Entrevista 886 com os Canadenses da Svneatr


Que o Canadá é um paraíso para as bandas de metal extremo,isso o mundo já sabia.O que o mundo agora obteve a certeza é que essa força extrema ganha o reforço do lado maligno do metal.O Black Metal.Esses caras mostram isso de modo fantástico e completo pra gente.A Tempestade Conservadora chega a sua Entrevista 886 e a Terceira Entrevista em modo curto com a banda canadense Svneatr.Eles nos mostram a consolidação de sua carreira com esse segundo álbum intitulado como Chinook.A banda é formada por:Vitharr Monteith como Vocalista e Guitarrista,James Readman como Segundo Guitarrista,Shawn Hillman como Baixista e Matt Logan como Baterista.Vitharr respondeu as nossas perguntas,as quais vocês vão acompanhar em todas as suas emoções.Mas,antes disso,vamos ao álbum completo destes cruéis canadenses.

TC 1:Fale sobre o trabalho de composição em Chinook?

Vitharr Monteith:Falando em termos de composição, queríamos fazer um álbum que fosse memorável e interessante. Queríamos tentar não fazer o que todas as outras bandas de black metal fazem, geralmente acordes menores, palhetas tremidas e batidas explosivas por 40 minutos. Nós realmente tentamos experimentar diferentes ritmos, acordes, influências e escrever músicas que soassem fortes por conta própria e coesas umas com as outras.

TC 2:Não me lembro de ter conversado com outra banda tão minimalista. Por que esse minimalismo é tão forte na banda?

Vitharr Monteith:Algumas das melhores canções e riffs de todos os tempos são bastante simples. Nunca queremos forçar algo a ser excessivamente complicado só por fazer. Dito isso, os meandros da música são mais matizados do que talvez com outras bandas, escolhas de notas, progressões de acordes e assim por diante.

TC 3:Embora a banda seja anti-religiosa, você lida com assuntos místicos. Mas, para algumas pessoas, isso é uma forma de religião. Isso não é algo contraditório?

Vitharr Monteith:Eu não diria que somos anti-religiosos. Anti-autoridade, talvez. A maioria das letras é altamente metafórica e o assunto trata de muitos assuntos diferentes; racismo, depressão, mudança climática, xenofobia, etc. Acredito que você é livre para praticar qualquer religião que desejar, desde que não imponha esses valores aos outros.

TC 4:Porque a banda tem esse nome?

Vitharr Monteith:O nome vem de Ragnarok quando os lobos Hati e Skoll devoram o sol e a lua.Ás vezes, é Fenrir. Esta é uma metáfora para o apocalipse que enfrentamos com as mudanças climáticas. É pronunciado como Sun Eater.

TC 5:Qual a ideia da capa do álbum?

Vitharr Monteith:A arte foi feita por uma artista indígena canadense, Jacquie Potvin Boucher. Eu a encontrei pelo instagram e ela pinta todas essas lindas paisagens. Eu realmente queria conectar o álbum à terra que ocupamos e torná-lo regionalmente específico de onde viemos. Isso também está relacionado ao título “Chinook”, que é um fenômeno climático que ocorre perto de onde eu moro. A obra de arte é linda, mas desolada e assustadora.

TC 6:Este álbum é conceitual?Sim ou Não e Porque?

Vitharr Monteith:Muito disso é apenas sobre os tempos em que vivemos e as lutas associadas a estarmos vivos. Eu não diria que é conceitual, não, mas a mudança climática é destaque como um tema proeminente ao longo do álbum.

TC 7:A banda sentiu diferenças em  The Howl,The Whisper,The Hunt e agora em Chinook?

Vitharr Monteith:As diferenças são enormes para mim. As músicas mais antigas do THTWTH são de 2013-2014, então a formação mudou, adicionamos um segundo guitarrista, mas o mais importante, nos abrimos para sermos influenciados por tudo. Eu gosto muito do primeiro disco, mas parece restrito a um som mais típico de black metal. Naquela época, eu queria que fosse como Lobos na Sala do Trono ou algo assim. Com “Chinook”, não só foi muito mais colaborativo durante o processo de composição, mas também nos permitimos fazer o que queríamos para tornar cada música o melhor possível. Você pode definitivamente dizer a diferença com músicas como “Lavender” e “Erasure”. Essa abertura também nos levou a incorporar vocais limpos e elementos progressivos à música.

TC 8:Uma mensagem aos fãs,pessoal.A Entrevista chegou ao fim.

Vitharr Monteith:Obrigado pelo apoio! Temos grandes coisas planejadas para o próximo ano. Vacine-se para que possamos fazer acontecer.

Publicado por Lipetempestade

Uma pessoa de personalidade forte mas disciplinadora e exigente

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Guilherme Angra

Escritor e Psicoterapeuta

UNDERGROUND N' PROUD

THE BEST OF THE ROCK AND METAL UNDERGROUND!

THE HEADBANGING MOOSE

PURE F****N' METAL!

Rock Out Stand Out

The go to place for all the latest in rock and metal music!

The Metal Wanderlust

Metal, Metal, and maybe even some more Metal!

The Metal Gamer

Where the world of metal and gaming becomes one

MAGAZINEANV

DIVULGUE PRODUTOS DO

Tempestade Conservadora

Atitude,Esporte e Espiritualidade

Blue Disc Blog

Resenha de Discos

Discover WordPress

A daily selection of the best content published on WordPress, collected for you by humans who love to read.

Faiock Estúdio

Edição de vídeos, jingles, dublagem, conteúdo, animação etc

HeavyMetalToTheWord

Propagando o Rock e o Metal na sua verdadeira essência..!!

Blog da Jor72

Blog de 'Jornalismo Online' da Faculdades Cearenses (FAC) 2020.2

Cinemarcoblog

Cinema, séries e memórias de um cinéfilo.

Metal Viewer

Kleine Bands werden hier groß geschrieben.

%d blogueiros gostam disto: