Entrevista 906 com a Banda da Lituânia Stormgrey


Pode ser uma imagem de 5 pessoas

A Lituânia depois que resolveu seus conflitos com a Antiga União Soviética saiu mais forte.Por várias razões,mas não iremos abordar isso.O que podemos dizer que esse país nos deu grandes figuras no basquete e bandas de metal muito interessantes.Uma delas,falará conosco hoje.Essa banda é a Stormgrey e eles nos apresentam seu álbum de consolidação,o seu segundo álbum intitulado como DNA Of Chaos.A banda é formada por:Andrius Saulys como Vocalista,Arunas Mikolajunas e Raimondas Kieras nas Guitarras,Liudas Remeika como Baixista e Arunas Staugaits como Baterista.Andrius respondeu as nossas perguntas,as quais vocês vão acompanhar em todas as suas emoções.Antes disso,vamos a uma música deles.

TC 1:Falem sobre o trabalho de composição em DNA of Chaos?

Andrius Saulys:A composição das faixas do nosso segundo álbum DNA Of Chaos começou em 2015. Demorou muito porque nosso baterista original faleceu que descanse em paz, Viktoras Mogilo-Zano. Após sua morte, tentamos vários bateristas, antes de encontrarmos a combinação perfeita em nosso atual baterista Arunas. Nosso princípio no STORMGREY é que todas as músicas são criadas por contribuições de todos os membros da banda. Como eu disse, demorou mais do que o normal para completar a criação deste álbum, mas estávamos prontos para entrar em estúdio com este novo álbum em dezembro de 2020 e terminamos de gravá-lo em fevereiro de 2021.

TC 2:É uma pergunta clichê, mas precisa ser feita. O mundo sempre viveu em um caos ou é mais evidente hoje do que no tempo de nossos pais?

Andrius Saulys:Acho que o caos sempre existiu, porque não pode haver harmonia sem caos, deve haver equilíbrio neste mundo. Falando dos velhos tempos, acredito, o caos estava muito mais acima da harmonia, especialmente se falamos dos tempos de inquisição, quando as pessoas eram torturadas por suas crenças, queimadas no fogo ou apenas forçadas a acreditar em Deus. Em qualquer caso, acredito que o caos faz parte de todas as nossas vidas.

TC 3:Na segunda música, o sonho do homem ridículo de Fédor Dostoievski veio à minha mente. Essa foi a ideia da banda para essa música ou apenas uma opinião aleatória de um jornalista / fã?

Andrius Saulys:Essa música foi escrita há muito tempo, mas posso garantir que não tem nada de mútuo com Dostoievski, porque não li esse texto. Esta música é sobre um homem simples que está cansado desta vida, não vê nada de positivo, apenas sujeira e lama é sua existência e ele decide acabar com tudo de uma maneira incomum.

TC 4:Se o ódio não existisse, o Death Metal não aconteceria ou acontece por causa disso?

Andrius Saulys:Não acho que o ódio seja um motor do Death Metal, há muito mais coisas ou sentimentos, como sofrimento, raiva, dor e não pelo menos, SATAN. Por outro lado, as pessoas que tocam metal são muito gentis e amigáveis, talvez porque espalhem todas as suas emoções ruínas para a música.

TC 5:Na terceira música, podemos dizer que é uma sátira odiosa da Páscoa?

Andrius Saulys:Com certeza é. Se você leu as letras, deve entender, odiamos todos esses temas de ressurreição e tudo o que está escrito naquele livro de contos de fadas.

TC 6:O que a Stormgrey tem de diferente de suas bandas anteriores?

Andrius Saulys:Eu era um vocalista do Anomaly, também tocávamos death metal, mas era mais death metal da escola americana, mais técnico, talvez um pouco mais brutal com mais batidas explosivas. Nosso guitarrista Raimondas e o baixo Liudas tocaram no Necropsy e depois no Dissection que era uma banda técnica / clássica de death metal. Stormgrey é diferente dessas bandas no sentido de que a musicalidade é talvez mais madura e mais mid-tempo em comparação com as faixas full-speed que tocamos há 30 anos.

TC 7:Como a banda chegou na Great Dane Records?

Andrius Saulys:A Great Dane Records ofereceu muito para nós e decidimos ir com ela. É tão simples e direto.

TC 8:Qual a ideia da capa do álbum?

Andrius Saulys:Esta obra-prima foi pintada por nosso baterista Arunas Staugaitis, como você pode ver, parece um DNA humano com algumas faces demoníacas, então eu acho que é assim que o DNA do caos deve se parecer. A faixa final do álbum intitulado DNA Of Chaos of já fez, e com base nela nosso baterista criou a pintura especificamente para este álbum. Você pode verificar sua arte em http://www.facebook.com/arunas.staugaitis.

TC 9:Que tipo de assunto não merece uma música da Stormgrey?

Andrius Saulys:Nunca pensamos sobre isso especificamente, mas acho que as questões mundanas do dia a dia não mereceriam nossa atenção como inspiração para nossas faixas.

TC 10:Porque a banda tem esse nome?

Andrius Saulys:Queríamos escolher um nome que fosse único na esfera do metal e refletisse as características sombrias de nossa música.

TC 11:Além da música,o que gostam de fazer?

Andrius Saulys:Beber cerveja,beber cerveja e um pouco de vinho.

TC 12:Alguma literatura inspira a banda?

Andrius Saulys:Pessoalmente, não tenho muito tempo para ler agora, mas antes li muito, o melhor livro para mim, eu acho, é a Torre Negra de Stephen KING.

TC 13:Este álbum é conceitual?Sim ou Não e Porque?

Andrius Saulys:Se falamos sobre satanismo ou mal, então sim o álbum é conceitual, porque cada música tem algo de mal nele. No entanto, não podemos afirmar que é puramente conceitual porque cada música foi escrita em um ponto diferente no tempo, em um clima diferente, mesmo em um país diferente.

TC 14:A banda sentiu diferenças em Prey,Crawl,Suffer e agora em DNA of Chaos?

Andrius Saulys:Esses dois álbuns são muito diferentes por vários motivos. Em primeiro lugar, a formação inclui um novo baterista e vocalista. Em segundo lugar, houve um longo intervalo de 2015 (Pray.Crawl.Suffer) até 2021 DNA Of Chaos, e durante esse tempo nossa composição musical se desenvolveu, isso é uma coisa natural. E terceiro, o novo álbum foi mixado e masterizado em um estúdio diferente (mixado na Clintworks Audio por Dennis Israel, um engenheiro de áudio extremamente talentoso, e masterizado por Jens Bogren na Fascination Street). Portanto, tem um som diferente que em nossa opinião se adequa ainda melhor à nossa música.

TC 15:Mensagem aos fãs,pessoal.A Entrevista chegou ao fim!

Andrius Saulys:Desde 1988 e até hoje, somos grandes fãs do Sepultura (discos antigos) e do Ratos de Porão. Portanto, é uma honra fazer esta entrevista para os leitores brasileiros. Continue fazendo mosh e apoie o underground. Cervejas !!!

Publicado por Lipetempestade

Uma pessoa de personalidade forte mas disciplinadora e exigente

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

grizzlybuttscom.wordpress.com/

Heavy metal, video games and the void...

Guilherme Angra

Escritor e Psicoterapeuta

UNDERGROUND N' PROUD

THE BEST OF THE ROCK AND METAL UNDERGROUND!

THE HEADBANGING MOOSE

PURE F****N' METAL!

Rock Out Stand Out

Supporting your mental wellbeing whilst promoting the latest in rock and metal!

The Metal Wanderlust

Metal, Metal, and maybe even some more Metal!

The Metal Gamer

Where the world of metal and gaming becomes one

MAGAZINEANV

DIVULGUE PRODUTOS DO

Tempestade Conservadora

Atitude,Esporte e Espiritualidade

My Favorites Discs

Ricardo Cunha

Discover WordPress

A daily selection of the best content published on WordPress, collected for you by humans who love to read.

Faiock Estúdio

Edição de vídeos, jingles, dublagem, conteúdo, animação etc

HeavyMetalToTheWord

Propagando o Rock e o Metal na sua verdadeira essência..!!

Blog da Jor72

Blog de 'Jornalismo Online' da Faculdades Cearenses (FAC) 2020.2

Cinemarcoblog

Cinema, séries e memórias de um cinéfilo.

%d blogueiros gostam disto: