Entrevista 907 com a Banda Austríaca Rotten Halo


Abrir foto
ROTTEN HALO - Devoured Hope cover

A Austria deu ao mundo várias coisas.Algumas delas incríveis como Mozart,Freud,Niki Lauda,Red Bull.Outras nem tanto como Adolf Hitler.Mas,eles souberam consertar seus erros e aperfeiçoar suas virtudes tanto no campo musical como no esporte ou no aspecto empresarial e isso no universo do metal é ainda mais verdade.A maior prova disso é que hoje nossa equipe faz a Entrevista 907 com uma banda que está começando,mas começa mostrando um grande talento.Os nossos entrevistados pertencem a banda Rotten Halo.Eles nos mostram sua primeira obra intitulada como Devoured Hope.A banda é formada por:Raphi como Baixista e Vocalista,Tim e Alex como Guitarristas e Chris como Baterista.Chris foi o elegido para responder nossas fortes,porém necessárias perguntas.As quais,vocês vão acompanhar em todas as suas emoções.Mas,antes disso,vamos a uma música de nossos entrevistados.Respeitando sempre o nosso protocolo e apenas lembrando que eles misturam a agressividade do Death com a atitude matadora do Metalcore.

TC 1:Falem sobre o trabalho de composição em Devoured Hope?

Chris:Depois do nosso primeiro show em Viena no dia 11 de setembro devido ao Covid-19, o primeiro bloqueio na Áustria foi decretado e tivemos que fazer uma pausa nos ensaios regulares duas vezes por semana. Por causa disso, decidimos nos concentrar em escrever músicas e trabalhá-las em casa. Depois que os hard lockdowns acabaram e fomos capazes de ensaiar novamente, o processo de “malhar” começou e as primeiras músicas do nosso álbum tiveram seus retoques finais. Naquela época também, decidimos que era hora de gravar nosso primeiro álbum. Em relação a essa decisão, demos toda a nossa energia à banda e tentamos nosso melhor para fazer essas dez músicas tão boas quanto pudemos e assim aconteceu, que mudamos, deletamos e criamos novas partes para algumas músicas enquanto as gravávamos no estúdio de Marcel Jaquemond que também foi Mixado por Marcel. Nosso principal objetivo com este álbum era mostrar nossa diversidade musical e escrever músicas para as quais bateríamos cabeça também. Queríamos mostrar às pessoas nossos sentimentos confusos sobre muitas coisas neste mundo que estão acontecendo com este álbum e também fazê-los ansiar por mais. Porque há mais, muito mais.

TC 2:Se pararmos para pensar, sentimos realmente que nossas esperanças estão sendo devoradas. Mas quais estruturas na opinião da banda podem ser a causa dessa devoração?

Chris:Essa é uma pergunta difícil, cara. Existem muitos motivos que podem causar essa devoração. Por um lado, há toda a coisa do clima acontecendo. Por outro lado, há tanto mal neste mundo que é mostrado por coisas como bairros cheios de pobreza que estão sendo tratados como se não existissem por políticos, guerras por todo o planeta e até as pequenas coisas como tratar outros humanos seres em seu ambiente pessoal são ruins. Com certeza essas são algumas estruturas que podem causar isso, mas há muito mais. Como músicos, por exemplo, podemos dizer que é muito difícil manter sempre o seu sonho de fazer música para a sua profissão. Existem muitas pessoas que tentarão distraí-lo, distorcer seus sonhos e colocar obstáculos em seu caminho.

TC 3:Em certos momentos, a banda fala sobre a guerra. Mas a banda se refere às guerras mundiais ou às guerras que o homem enfrenta diariamente?

Chris:Bem, é mais sobre as guerras que todos enfrentam diariamente. Todos nós temos coisas pelas quais vale a pena morrer e por isso foi importante para nós escrevermos sobre esses temas. Em Lords of War, queremos contar uma história.

TC 4:Sem dúvida, somos os culpados por essa mudança climática. Mas a banda imagina que a própria natureza faria essa mudança por conta própria?

Chris:Não. Para nós está claro que estamos destruindo nosso planeta de muitas maneiras diferentes e que essa mudança de clima como a vivemos agora, não teria acontecido da maneira que acontece.Com certeza, a natureza está sempre mudando, mas definitivamente não do jeito que estamos fazendo e definitivamente não da velocidade que mudou nas últimas décadas.

TC 5:Na nona música, você fala sobre realidades distorcidas. Seria algo como se vivêssemos em uma matrix ou em um mundo inverso, qual seria a teoria da banda sobre isso?

Chris:Bem, essa é uma pergunta difícil para ser honesto. Eu diria que estamos todos abertos para a ideia de viver em algum tipo de matriz ou realidade simulada, mas quem pode saber de verdade, certo? Certamente é um tema muito interessante para se pensar e também escrever música. Praticamente abre possibilidades criativas infinitas. Obrigado pela ideia!

TC 6:O que a Rotten Halo tem de diferente de suas bandas anteriores?

Chris:As nossas bandas anteriores eram bandas cover e mais voltadas para hobby como esta. Rotten Halo é o primeiro que levamos completamente a sério. E a primeira banda que está fazendo a música que todos amamos o metal.

TC 7:Como surgiu o convite para Dushi Dushinson?

Chris:Chris conheceu Dushi por meio da plataforma de streaming “Twitch”, onde ele fazia streaming regularmente enquanto os bloqueios duravam. Eles começaram a se conhecer um pouco melhor com o passar do tempo e Chris perguntou a Dushi se ele estaria interessado em fazer um longa. Depois de esclarecer todos os aspectos comerciais de seu trabalho juntos, o Sr. Dushinson escreveu um solo épico para nossa música “A World Worth Dying For”.

TC 8:Qual a ideia da capa do álbum?

Chris:A capa do álbum é uma combinação de nossos aspectos podres e de halo e também se encaixa perfeitamente com o nome do álbum “Devoured Hope”. Na frente, você pode ver uma pessoa ainda rezando enquanto seu interior já está voltado para o lado da morte e distorcido, Esperanças e Sonhos devorados.

TC 9:Além da música,o que gostam de fazer?

Chris:Para ser honesto, não há muito tempo próximo à música para nós. Raphi está trabalhando como jardineiro, Tim está estudando economia na universidade em Viena, Chris está estudando música em Eisenstadt e Alex está no seu melhor caminho para conseguir um enfermeiro. Às vezes, se dá tempo de jogarmos alguns videogames juntos, é isso.

TC 10:O que a banda quer dizer com Antivist?

Chris:Antivista é uma pessoa que está muito satisfeita com a sociedade. Ele defende o que é certo em sua opinião, não importa o que os outros possam pensar dele.

TC 11:Que tipo de assunto não merece uma música da Rotten Halo?

Chris:Temos a mente bastante aberta para quase todos os tópicos. Mas uma coisa que não queremos tocar é a segunda guerra mundial, há bandas suficientes fazendo isso.

TC 12:Quais bandas influenciaram vocês?

Chris:Recebemos muitas, muitas influências.Cada um de nós vem de um subgênero diferente do Metal. Raphi, por exemplo, é um grande fã de Thrash e Old School Metal. Tim ama Deathcore e Metalcore, Alex é um grande fã de Hardcore, Hardcore-Punk e Metalcore e Chris é o cara que veio do Folk e Pagan Metal e se tornou um entusiasta do Death e Blackmetal.

TC 13:Este álbum é conceitual?Sim ou Não e porque?

Chris:Não, na verdade não. A ideia de um álbum conceitual já existia, mas durante o processo de composição decidimos manter o plano conceitual para o álbum número dois. Porque se encaixa melhor no plano que temos para isso.

TC 14:Alguma literatura ou filme inspiram a banda?

Chris:Não,realmente não.

TC 15:A oitava música é uma homenagem a uma pessoa amada pela banda ou a uma pessoa morta aleatória?

Chris:É uma pessoa morta aleatória.

TC 16:O homem é um animal que carrega o cadáver nas costas o tempo todo?

Chris:Sim. Todos nós temos que carregar um certo peso. E todos nós temos que lutar contra os problemas e questões diárias. Essa é uma das razões pelas quais escrevemos “A World Worth Dying For”. Você sabe, há tantas coisas com as quais todos nós temos que lidar que queríamos dar às pessoas que ouviam nossa música uma música que as ajudasse em todos os seus problemas e superasse seus obstáculos.

TC 17:Mandem uma mensagem aos fãs,pessoal.A Entrevista acabou!

Chris:Obrigado a todos que nos apoiaram em nossa jornada até agora e nunca se esqueça de ficar sexy.

Publicado por Lipetempestade

Uma pessoa de personalidade forte mas disciplinadora e exigente

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

grizzlybuttscom.wordpress.com/

Heavy metal, video games and the void...

Guilherme Angra

Escritor e Psicoterapeuta

UNDERGROUND N' PROUD

THE BEST OF THE ROCK AND METAL UNDERGROUND!

THE HEADBANGING MOOSE

PURE F****N' METAL!

Rock Out Stand Out

Supporting your mental wellbeing whilst promoting the latest in rock and metal!

The Metal Wanderlust

Metal, Metal, and maybe even some more Metal!

The Metal Gamer

Where the world of metal and gaming becomes one

MAGAZINEANV

DIVULGUE PRODUTOS DO

Tempestade Conservadora

Atitude,Esporte e Espiritualidade

My Favorites Discs

Ricardo Cunha

Discover WordPress

A daily selection of the best content published on WordPress, collected for you by humans who love to read.

Faiock Estúdio

Edição de vídeos, jingles, dublagem, conteúdo, animação etc

HeavyMetalToTheWord

Propagando o Rock e o Metal na sua verdadeira essência..!!

Blog da Jor72

Blog de 'Jornalismo Online' da Faculdades Cearenses (FAC) 2020.2

Cinemarcoblog

Cinema, séries e memórias de um cinéfilo.

%d blogueiros gostam disto: