Entrevista 892 com a Banda Húngara Amorite


Amorite - Photo
Nenhuma descrição de foto disponível.

A Hungria é um país que passou por experiências nada felizes.Ainda assim,sobreviveu e mostrou que é capaz de grandes potenciais.Um deles foi fazer uma corrida de fórmula 1 após ser a cortina de ferro do mundo socialista.Outro talento é que hoje vive sob um regime conservador.No Heavy metal,as coisas precisam evoluir.Por isso,hoje a Tempestade Conservadora que chega na sua Entrevista 892 conversa com a Banda Amorite.A banda nos mostra seu segundo petardo intitulado como Archaic Faces Of Ecstasy.A banda é formada por:Martón Sass como Vocalista,Csaba como Guitarrista e Baixista e Péter Szabó como Baterista e Vocalista.Toda a banda respondeu as nossas perguntas.As quais,vocês vão acompanhar em todas as suas emoções.Mas,antes, o álbum completo deles.

TC 1:Falem sobre o trabalho de composição em Archaic Faces Of Ecstasy?

Amorite:Usamos um método diferente do usual para este registro. A visão de Csaba era criar uma sensação profundamente mística e xamanística por meio da própria música e das letras. Esse foi o ponto de partida. Com este conceito comecei a escrever as percursos de bateria primeiro. Fiz muita improvisação apenas para sentir cada faixa, tendo em mente que no final do dia ainda estamos escrevendo músicas, não improvisações de free jazz. Depois de escrever as trilhas do álbum completo, Csaba compôs as partes da guitarra e finalizou o clima completo do álbum.

TC 2:Como foi o trabalho split com a Gravitomagnetic Instability?

Amorite:Essa ideia veio do nosso distribuidor Neverheard Distro, na verdade não trabalhamos junto com a GI. O lançamento foi quase uma surpresa para nós, mas uma boa surpresa. GI é uma ótima banda, gostamos da ideia de dividir.

TC 3:Como a banda trabalha o sofrimento interior neste álbum?

Amorite:Não escrevemos sobre sofrimento interior, apenas coisas espirituais, experimentações e pensamentos sobre o assunto.

TC 4:Porque a banda tem esse nome?

Amorite:Os amorreus eram antigos povos históricos da região do Oriente Médio que eram a Suméria, Babilônia, Akkad, Mesopotâmia etc e em torno de antigos mitos sumer e babilônios, então, estávamos procurando por um nome de banda compacto e relevante daquele período. Amorite atendeu ao nosso interesse e conceito em relação ao nome da banda. Também queríamos encontrar um “nome de uma palavra” para a banda.

TC 5:Qual a ideia da capa do álbum?

Amorite:A arte foi feita por Andkill. Um grande artista, que preparou uma obra única, voltada para as nossas necessidades. Ele representa o antigo espiritualismo através de uma imagem sobre um ritual escuro que está acontecendo agora. Nós gostamos muito, porque é um pouco diferente das capas usuais usadas por bandas de death / black.

TC 6:Que tipo de espiritualidade a banda aborda neste álbum?

Amorite:Apenas espiritualismo pessoal. Cada um de nós deve encontrar a paz interior, a conexão com este mundo e com o mundo espiritual, que eu acredito não ser algo universal. Depende de você. Como você pode encontrar esses valores dentro de você e o que fará com a sabedoria depende apenas de você. Não existem duas maneiras idênticas de alcançar e aprender seu eu interior.

TC 7:Qual a atmosfera vocês querem criar com o álbum?

Amorite:A única coisa que queríamos criar é um clima que ressoe com nossos pensamentos sobre o espiritualismo. Se você sentir o mesmo enquanto ouve o álbum, ótimo! Se não, apenas aproveite e encontre suas próprias conclusões, suas próprias associações e conexão com a música.

TC 8:Como a banda mistura o Old School Death Metal com o lado moderno do Death Metal?

Amorite:Não tínhamos nenhuma concepção de gênero em mente. Eu realmente não me importo se a ideia é moderna ou velha. Nós apenas nos concentramos no clima geral e no conceito e escrevemos músicas com o nosso coração. Esse é o resultado. Moderno? Moda antiga? Death Metal? Metal Black? Eu realmente não me importo. É nossa música, nossa alma, nossa concepção sobre espiritualismo e rituais sombrios.

TC 9:O que a Amorite tem de diferente de suas bandas anteriores?

Amorite:Do meu lado, não há muita diferença entre o Amorite e minhas outras bandas (In Vacuo; Aseroe; Maverick Spirits. Claro, se você ouvir essas bandas, pode perceber claramente as diferenças. Mas criar, escrever músicas e expressar humores, conceitos , os pensamentos são os mesmos. Meu objetivo é aproveitar o processo de composição e gravação, manifestando sentimentos na música honestamente e, aconteça o que acontecer, acontecerá. O gênero e as diferenças de som vieram das diferentes pessoas com quem trabalho, não de uma decisão clara de que os amorreus deveria ser mais Death Metal, In Vacuo e Aseroe deveriam ser mais black metal, Maverick Spirits deveria ser progressivo, simplesmente acontece, depende da química entre os membros.

TC 10:Além da música,o que a banda gosta de fazer?

Amorite:Acho que minha resposta será um pouco decepcionante porque eu não faço rituais negros e uivo no meio da noite na floresta. Coisas normais. Além de criar música, passo muito tempo com minha família. Eu realmente gosto de livros, filmes e qualquer coisa sobre uísque da velha escola! Raramente bebo alguma coisa, mas o processo de fabricação do uísque, as diferenças regionais, os blends especiais, os diferentes fornecedores etc. me surpreendem. Aprendi muito sobre isso e tento ser a chata sholastic de uísque da família.

TC 11:Quais bandas influenciaram vocês?

Amorite:Minha principal influência é apenas a MÚSICA. Expressar sentimentos através da linguagem da música. Acontece que eu gosto muito de metal, mas o metal não é o alfa e o ômega. Posso encontrar coisas interessantes em quase todos os gêneros. Claro que o metal é a linha de base e minha principal influência, mas eu realmente não tenho uma influência estrita dentro do metal. Existem ótimas bandas, ótimos álbuns, ótimos músicos que eu realmente gosto e me inspiram, mas conforme fico mais velho, isso é cada vez mais irrelevante. Como baterista, acho que minhas influências principais foram Mike Portnoy, Frost, Hellhammer e Martin Lopez. Nos primeiros tempos, tentei misturar Portnoy com Lopez e tentar tocar como eles. Agora estou apenas improvisando na maioria das vezes.

TC 12:Que tipo de assunto não merece uma música da Amorite?

Amorite:Não nos interessamos por nenhum tipo de política, não acreditamos em guerra ou comportamento agressivo. Amorite tem tudo a ver com nossa jornada interior. Encontrar nossa alma, significados transcendentais na vida, ser um com o mundo material e não material ao nosso redor. Se o assunto se encaixa neste critério, então ele merece ser uma canção amorreu. Se não, então, isso não é nossa xícara de chá.

TC 13:A banda acredita que este álbum é conceitual?Sim ou Não e Porque?

Amorite:Certamente, há um conceito vago em relação aos temas. O conceito geral é sobre espiritualismo e ritualismo. Mas não há nenhuma história estrita por trás das músicas.

TC 14:A banda sentiu diferenças entre Invisible Fire e agora em Archaic Faces of Ecstasy?

Amorite:Na verdade, existem muitas diferenças. O Invisible Fire foi um teste de como podemos trabalhar em conjunto com o Csaba. Existe alguma química entre nós, podemos encontrar um terreno comum e escrever músicas juntos. Descobriu-se que podemos. Mas o Invisible Fire tinha muitas falhas. Acho que demos um grande passo em frente com a Entropy Final, mas ainda experimentamos muito com climas e técnicas. Nosso primeiro álbum planejado e bem preparado é definitivamente Archaic Faces, onde focamos apenas no clima, no conceito e nos sentimentos. Desta vez, não tivemos que nos concentrar em como trabalhar juntos, mas apenas no que queremos alcançar através do processo de composição. Acho que nosso próximo álbum será um passo ainda maior, baseado em Archaic Faces.

TC 15:É mais fácil ou mais prático uma banda como powertrio?

Amorite:Na verdade, trabalhamos com a Csaba como dupla. Amorite não é uma banda ativa, apenas um projeto de estúdio. Mesmo assim, houve uma oportunidade de subir no palco em dezembro do ano passado, mas Covid estragou tudo. Não há tempo e espaço agora em nossa vida para ensaiar gradualmente e fazer shows como uma banda “normal”. Nós nos concentramos na composição e estimulando o processo de criação de novo material. Todos os outros caras são membros da sessão.

TC 16:Como a banda chegou na Sun &Moon Records?

Amorite:Depois que terminamos a gravação do AFOE, mandamos uma mensagem para a Sun & Moon, e eles precisam lançá-la ainda este ano. Ótima gravadora, estamos felizes pelo convênio.

TC 17:Uma mensagem aos fãs,a entrevista acabou!

Amorite:Obrigado pela oportunidade! Minha única mensagem é esta: ouça a música que você gosta, tenha a mente aberta, seja honesto, um membro valioso da família, preste atenção nas coisas ao seu redor, seja paciente e nunca acredite em nenhuma propaganda!

Publicado por Lipetempestade

Uma pessoa de personalidade forte mas disciplinadora e exigente

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Guilherme Angra

Escritor e Psicoterapeuta

UNDERGROUND N' PROUD

THE BEST OF THE ROCK AND METAL UNDERGROUND!

THE HEADBANGING MOOSE

PURE F****N' METAL!

Rock Out Stand Out

The go to place for all the latest in rock and metal music!

The Metal Wanderlust

Metal, Metal, and maybe even some more Metal!

The Metal Gamer

Where the world of metal and gaming becomes one

MAGAZINEANV

DIVULGUE PRODUTOS DO

Tempestade Conservadora

Atitude,Esporte e Espiritualidade

Blue Disc Blog

Resenha de Discos

Discover WordPress

A daily selection of the best content published on WordPress, collected for you by humans who love to read.

Faiock Estúdio

Edição de vídeos, jingles, dublagem, conteúdo, animação etc

HeavyMetalToTheWord

Propagando o Rock e o Metal na sua verdadeira essência..!!

Blog da Jor72

Blog de 'Jornalismo Online' da Faculdades Cearenses (FAC) 2020.2

Cinemarcoblog

Cinema, séries e memórias de um cinéfilo.

Metal Viewer

Kleine Bands werden hier groß geschrieben.

%d blogueiros gostam disto: