Entrevista 910 com a Banda Polonesa Death Has Spoken


Pode ser uma imagem em preto e branco de uma ou mais pessoas, pessoas em pé e pessoas tocando instrumentos musicais

A Polônia se notabilizou por vencer e se reguer após sofrer até mais que o pão que o diabo amassou.O Diabo não amassou só o pão,amassou a padaria mesmo.Hoje,é um pais bonito,um mundo melhor do que era nos anos 40.No metal,este metal é mais ligado ao extremo.Mas,com a sua própria chave,misturou esse lado extremo com a densidade típica do Doom Metal.Não que essa mistura seja uma novidade criada,longe disso.Mas fazer com sua própria leitura esta mistura é um desafio para essa e qualquer outra que banda que se dedique a fazer isso.Podemos dizer que eles estão vencendo este desafio.A Prova cabal deste triunfo é o segundo álbum que eles nos apresentam e que se intitula como Call Of The Abyss.A banda se chama Death Has Spoken e como vocês já perceberam,é uma banda polonesa e que marca a nossa Entrevista 910.A banda é formada por:Karol Pogorzelski como Guitarrista e Vocalista,Marcin Grygoruk como Guitarrista,Maciej Chodynicki como Baixista e Mikolaj Kupczynski como Baterista.A banda como um todo respondeu as nossas perguntas.As quais,vocês vão acompanhar em todas as suas emoções.Mas,antes disso,vamos a uma música deles.

TC 1:Falem sobre o trabalho de composição em Call Of The Abyss?

Death Has Spoken:Na verdade, foi um pouco complicado trabalhar no álbum. Devido a esta situação da Covid, a maioria das composições foi escrita em casa pelos nossos guitarristas e posteriormente escolhida por toda a banda.Nosso ponto de partida foi obviamente o primeiro álbum “Fade”, mas queríamos fazer mais, torná-lo mais diverso, introduzir algumas novas influências.

TC 2:A tristeza atual também ajuda a inspirar a banda?

Death Has Spoken:Claro, em um gênero como esse, todas as experiências pessoais, sentimentos podem ser uma inspiração.

TC 3:Seríamos idiotas se não víssemos a grande influência de Lovecraft na banda. Mas outros escritores também fazem parte da biblioteca pessoal da banda?

Death Has Spoken:Sim, com Lovecraft isso é bastante óbvio, Edgar Allan Poe também é uma grande influência.

TC 4:Nossa página tem uma posição a favor da reencarnação. Portanto, uma questão que o nome da banda não respondeu totalmente. O que a morte disse para a banda?

Death Has Spoken:Não há nenhum tema estritamente religioso em nossas letras, mas frequentemente elas colocam algumas questões sobre o outro lado ou o que foi deixado para trás e os sentimentos por trás disso.

TC 5:Gostei da descrição da banda do primeiro álbum e do segundo. Mas, isso nos leva à questão. A banda queria fazer uma triologia desde o início?

Death Has Spoken:Bem, não podemos dizer que não pensamos nisso, mas não exatamente desde o início. No início, começou como um projeto único, depois decidimos fazer shows e escrever novas músicas.

TC 6:A influência da banda é praticamente um reservatório de Black Metal. Mas vocês fazem Classic Doom. Essa escolha aconteceu porque Black Metal foi um voto perdedor ou Black Metal flutua na banda e o ouvinte deve ser esperto para ver isso?

Death Has Spoken:Doom metal ou death doom é o que tocamos, mas não queremos nos fechar aos outros gêneros, especialmente gêneros vizinhos. No novo álbum, você encontrará músicas com influências de black metal, mas também funeral ou stoner doom.

TC 7:Que tipo de assunto não merece uma música da Death Has Spoken?

Death Has Spoken:Aqui não é exatamente um lugar para canções alegres.

TC 8:O que a Death Has Spoken tem de diferente de suas bandas anteriores?

Death Has Spoken:É mais maduro com certeza. Todos os membros da banda estão em um lugar onde sabem o que querem tocar e como fazer.

TC 9:Qual a ideia da capa do álbum?

Death Has Spoken:A arte é vagamente inspirada por um personagem de Shakespeare. Não está diretamente conectado a nenhuma música específica do álbum, mas vai junto com sua ideia geral.

TC 10:Como foi o trabalho split com Sun No More e Tankograd?

Death Has Spoken:Nós conhecíamos os caras de Tankograd, já fizemos alguns shows ao vivo antes. Eles também convidaram Sun No More. Foi uma ideia divertida e ficamos muito felizes com ela. A única desvantagem foi que tivemos que cancelar alguns shows e planos de turnê devido às restrições do Covid.

TC 11:Este álbum é conceitual?Sim ou Não e Porque?

Death Has Spoken:Bem, há algumas coisas que conectam as letras das músicas em Call of the Abyss e também em Fade.

TC 12:Como a banda chegou na Ossuary Records?

Death Has Spoken:Conhecemos o Mateusz, dono da Ossuary Records e que se interessa pela nossa música. Acreditamos no seu trabalho e decidimos que é uma escolha boa e natural para nós, neste momento, trabalhar mais de perto com uma etiqueta amiga.

TC 13:Quais bandas influenciaram vocês?

Death Has Spoken:Quais bandas têm influência sobre nós? Seria muito listar aqui. Para citar alguns:Os primeiros álbuns do Katatonia, Doom VS, Swallow the Sun, Saturnus, Ahab e a lista continua.

TC 14:É uma pergunta chata, mas tem que ser feita até como uma motivação. Algum de vocês sofreu de depressão ou sintomas semelhantes que abordam em suas canções?

Death Has Spoken:Todos nós temos nossos demônios, mas as canções não são sobre nós.

TC 15:Não somos contra o Classic Doom, nunca. Ele deu ótimas bandas para nós. Mas, a banda gosta ou trabalha com os aspectos amigáveis do Doom que são Sludge ou Stoner?

Death Has Spoken:Como disse antes, não nos fechamos aos outros gêneros, também costumamos dividir o palco com essas pedras ou bandas de lama.

TC 16:Essa pergunta foi o título de uma palestra de um grande amigo, cabe a você decidir se concorda ou não com meu amigo. O pessimismo é uma maneira inteligente de viver?

Death Has Spoken:Espere pelo melhor, prepare-se para o pior.Pelo menos, é como eu vejo.

TC 17:Mandem uma mensagem aos fãs,pessoal.A Entrevista acabou!

Death Has Spoken:Muito obrigado pelas perguntas, obrigado também a todos que chegaram ao final desta entrevista. Espero ver você em alguns shows ao vivo algum dia.

Publicado por Lipetempestade

Uma pessoa de personalidade forte mas disciplinadora e exigente

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

grizzlybuttscom.wordpress.com/

Heavy metal, video games and the void...

Guilherme Angra

Escritor e Psicoterapeuta

UNDERGROUND N' PROUD

THE BEST OF THE ROCK AND METAL UNDERGROUND!

THE HEADBANGING MOOSE

PURE F****N' METAL!

Rock Out Stand Out

Supporting your mental wellbeing whilst promoting the latest in rock and metal!

The Metal Wanderlust

Metal, Metal, and maybe even some more Metal!

The Metal Gamer

Where the world of metal and gaming becomes one

MAGAZINEANV

DIVULGUE PRODUTOS DO

Tempestade Conservadora

Atitude,Esporte e Espiritualidade

My Favorites Discs

Ricardo Cunha

Discover WordPress

A daily selection of the best content published on WordPress, collected for you by humans who love to read.

Faiock Estúdio

Edição de vídeos, jingles, dublagem, conteúdo, animação etc

HeavyMetalToTheWord

Propagando o Rock e o Metal na sua verdadeira essência..!!

Blog da Jor72

Blog de 'Jornalismo Online' da Faculdades Cearenses (FAC) 2020.2

Cinemarcoblog

Cinema, séries e memórias de um cinéfilo.

%d blogueiros gostam disto: