas de produção por conta própria.

TC 17:Mandem uma mensagem aos fãs,pessoal.A Entrevista acabou!

Phil-Fearancy:Obrigado por ler esta entrevista. Continue apoiando a Tempestade Conservadora“, fique à vontade para assistir nosso novo vídeo Daemonium no Youtube e compre nosso próximo disco Daemonium que será lançado no dia 13 de agosto. Fique seguro!

Publicado por Lipetempestade

Uma pessoa de personalidade forte mas disciplinadora e exigente

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Guilherme Angra

Escritor e Psicoterapeuta

UNDERGROUND N' PROUD

THE BEST OF THE ROCK AND METAL UNDERGROUND!

THE HEADBANGING MOOSE

PURE F****N' METAL!

Rock Out Stand Out

The go to place for all the latest in rock and metal music!

The Metal Wanderlust

Metal, Metal, and maybe even some more Metal!

The Metal Gamer

Where the world of metal and gaming becomes one

MAGAZINEANV

DIVULGUE PRODUTOS DO

Tempestade Conservadora

Atitude,Esporte e Espiritualidade

BlueNote Blog

CARTAS PRA NINGUÉM

Discover WordPress

A daily selection of the best content published on WordPress, collected for you by humans who love to read.

Faiock Estúdio

Edição de vídeos, jingles, dublagem, conteúdo, animação etc

HeavyMetalToTheWord

Propagando o Rock e o Metal na sua verdadeira essência..!!

Blog da Jor72

Blog de 'Jornalismo Online' da Faculdades Cearenses (FAC) 2020.2

Cinemarcoblog

Cinema, séries e memórias de um cinéfilo.

Metal Viewer

Kleine Bands werden hier groß geschrieben.

%d blogueiros gostam disto: